Curso Online de A ESCOLA DE HOJE - O Problemas e os caminhos da evolução

Curso Online de A ESCOLA DE HOJE - O Problemas e os caminhos da evolução

Este trabalho pretende levar aos profissionais de ensino e aos estudantes de cursos de formação de professores, uma visão clara sobre os ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este trabalho pretende levar aos profissionais de ensino e aos estudantes de cursos de formação de professores, uma visão clara sobre os problemas da educação nos dias de hoje e uma possível saída para uma evolução consciente, que nos leve, a todos, àquela utopia realizável de Paulo Freire, onde possamos ter uma verdadeira educação construtivista e reflexiva, em um futuro sem crises de leituras e aprendizagem, ou com novas práticas construídas em consonância com os novos tempos e as novas tecnologias, passando pela mudança da postura atual para uma mais perspicaz, investigadora e criativa diante dos alunos e diante do próprio conhecimento e das práticas pedagógicas com as quais se pretenda trabalhar. Assim, a escola, na figura do professor, poderá conhecer um pouco mais sobre o modo de ser, e de viver, do ser humano, suas raízes, seu presente e, consequentemente, o seu futuro.

Colégio Duque de Caxias - Duque de Caxias - RJ - TÉCNICO CONTABILIDADE - 1973 Faculdade de Ciências Econômicas Dom Bosco – Resende – RJ – ECONOMIA – 1977 Universidade Cândido Mendes – Unidade Quissamã – RJ – NORMAL SUPERIOR – 2002 FAFIC – Campos-Unidade Quissamã – RJ – PEDAGOGIA – Julho/2009 Pós-Graduação: FAFIC – Campos-Unidade Quissamã – RJ – LÍNGUA PORTUGUESA – 2005 Cursos Diversos:Inglês, Administração, Chefia e Relações Humanas, Redação, Desenho Publicitário, Demonstrações Financeiras,Grafoscopia,Orçamento, Relações Humanas no Trabalho, Orçamento Público,Educação Fiscal e Informática: Excel, Word, Page Maker, Corel Draw Estágios: PROJETOS INDUSTRIAIS – SANDOZ/Indústria Química Resende – Resende – RJ – 1976 ORÇAMENTOS MUNICIPAIS – Projeto Rondon/IBAM – Capela – Alagoas – 1978 ESTATÍSTICA - Proj. Rondon/SEPLAN - S.Sebastião da Boa Vista - Ilha de Marajó - 1979 Outros: Conselheiro Regional – Orçamento Participativo – Gov. Estado do Rio de Janeiro - 2000 Tesoureiro – Ass. de Moradores do Canto da Saudade – Quissamã – RJ – biênio: 2000/2002 II Conferência Regional dos Direitos da Criança e do Adolescente – Campos – RJ – 1999 II Conferência Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente – Quissamã – RJ – 1999 VII Fórum de Qualificação Profissional – FAFIC – 2004 – Língua Portuguesa/Jornalismo Vivência: 37 anos atuando nas áreas Administrativa, contábil, financeira,jornalística, pessoal e pedagógica, em empresas de médio e grande portes, e em colégios particulares e públicos, sendo: 12 anos em chefia, 4 anos com Escritório Contábil Próprio, 12 anos como Professor (Economia, Administração, Contabilidade, Custos, Matemática Financeira, Mecanografia, Organização e Técnicas Comerciais, Inglês, Português), 13 anos como Redator/Editor de jornal tablóide, e o restante em cargos diversos, em diferentes empresas. Idiomas: INGLÊS: Regular para bom (Curso completo) ESPANHOL: Bom (para leituras técnicas) FRANCÊS E ITALIANO: Noções básicas



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • A ESCOLA DE HOJE Os Problemas e os Caminhos da Evolução

    A ESCOLA DE HOJE Os Problemas e os Caminhos da Evolução

    Autor: Ely Pereira
     

  • RESUMO
    Este trabalho pretende levar aos profissionais de ensino e aos estudantes de cursos de formação de professores, uma visão clara sobre os problemas da educação nos dias de hoje e uma possível saída para uma evolução consciente, que nos leve, a todos, àquela utopia realizável de Paulo Freire, onde possamos ter uma verdadeira educação construtivista e reflexiva, em um futuro sem crises de leituras e aprendizagem, ou com novas práticas construídas em consonância com os novos tempos e as novas tecnologias, passando pela mudança da postura atual para uma mais perspicaz, investigadora e criativa diante dos alunos e diante do próprio conhecimento e das práticas pedagógicas com as quais se pretenda trabalhar. Assim, a escola, na figura do professor, poderá conhecer um pouco mais sobre o modo de ser, e de viver, do ser humano, suas raízes, seu presente e, consequentemente, o seu futuro.

