Curso Online de Jogos e Materiais para Alfabetização em contexto de Letramento Literários

Curso Online de Jogos e Materiais para Alfabetização em contexto de Letramento Literários

Visão Histórica, teorias, Conceitos e Classificações

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Visão Histórica, teorias, Conceitos e Classificações

Pedagoga, Especialista em Gestão e Desenvolvimento Humano. Profissional com experiência em empresas de grande porte, incluindo multinacionais; Experiência em processos de liderança, orientação de grupos e aplicação de treinamentos e desenvolvimento; Habilidade de negociação, planejamento, coordenação e uso de múltiplos recursos em ambiente de mudança; Docente em ensino superior e em pós-graduação em cursos de pedagogia e gestão de pessoas; Pedagoga em projeto social realizando atividades com comunidades carentes ministrando palestras e mediando conflitos. Orientadora pedagógica, atuante na formação de docentes e monitores, proporcionando ensino e aprendizagem na educação infantil, promovendo a interação família e escola. Currículo Lattes:http://lattes.cnpq.br/1838293305864169 Linkedin: http://www.linkedin.com/profile/edit?trk=hb_tab_pro_top



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • boa tarde!

  • práticas de jogos e materiais para alfabetização em contexto de letramento literários

    professora: laís alves

  • visão histórica, teorias, conceitos, classificações.

  • o contexto histórico da origem do jogo

    conforme o dicionário da língua portuguesa a palavra jogo origina-se do vocábulo latino ludus que significa diversão, brincadeira.

    este elemento sempre esteve presente na vida dos sujeitos desde os tempos primitivos até os dias atuais, sendo inegável que o jogo é a atividade primordial na infância.
    experiências e pesquisas indicam que uma infância sadia é necessidade básica da condição humana. o ato de brincar, dá à criança a base para o seu desenvolvimento e para o aprendizado posterior

  • alguns teóricos falam da importância do jogo:

    no século iv, antes de cristo, aristóteles (384-322 a.c.), comparou o jogo à felicidade e à virtude, pois estas atividades não são importantes como as que constituem o trabalho e são escolhidas por si mesmas.

    platão (427-348) afirmava que os primeiros anos da criança deveriam ser ocupados com jogos educativos.

    o contexto histórico da origem do jogo

  • “o espírito lúdico é apropriado pelos jogos educativos os quais, por sua vez, foram incorporados às propostas pedagógicas de grandes intelectuais que contribuíram para o desenvolvimento do pensamento pedagógico atual”.

    john locke (1632-1704), que salientou esta atividade como suporte da educação e dos exercícios.

    o contexto histórico da origem do jogo

  • teorias em destaques

    •a teoria de jean piaget

    o pensamento de piaget:

  • a teoria de piaget sobre o jogo

    “o jogo constitui o pólo extremo da assimilação da realidade no ego, tendo relação com a imaginação criativa que será fonte de todo pensamento e raciocínio posterior”.
    piaget faz uma distinção entre curiosidade, que considera atividade de acomodação, e jogo, atividade de assimilação.
    para ele os jogos e brinquedos podem ser classificados:

    1- jogos práticos (brinquedo funcional) que são explorações sensorial motoras;

    2 - jogos simbólicos. há dramatização e substituição de ações. aos poucos vão incorporando a imitação e passando a ser brinquedos sóciodramáticos. (entre 2 e sete anos). para piaget esse é o verdadeiro jogo.
    3 - jogos com regras que continuam até a fase adulta.
    a criança precisa saber seguir as regras ou compreendê-las.

  • a teoria de wallon
    sobre o jogo

    a obra de henri wallon é perpassada pela idéia de que o processo de aprendizagem é dialético: não é adequado postular verdades absolutas, mas, sim, revitalizar direções e possibilidades.
    uma das consequências desta postura é a crítica às concepções reducionistas: wallon propõe o estudo da pessoa completa, tanto em relação a seu caráter cognitivo quanto ao caráter afetivo e motor. para wallon, a cognição é importante, mas não mais importante que a afetividade ou a motricidade.

  • a teoria de wallon sobre o jogo

    wallon enfoca a motricidade no desenvolvimento da criança, ressaltando o papel que as aquisições motoras desempenham progressivamente para o desenvolvimento individual. segundo ele, é pelo corpo e pela sua projeção motora que a criança estabelece a primeira comunicação (diálogo tônico) com o meio, apoio fundamental do desenvolvimento da linguagem.

    é a incessante ligação da motricidade com as emoções, que prepara a gênese das representações que, simultaneamente, precede a construção da ação, na medida em que significa um investimento, em relação ao mundoexterior.

    na concepção de wallon, infantil é sinônimo de lúdico. toda atividade da criança é lúdica, no sentido que se exerce por si mesma antes de poder integrar-se em um projeto de ação mais extensivo que a subordine e transforme em meio.

  • ao postular a natureza livre do jogo, wallon o define como uma atividade voluntária da criança. se imposta, deixa de ser jogo; é trabalho ou ensino. wallon, ao classificar os jogos infantis, apresenta quatro categorias:

    a) jogos funcionais
    caracterizam-se por movimentos simples de exploração do corpo, através dos sentidos. a criança descobre o prazer de executar as funções que a evolução da motricidade lhe possibilita e sente necessidade de pôr em ação as novas aquisições, tais como: os sons, quando ela grita, a exploração dos objetos, o movimento do seu corpo.
    esta atividade lúdica identifica-se com a “lei do efeito”. quando a criança percebe os efeitos agradáveis e interessantes obtidos nas suas ações gestuais, sua tendência é procurar o prazer repetindo suas ações.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • ALGMAS RAZÕES PARA UTILIZAR BRINCADEIRAS DENTRO DA SALA DE AULA
  • Alfabetização e Letramento Literário
  • Definições das palavras
  • Letramento
  • Reflexão 1
  • Reflexão 2
  • Reflexão 3