Curso Online de PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL:AÇÕES E INTERVENÇÕES

Curso Online de PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL:AÇÕES E INTERVENÇÕES

O curso tem como objetivo geral qualificar os educadores, psicopedagogos, profissionais da área da saúde e da educação para análise dos p...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 45 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 24,90
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O curso tem como objetivo geral qualificar os educadores, psicopedagogos, profissionais da área da saúde e da educação para análise dos problemas relacionados ao processo de aprender, visando apoio individual e institucional, aos sujetios e aos grupos envolvidos neste processo, na perspectiva da diversidade e da inclusão. Também, pretende-se integrar várias áreas do conhecimento para compreender os conceitos pertinentes às dificuldades e transtornos de aprendizagem e entender a construção do sujeito em sua integralidade no contexto do ensino e aprendizagem.

Equipe de professores especialistas, mestres e doutores nas disciplinas de administração, história, pedagogia, psicologia, sociologia, matemática, língua portuguesa,ciências biológicas, produção cultural, administração pública,engenheiros, advogados, cineastas, fotógrafos, jornalistas, profissionais e técnicos da saúde.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • P

    PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL: AÇÕES E INTERVENÇÕES
    45 HORAS

  • HISTÓRICO E CONTEXTUALIZAÇÃO DA PSICOPEDAGOGIA

  • O que é psicopedagogia?

    Segundo código de Ética e estatuto da ABPp(2001):

    A psicopedagogia tem por definição o trabalho com a aprendizagem, com o conhecimento, sua aquisição, desenvolvimento e distorções.
    Realiza este trabalho por meio de processos e estratégias que levam em conta a individualidade do aprendente.
    É uma práxi, portanto, comprometida com a melhoria das condições de aprendizagem.

  • Esse trabalho nasceu da necessidade de compreender melhor o processo de aprendizagem humana e, desse modo, resolver as dificuldades de aprendizagem do grande número de crianças com dificuldades para aprender o que a escola ensina, da forma como ensina.
    Antes da psicopedagogia, a falta de clareza a respeito da aprendizagem e seus problemas fazia com que os alunos com dificuldades fossem encaminhados para profissionais de diversas áreas de atuação, sem uma resolução eficiente dos problemas.

  • Pensemos um pouco: o que acontecia e, em alguns casos, ainda acontece com os alunos que não aprendem na escola?

  • * Medicalização

    Uma saída muito usada foi a medicalização dos problemas de aprendizagem, ou seja, as crianças com dificuldades de aprendizagem eram ou são encaminhadas ao médico.Tal encaminhamento, muitas vezes, acaba impregnando a criança e não esclarece o problema, ou ainda, faz com que ela fique discriminada na escola como doente. Atualmente, a exigência de exames médicos quando a criança não vai bem na escola feita por pais e professores é uma idéia que faz parte dos modelos Médicos.

  • *Psicologização

    Outra saída utilizada para resolver as dificuldades das crianças nas escolas foi a psicologização dos problemas de aprendizagem. As crianças com dificuldades de aprendizagem são encaminhadas ao psicólogo, o qual as submete a vários testes com a finalidade de encontrar “falhas” (tais como: retardo mental, a imaturidade para a aprendizagem escolar, os distúrbios emocionais etc.) e justificar a causa da não-aprendizagem.

  • A criança é testada em várias áreas e comparada com o padrão esperado para a normalidade da idade. Ao constatar-se desempenho abaixo do considerado normal, procurava-se recuperá-la com treinos. A criança com inteligência considerada rebaixada era encaminhada para a classe de deficientes mentais, ou, as crianças com problemas de memória eram treinadas nessa área.
    O trabalho psicopedagógico centrava-se, portanto, na reeducação, isto é, o processo de aprendizagem é avaliado em funções dos déficits ou das falhas encontradas na criança.

  • O modelo de psicologização foi utilizado com ênfase na década de setenta, período esse em que a
    considerados responsáveis
    psicopedagogia esteve voltada aos conceitos
    pela aprendizagem da
    leitura e escrita como: memória; atenção; percepção, discriminação; lateralidade e outros.
    CONSEQÜÊNCIAS: Ambos modelos, medicalização e psicologização, fazem com que a criança e a família fiquem confusas, acreditando que a criança apresenta um transtorno grave ou irreversível. Além disso, exime a escola de qualquer compromisso na recuperação da aprendizagem da criança, isto é, medicaliza e /ou psicologiza as dificuldades de aprendizagem.

  • O objetivo da
    psicopedagogia era, realizar a
    reeducação ou a remediação e, desta forma, promover o desaparecimento do sintoma. Mas o foco de atenção passou a ser a compreensão do processo de aprendizagem e a relação que o aprendiz estabelece com sua aprendizagem, seu objetivo de estudo torna-se mais abrangente.
    aprendizagem, a psicopedagogia possui
    Devido à complexidade dos problemas de
    um
    caráter multidisciplinar, e até mesmo transdisciplinar que busca conhecimento em diversas outras áreas do conhecimento, além da psicologia e da pedagogia.

  • Apoio à Psicopedagogia...

    Há algumas áreas de estudo que apóiam a psicopedagogia: psicologia, pedagogia, neurologia, lingüística, sociologia, filosofia entre outras. Esses conhecimentos nos fornecem meios de refletir cientificamente e operar no campo psicopedagógico.

    Há também as dimensões que a ação psicopedagógica abrange:

    Dimensão psicológica: responsável por incluir fatores relacionados ao desenvolvimento e à aprendizagem, sinalizando quando e como aprender em cada momento.
    Dimensão sociológica: atende às demandas sociais e culturais. Sua dimensão social é contribuir para que as pessoas sejam membros ativos e responsáveis da sociedade.
    Dimensão epistemológica: esclarece como se constrói o conhecimento a partir de uma visão articulada e não segmentada.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 24,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • P
  • HISTÓRICO E CONTEXTUALIZAÇÃO DA PSICOPEDAGOGIA
  • O que é psicopedagogia?
  • Pensemos um pouco: o que acontecia e, em alguns casos, ainda acontece com os alunos que não aprendem na escola?
  • * Medicalização
  • *Psicologização
  • Apoio à Psicopedagogia...
  • Sintetizando...
  • PSICOPEDAGOGO FORMAÇÃO E PROFISSIONALIZAÇÃO
  • O que exatamente você vai aprender?
  • o 4º artigo do Código de Ética da
  • Identidade do Psicopedagogo
  • É prioritário que a formação do psicopedagogo propicie formas de...
  • PSICOPEDAGOGIA NA ATUALIDADE ?!?!
  • Antes...
  • Influência Argentina...
  • A ABPp
  • CAMPOS DE ATUAÇÃO DO PSICOPEDAGOGO
  • Clínica
  • O que é aprendizagem?
  • A aprendizagem constitui-se em um processo, uma função, que vai além da aprendizagem escolar e que não se circunscreve exclusivamente à criança(Chamat,2007)
  • Perspectivas de Análise do Fracasso Escolar
  • Na perspectiva do aluno
  • A INIBIÇÃO NA APRENDIZAGEM LEVA AO FRACASSO ESCOLAR E, GERALMENTE, É...
  • QUEM É O SUJEITO DA PSICOPEDAGOGIA?
  • HISTÓRICO
  • A regulamentação brasileira tem avançado a partir do Projeto de Lei nº 128/2000 e da Lei nº 10.891. Entretanto, a regulamentação de
  • Psicopedagogia defende que
  • Cabe ao psicopedagogo voltar seu olhar
  • No Brasil a psicopedagogia surge influenciada pela Argentina por volta dos anos setenta, trabalhando com o enfoque da reeducação
  • Campo de atuação do psicopedagogo
  • DIMENSÕES NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM
  • PSICOPEDAGOGO CLÍNICO
  • PSICOPEDAGOGO INSTITUCIONAL
  • inteligência
  • Obstáculo Epistêmico - refere-se a estrutura cognitiva
  • ENTÃO A PSICOPEDAGOGIA
  • ?O PSICOPEDAGOGO E SEU PAPEL FRENTE
  • UMA ATIVIDADE SÓ É PSICOPEDAGÓGICA SE ATENDER CENTROS DE INTERESSE.
  • O QUE É ?PSICOPEDAGOGIA??
  • Portanto,
  • O QUE É ?APRENDIZAGEM??
  • PORTANTO, A APRENDIZAGEM
  • Então, a ação psicopedagógica
  • E, o que entendemos por ?DIFICULDADES??
  • Mas aparecem, também,
  • ASSIM, O CAMPO DE ATUAÇÃO DO PSICOPEDAGODO É MUITO VASTO
  • Na clínica