  • INTRODUÇÃO
     
    Um dos maiores males do homem moderno é a tendência generalizada para fugir do presente. Mas o que significa esta fuga? Significa que boa parte das pessoas preferem ocupar o tempo de suas vidas recordando o passado ou projetando o futuro, menos vivendo o presente. Significa que uma grande parcela dos homens e mulheres de nossa sociedade ainda não descobriu o mistério de viver o tempo e o lugar aonde realmente estão.

  • São pessoas que seguem pela vida como aquele estranho caminhante do deserto que, com sede e fome, marchava sob sol ardente em busca do oásis perdido, mas, tão logo o encontrou, repleto de água e de alimento, perdeu o apetite e a sede, e se entregou a relatar aos companheiros, num lamento de saudades, a aventura que tinha passado no deserto. A todas estas pessoas, que no deserto buscam o oásis, e no oásis sentem saudades do deserto, é preciso que se repita a recomendação dos grandes e velhos sábios do mundo inteiro: o segredo da existência é estar aqui e agora. Esta recomendação é o único remédio para a terrível doença da alienação do presente.

  • Um dos principais sintomas desta doença é a vida baseada em sonhos insatisfeitos, isto é, em desejos que não conseguimos realizar. Tudo aquilo que se pode obter para ser experimentado de imediato, no presente, torna-se, então, desvalorizado. Como não vivem o presente, estas pessoas não se interessam em valorizar as coisas que podem ser conseguidas. Idolatram os objetivos distantes que passaram, ou ainda não surgiram, pois, a alienação lhes retira a sensibilidade para avaliar a grandeza das coisas que estão diante dos seus olhos, aqui e agora.

  • O comportamento doentio pode ser observado em diversas atitudes, como por exemplo, o culto ufanista das tradições – apego insano ao passado – que resulta em desmedidas críticas aos dias de hoje e niilismo em relação ao amanhã. No setor cultural a doença se manifesta no fascínio pelas coisas desconhecidas, das quais nada se consegue entender. Um livro, por exemplo, que apresente um texto simples e claro, uma pintura, de mensagem inteligível, são prontamente desvalorizados. O alienado do presente está sempre inclinado a venerar o estilo ultrapassado pelo tempo e, portanto, incompatível com sua época ou, por outro lado, a exaltar as vantagens futuristas, desvinculadas da realidade de agora e, por isso, incapaz de transformá-la produ-tivamente. Ele jamais aceitará a linguagem que lhe fale dos problemas e das soluções dos dias presentes.

  • Explorando este tipo de doente, surgem as publicações que dificultam propositalmente o seu entendimento, elaboradas com o objetivo de parecerem inteligentes. O truque na sua elaboração é quase sempre o mesmo: a abordagem de assuntos de alcance restrito, geralmente modismos importados, com uma linguagem confusa, mas de aparência erudita. O leitor e a crítica alienada irão qualificar o trabalho de sério, em vez de sem objetividade, e profundo, quando deveriam dizer inacessível.

  • O autor deste trabalho assume conscientemente posição oposta àqueles que se orgulham da sua própria incomunicabilidade para se sentirem mártires incompreendidos de mensagens profundas, pretendendo se situar entre aqueles que compreendem a relevante missão do livro, particularmente o didático, como veículo que deve atuar na formação da personalidade do educando, consciente da urgência de mensagens educativas diretas e claras.
    Visando este objetivo, procura o autor alicerçar o seu trabalho dentro de um planejamento atual de estudo e pesquisa, onde não só a linguagem seja clara e acessível, como também, exija a participação real daqueles que o leiam para desmistificar o “complexo” e o “incompreendido” .

  • EDUCAÇÃO, NATUREZA E FINALIDADE
    Quem já observou as atividades das formigas e das abelhas certamente deve ter ficado surpreendido com a sua organização. Os estudiosos do assunto chegam mesmo a afirmar que estes insetos desenvolveram uma forma tão avançada de comportamento automático, que a vida no formigueiro e nas colmeias possui uma funcionalidade ainda não atingida por nenhuma comunidade humana.

  • Em termos gerais, a capacidade que os insetos demonstram na luta pela sobrevivência é realmente impressionante. Prova deste fato é que, apesar de todos os seus esforços e da utilização da mais sofisticada tecnologia, o homem ainda não conseguiu equacionar totalmente o problema dos insetos nocivos que atacam determinadas plantações. “Os insetos são a única forma de vida capaz de competir com o homem em termos que se podem chamar de igualdade”, afirma Ralph Linton, famoso antropólogo norte-americano. A luta dos homens e dos insetos pela sobrevivência é travada, todavia, com equipamentos totalmente diversos.

  • Enquanto o arsenal da espécie humana, na luta pela sobrevivência, é composto predominantemente por conhecimentos adquiridos, os insetos se mantêm nesta luta guiando-se por conhecimentos hereditários. O comportamento hereditário dos insetos é determinado pelos instintos. O comportamento adquirido, no homem, é possível em consequência da capacidade de aprendizagem.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • A ESCOLA DE HOJE
  • Os Problemas e os Caminhos da Evolução