Curso Online de CURSO: MINI-CURSO A INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO
4 estrelas 14 alunos avaliaram

Curso Online de CURSO: MINI-CURSO A INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO

O presente mini-curso tem como finalidade investigar o computador como instrumento pedagógico na sala de aula para quebra de paradigmas d...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O presente mini-curso tem como finalidade investigar o computador como instrumento pedagógico na sala de aula para quebra de paradigmas das aulas expositivas, que há tempo estão ultrapassadas, bem como sua capacidade de motivar os alunos na elaboração de trabalhos e pesquisas.

- Francielly Roberta Winck

- Flaviane Vilela Reis

- Karla Alessandra Girotto

- Tiago Nunes De Melo

- Daniela Santana Barbosa

"O curso é ótimo."

- Dijaci Nunes De Jesus

- Vanessa Mendonça Dos Reis Santos

- Maria Auxiliadora Sampaio

- Léia De Carvalho Silva

"interessante...adorei"

- Ana Claudia Cruz Escurra

- Italo Genilcio Da Silva

- Jamile Gonçalves Lima

- Vitória Lukacs Alcaide

- Jose Tarcisio Leite

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • CURSO: MINI-CURSO

    CURSO: MINI-CURSO

    A INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO.

  • RESUMO

    RESUMO

    O presente trabalho tem como finalidade investigar o computador como instrumento pedagógico na sala de aula para quebra de paradigmas das aulas expositivas, que há tempo estão ultrapassadas, bem como sua capacidade de motivar os alunos na elaboração de trabalhos e pesquisas. A Informática na Educação tem como Objetivo capacitar o funcionário de escolas para a utilização de ferramentas da informática,

  • a fim de diversificar e ampliar os processos de ensino – aprendizagem. Com a utilização do computador é possível ao professor tornar as aulas mais criativas, motivadoras e que despertem, nos alunos, a curiosidade e o desejo de aprender, conhecer e fazer descobertas.

    Palavra – Chave: Informática. ensino – aprendizagem. ferramenta pedagógica.

  • INTRODUÇÃO

    INTRODUÇÃO

    A Informática tem se apresentado não apenas como uma ferramenta de auxílio no desenvolvimento de tarefas, mas sim como uma tendência mundial, que vem interferindo de forma irredutível em todas as áreas do conhecimento. A utilização do computador na educação não significa, necessariamente, o repensar da educação. O computador usado como meio de passar a informação ao aluno mantém a abordagem pedagógica vigente,

  • o computador apresenta recursos importantes para auxiliar o processo de mudança na escola - a criação de ambientes de aprendizagem que enfatizam a construção do conhecimento é preciso entender o computador como uma nova maneira de representar o conhecimento provocando um redimensionamento dos conceitos básicos já conhecidos e possibilitando a busca e compreensão de novas idéias e valores.

  • Com a informática é possível realizar variadas ações, como se comunicar, fazer pesquisas, redigir textos, criar desenhos, efetuar cálculos e simular fenômenos. As utilidades e os benefícios no desenvolvimento de diversas habilidades fazem do computador, hoje, um importante recurso pedagógico.

  • DESENVOLVIMENTO

    DESENVOLVIMENTO

    A Informática na Educação
    Muitas escolas do Brasil já possuem um laboratório de informática com acesso à Internet, softwares educacionais e programas básicos (editores de texto, programas de edição de imagens e apresentações, planilhas de cálculo, etc). Porém é preeciso saber utilizar esses recursos de maneira a garantir o desenvolvimento do aluno.

  • O computador é apenas uma ferramenta, sozinho ele não é capaz de trazer avanços educacionais. É necessario saber utilizá-lo como recurso didático e para isso a escola necessita de bons professores, preparados e treinados, para utilizar os recursos oferecidos por este sistema tecnológico de forma significativa.
    É importante que a escola tenha um projeto pedagógico que envolva a utilização do computador e seus recursos.

  • O aluno não pode ser um mero digitador, mas sim, ser estimulado a produzir conhecimentos com o uso do computador. Neste sentido, o professor deve agir como um orientador do projeto que está sendo desenvolvido.
    Estamos na Era da informação, a informática educacional deixou de ser uma forte tendência e passou a ser uma imprescindível realidade. Em toda parte a sociedade exige que os alunos sejam digitalmente alfabetizados e cobram das instituições de ensino providências no sentido.

  • “A escola é um ambiente privilegiado de aprendizagem. Nela, o currículo, a formação dos professores, a administração do tempo, do espaço, o material didático, estão planejados para ajudar a constituir um ambiente de aprendizagem. Ela é muito eficaz para o fim a que se propõe. Bilhões de seres humanos passaram por suas salas, por sua estrutura e pelas práticas de seus mestres. Formaram-se cidadãos. Melhores uns, piores outros, mas a verdade é que sua prática mudou o rumo da sociedade. Humanizou os jovens que por ela passaram.”
    ALMEIDA (1999, p 09)

  • O aluno não deve ser colocado de forma passiva diante do computador. As ferramentas tecnológicas devem servir de base para a criação. Uma planilha de cálculos, por exemplo, pode ser usada para um trabalho de Matemática com dados estatísticos, criando fórmulas e gerando gráficos. Um editor de textos pode ser usado para a criação de um jornal com notícias e informações sobre o conteúdo de uma disciplina.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • CURSO: MINI-CURSO
  • RESUMO
  • INTRODUÇÃO
  • DESENVOLVIMENTO
  • O Uso da Internet na Educação
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS