Curso Online de Alfabetização e Letramento
5 estrelas 57 alunos avaliaram

Curso Online de Alfabetização e Letramento

O referido curso aborda aspectos atinentes ao processo de alfabetização em contextos distintos de letramento em sala de aula, bem como re...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O referido curso aborda aspectos atinentes ao processo de alfabetização em contextos distintos de letramento em sala de aula, bem como reflexões condizentes ao processo de ensinar letrando.

Licenciatura plena em Pedagogia pela Universidade do Estado da Bahia-UNEB, especialização em Alfabetização e Letramento pela Faculdade Hélio Rocha e Mestrado em Arte, Educação e Gestão Cultural pela Universidade Internacional Menéndez Pelayo-Espanha.Professor efetivo da Prefeitura de Feira de Santana-BA.


- Natalia Cristiane Zanini Cardoso

- Kacilmara Mariana De Souza

- Dinalva Aparecida Caetano De Souza Valeze

- Amanda Aparecida Munhoz

- Monica Beliche Benigno

- Jéssica Francisca Dos Santos

- Dr. Alan Valadares Xavier

- Sileise Aparecida Corrêa Ribeiro Pereira

- Rosangela Lima De Souza

- Gabriela De Souza Santos

- Tatiane Vieira Da Mota

- Eliana Silveira Batista Sanches

- Francine Cavallari Leite

- Rivael Dos Reis Oscar

- Silene Jose Da Costa

- Eliane Alves Silva

- Ross Cleide Cardoso Da Rocha

- Cleide Ferreira Campos

- Maiara Ferreira Nunes

- Sonia Mara Da Silva

- Karen Monielen Honorato

- Joana D'arc De Araújo

- Wisterlânia Kilry De Araújo

- Ana Cláudia Honorato Vieira

- Jucileide Moreira De Alencar

- Grécia Marotti Silva Quirino De Souza

- Joice De Oliveira Silva

- Elton Dias Da Silva

- Mayara Bar Boza De Souza

- Selma Paixão Souza Marinho

- Aline Caetano Dos Santos

- Kátia Cristine Zanini Silva

- Valquiria Lucena De Sousa E Pereira

- Patricia Lima De Castro

- Nilciléa Braga Caetano Silva

- Camila Aparecida Fiorelli

- Luciana Aparecida Santos Guimarães

- Silvia Moreira Cesar

- Lara Vieira De Andrade

- Nilsa De Souza Silva

- Erlange Rafaela Ponciano Do Nascimento

- Andréa Magalhães Dos Reis

- Alexsandra Gomes Britto De Jesus

- Suelen Ferreira De Sena Da Silva

- Mariana Alves Barreira Moreira

- Viviane Brito Barroso Vieira

- Antonio Joel Lima Mota

- Gleiciane Ronkoski Bastos

- Gessui Lucena Ribeiro

- Gicele Diniz Ladislau

- Fabiola Silva De Oliveira

- Maria Dilma Dos Santos Silva

- Fabiana Cordeiro Pereira Dos Santos

- Andréa Ferraz De Carvalho

- Aryel Sara Da Silva

- Andreiza Pereira Rodrigues

- Andressa Cruz Da Silva

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Luiz Carlos de Oliveira Suzarte

    Feira de Santana, 2014.

    Como Alfabetizar na Perspectiva do Letramento

  • Luiz Carlos de Oliveira Suzarte

     
     

    Como Alfabetizar na Perspectiva do Letramento

    Feira de Santana, 2014.

  • Resumo
    O presente trabalho faz uma breve reflexão acerca do conceito do letramento e da alfabetização no âmbito da realidade educacional brasileira. O mesmo discutirá também a intrínseca relação entre alfabetização em contextos de letramento na sala de aula, rompendo uma dicotomia historicamente construída ao longo da história da alfabetização no Brasil.
     
    Palavras – Chave: Alfabetização e Letramento;
    Prática Social; leitura e escrita.
     
     

  • Introdução
    No longo de vários anos, a alfabetização escolar vem passando por várias mudanças no cenário educacional brasileiro, exigindo que a escola e, sobretudo, os profissionais que lidam com o desafio de alfabetizar, estejam refletindo constantemente a sua ação.
    Neste sentido, este artigo tem como objetivo primordial discutir a relação existente entre alfabetização e letramento dentro da realidade educacional brasileira. O mesmo fomentará uma discussão relevante e pertinente referente ao processo de alfabetização em contextos de letramento dentro da sala de aula.

  • Dessa forma, explicita-se que a pesquisa será condizente e propícia para a sociedade do conhecimento haja vista que evidenciará e elucidará indagações e questionamentos a respeito do conceito de alfabetização em contextos distintos de aprendizagem, uma vez que ambos se restringiam a tão somente ao ensino e a aprendizagem da tecnologia da escrita, ou seja, do sistema alfabético da escrita.

  • Desse modo, predominou-se uma visão fragmentada a respeito desses dois termos, o que em linhas gerais significava a capacidade de codificação e decodificação.
    Não obstante, a partir dos anos de 1980, do século passado, o conceito de alfabetização foi ampliado e discutido tendo em vista as contribuições dos estudos realizados por Emília Ferreira e AnaTiberosky no que se refere a aquisição da língua escrita.

  • Em suma, o termo alfabetização passou desde então a designar o processo de não apenas ensinar as habilidades de codificação e decodificação, mas também o domínio dos conhecimentos que permitem o uso dessas habilidades nas práticas sociais de leitura e escrita.

  • Em síntese, constatou-se que de acordo com esses estudos denominados a “Psicogênese da língua escrita”, o aprendizado da língua escrita não se resumiria a simplesmente ao domínio de grafemas e fonemas, isto é, decodificação e codificação passaram, entretanto, a caracterizar como sendo um processo ativo, por meio do qual as crianças, desde os seus primeiros contatos com a escrita, construiriam e reconstruiriam hipóteses sobre a natureza e o funcionamento da língua escrita, compreendida como um sistema de representação.

  • Partindo desse pressuposto, procurou-se realizar um estudo teórico acerca da problemática: como alfabetizar na perspectiva do letramento.
    As principais obras norteadoras desse estudo estão localizadas em Magda Soares (1998), Marlene Carvalho (2005); Cagliari (1998); Maria Inês Bizzoto (2010), pois por se tratar de um estudo teórico, fez-se mister uma revisão bibliográfica concernente ao tema, haja vista que conhecer e analisar as principais contribuições teóricas é relevante a quaisquer tipos de pesquisa qualitativa.

  • Para a elucidação da problemática acima apresentada, foram abordados aspectos teóricos relacionados à prática da alfabetização em sala de aula, buscando associar teórica e prática, uma vez que é algo indissociável.
     

  • Alfabetização e letramento: breve histórico

    Alfabetização e letramento: breve histórico

    Durante muito tempo, o conceito de alfabetização ficou relacionado à ideia de que para aprender a ler era preciso apenas a capacidade de decodificar os sinais gráficos da língua, transformando-os em sons, e de que para aprender a escrever era mister apenas desenvolver a habilidade de codificar os sons da fala, transformando-os em sinais gráficos.
    Não obstante, a partir dos anos de 1980 do século passado, o conceito de alfabetização foi discutido e ampliado tendo em vista as contribuições dos estudos da psicogênese da língua escrita, particularmente com os trabalhos desenvolvidos por Emília Ferreiro e Ana Tiberosky.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Alfabetização e letramento: breve histórico
  • Alfabetização e letramento na sala de aula
  • Considerações Finais
  • Referencias