  • Nas Instituições
  • Nas diferentes etapas da vida:
  • Pp e ação do professor
  • Pp e a ação do gestor
  • Pp e a ação do consultor
  • Assim, o campo de atuação da Pp é formado por interfaces!
  • O que discutimos até aqui é a ação com características pedagógicas que pressupõe, em resumo:
  • Com um novo olhar passar a ver as dificuldades como características e não como problemas,
  • e
  • Toda ação verdadeiramente psicopedagógica
  • Assim, a atitude psicopedagógica é que é fundamental:
  • Recursos pessoais necessários:
  • Enfim, o psicopedagogo deve ser
  • E as ?dificuldades?
  • OBJETIVO
  • SUCESSO ESCOLAR
  • PSICOPEDAGOGIA
  • A FAMÍLIA NA CLINICA PSICOPEDAGÓGICA
  • É IMPRESCINDÍVEL QUE A FAMÍLIA POSSA:
  • TRANSTORNO OU DISTÚRBIO DE APRENDIZAGEM
  • TRANSTORNO DE APRENDIZAGEM
  • TRANSTORNO DE APRENDIZAGEM ( DSM-IV)
  • TRANSTORNO OU DISTÚRBIO DE APRENDIZAGEM DEFINIÇÃO
  • CRITÉRIOS DIAGNóSTICOS PARA O TRANSTORNO DE LEITURA (DSM IV)
  • CRITÉRIOS DIAGNÓSTICOS PARA TRANSTORNO DA MATEMÁTICA (DSM IV)
  • CRITÉRIOS DIAGNÓSTICOS PARA TRANSTORNO DA EXPRESSÃO ESCRITA (DSM IV)
  • OUTRAS CARACTERÍSTICAS DAS CRIANÇAS COM TRANSTORNOS DE APRENDIZAGEM
  • PREVALÊNCIA DO TRANSTORNO DE APRENDIZAGEM
  • DISTÚRBIOS NO DESENVOLVIMENTO DA ATENÇÂO
  • PROBLEMAS NO DESENVOLVIMENTO NA MEMÓRIA
  • PROBLEMAS NO DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM
  • PROBLEMAS NO DESENVOLVIMENTO NA MOTRICIDADE FINA
  • PROBLEMAS NO DESENVOLVIMENTO DE OUTRAS FUNÇÕES
  • LEMBRETES
  • INCLUSÃO
  • LINHA DO TEMPO
  • Séc. XX:
  • SEC XX
  • 1994: CONFERÊNCIA MUNDIAL SOBRE EDUCAÇÃO ESPECIAL EM SALAMANCA
  • NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS (NEE):
  • NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS : NEE
  • RECURSOS EDUCATIVOS PARA ALUNOS NEE
  • AVALIAÇÃO DO ALUNO COM NEE
  • DIFICULDADES NO PROCESSO DE INCLUSÃO
  • A INCLUSÃO
  • CARACTERÍSTICAS DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA
  • A CONSTRUÇÃO DE UMA ESCOLA INCLUSIVA
  • RECURSOS EDUCATIVOS NA ESCOLA INCLUSIVA
  • PAPEL DO PROFESSOR NA ESCOLA INCLUSIVA
  • PAPEL DA PSICOPEDAGOGIA NA ESCOLA INCLUSIVA
  • DIFERENÇAS ENTRE INTEGRAÇÃO E INCLUSÃO
  • INCLUSÃO, TRANSDISCIPLINARIDADE, PSICOPEDAGOGIA
  • TRANSDICIPLINARIDADE
  • PSICOPEDAGOGIA
  • A PSICOPEDAGOGIA
  • PSICOPEDAGOGIA E EDUCAÇÃO ESPECIAL
  • ALGUNS FATORES QUE INTERFEREM NA CAPACIDADE
  • DE APRENDER
  • FRACASSO ESCOLAR, PSICOPEDAGOGIA E AFETIVIDADE
  • TRABALHO COM A CRIANÇA
  • E nos lembrarmos de que
  • Psicopedagogia Institucional
  • PROGRAMA
  • COM TATO
  • PARA APRENDER...
  • Psicopedagogia: interdisciplinaridade
  • Psicopedagogia
  • Função da escola
  • (Outeiral, 2009)
  • NÃO FREQUENTE AS REUNIÕES DE SEU GRUPO E, QUANDO FOR, ENCONTRE ALGO
  • AO PARTICIPAR DE QUALQUER ATIVIDADE ENCONTRE E PROCURE APENAS MOSTRAR E
  • NUNCA ACEITE UMA INCUMBÊNCIA NO GRUPO, POIS SEMPRE TEM ALGUÉM MELHOR PARA AQUELA TAREFA E ALÉM DISTO É MAIS FÁCIL
  • QUANDO SUA OPINIÃO FOR SOLICITADA DIGA QUE NÃO TEM NADA A FALAR E DEPOIS FALE TUDO O QUE VEM À CABEÇA
  • ?GRUPINHO?
  • INTERESSANTE OU DIGA QUE NÃO OS
  • DO GRUPO QUANDO A COORDENAÇÃO
  • O Psicopedagogo
  • OBJETIVOS DO TRABALHO PSICOPEDAGÓGICO
  • FUNÇÃO PREVENTIVA
  • ESPECIFICIDADE DO DIAGNÓSTICO
  • Psicopedagogia Clínica e Institucional
  • Psicopedagogia Clínica
  • SOBRE APRENDER E ENSINAR
  • Manacá - Tarsila
  • indicadores para observar a evolução
  • AFETIVAS
  • APROPRIAÇÃO OU INTERFERÊNCIA
  • Institucional
  • Avaliação Psicopedagógica Institucional
  • Obstáculos da Ordem do Funcionamento:
  • grau de filiação que seus elementos
  • ?Conhece-te a ti mesmo?
  • Apresente-se!
  • QUEM É VOCÊ?
  • Escultor e escultura
  • Aspectos importantes da Aprendizagem e do Comportamento do Psicopedagogo:
  • Contribuições da Psicopedagogia EMPRESARIAL:
  • Psicopedagogia Hospitalar Gallar
  • Intervenção de psicopedagogos em hospitais
  • Psicopedagogia no contexto hospitalar
  • Etapas da Avaliação
  • Diagnóstico = INVESTIGAÇÃO
  • 1. Queixa
  • 2. Enquadramento do Processo Diagnóstico
  • 3. Observação e Análise do Sintoma
  • - EOCMEA
  • 4. Organização do Primeiro Sistema de Hipóteses
  • 5. Escolha de Instrumentos de Investigação - Planejamento
  • 5 Escolha de Instrumentos de
  • Tudo é importante...
  • AMBIENTES EDUCATIVOS:
  • 6- Análise dos Resultados: utilização do Cone Invertido -Pichon Riviere:
  • 7- Segundo Sistema de Hipóteses:
  • 8- Pesquisa da História: ANAMNESE,
  • 9. Terceiro Sistema de Hipóteses -
  • 10. Hipótese Diagnóstica
  • 11. Devolutiva
  • 12. Informativo Psicopedagógico
  • Relembrando...
  • Importante...
  • conjunto de princípios a serem observados pelo analista no enquadre do trabalho:
  • Como???
  • INTERVENÇÃO?
  • INTERVENÇÃO
  • Intervenção Institucional
  • Intervenção Psicopedagógica
  • Envolvendo a família...
  • Para educar, é necessária a construção de pelo menos três tipos de limites: o da
  • Possibilidades de intervenção
  • Objetivos da Intervenção Psicopedagógica:
  • O psicopedagogo, no Brasil, ocupa-se das
  • seguintes atividades:
  • Recursos de Intervenção Atitudes Operativas:
  • PROJETO PARA INTERVENÇÃO PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL
  • Algumas ideias ...
  • Abordagens Teóricas para Intervenção Psicopedagógica Institucional:
  • Usando a arte...
  • E, a 7ª arte
  • ESPAÇO PARA RESSIGNIFICAR
  • OBJETIVOS
  • PROGRAMA
  • Segundo Weiss (2012)...
  • Sequencia das queixas...
  • Diagnóstico Psicopedagógico
  • Objetivo Básico do DP
  • Modelo de Aprendizagem
  • Aprendizagem
  • Condicionamento Clássico
  • Condicionamento operante
  • Aprendizagem
  • Vygotsky
  • Piaget
  • Piaget Teoria do Desenvolvimento Cognitivo
  • Pedagogia da Autonomia
  • O Ensinar
  • Aprendizagem Significativa
  • Dificuldades de Aprendizagem
  • O fracasso escolar...
  • Pontuando ...
  • Fracasso escolar
  • Fracasso escolar...
  • Pichon-Rivière...
  • Aspectos básicos de investigação
  • Influência dos eventos psíquicos
  • Melanie Klein
  • Klein
  • Imaginário
  • Psicopatologia - Nosologia
  • Aspectos básicos
  • Aspectos básicos de investigação
  • Aspectos Básicos do Diagnóstico
  • Psicanálise
  • Representação Mental do Conhecimento
  • Representação Mental do Conhecimento
  • Cognição
  • Processo Cognitivo
  • em toda a moral efetiva elaboram-se certos princípios, valores ou normas ...
  • Teoria dos Valores
  • Schwartz (2005)
  • Valor é um conceito multidimensional, composto por distintos significados
  • Representação Mental do Conhecimento
  • O conceito de sintoma em Psicanálise
  • Psicanálise
  • Multicausalidade
  • Psicopatologia - Nosologia
  • Desenvolvimento Psicossexual
  • Desenvolvimento da Libido e Nosologia
  • Aspectos Básicos do Diagnóstico
  • Início do Diagnóstico Psicopedagógico
  • EFES
  • Início do Diagnóstico Psicopedagógico
  • Anamnese
  • Diagnóstico Psicopedagógico
  • Etapas
  • Objetivo Básico do DP
  • Etapas da Sequencia Diagnóstica
  • Semelhança
  • Sintetizando ...
  • Sequencia Diagnóstica
  • Carl Jung
  • Referências
  • PROGRAMA
  • OBJETIVOS