Curso Online de TEORIAS E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS * TUTORIA NA EAD * GESTÃO ESCOLAR  * GESTÃO ESTRATÉGICA
4 estrelas 3 alunos avaliaram

Curso Online de TEORIAS E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS * TUTORIA NA EAD * GESTÃO ESCOLAR * GESTÃO ESTRATÉGICA

Retrospectiva das teorias e práticas pedagógicas: Conceitos que sustentam a prática de ensino: Pedagogia Tradicional: Críticas de Paulo F...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 45 horas

Por: R$ 39,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Retrospectiva das teorias e práticas pedagógicas: Conceitos que sustentam a prática de ensino: Pedagogia Tradicional: Críticas de Paulo Freire à Pedagogia Tradicional: Pedagogia Renovada ou Escola Nova: TUTORIA NA EAD ;Conceitos de Educação à Distância; Planejamento e Prática da Gestão Escolar. NOVA CONCEPÇÃO DE GESTÃO ESCOLAR; A EDUCAÇÃO E SUA VISÃO HOLÍSTICA; A PEDAGOGIA HOSPITALAR; EDUCAÇÃO ESPECIAL NUMA PERSPECTIVA DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA; OUTRAS CARACTERÍSTICAS DAS CRIANÇAS COM TRANSTORNOS DE APRENDIZAGEM; Alguns dos Fatores envolvidos na aprendizagem.

A Net Cursos Profissionalizantes, utiliza métodos eficientes de Ensino e Aprendizagem, que proporcionam aos seus alunos, um conhecimento sólido e preciso dentro de sua área específica.


- Raulino Braun Junior

- Edna Pioker De Lima

- Maciel Lopes Alves

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • 45 h/aulas

  • net cursos profisionalizantes

    apresenta

    curso
    teorias e práticas pedagógicas
    *
    tutoria na ead
    *
    gestão escolar
    *
    gestão estratégica

  • teorias e
    práticas pedagógicas

  • retrospectiva das teorias e práticas pedagógicas:
    antiguidade
    idade média
    renascença
    idade moderna

  • sócrates

  • platão aristóteles

  • PRÉ-SOCRÁTICOS: Tales de Mileto – 640 - 546 a.C. Anaxímenes – Escola de Mileto Anaximandro – Escola de Mileto Heráclito – ? - 545 a.C. Parmênides – 510 - 470 a.C. Zenão de Eléia 488–430 a.C. Pitágoras - ? – 450 a.C. Empédocles – 490 – 430 a.C. Demócrito – 460 – 370 a.C. Sofistas: Protágoras, Górgias 440-380 a.C.

    pré-socráticos: tales de mileto – 640 - 546 a.c. anaxímenes – escola de mileto anaximandro – escola de mileto heráclito – ? - 545 a.c. parmênides – 510 - 470 a.c. zenão de eléia 488–430 a.c. pitágoras - ? – 450 a.c. empédocles – 490 – 430 a.c. demócrito – 460 – 370 a.c. sofistas: protágoras, górgias 440-380 a.c.

    escola jônica
    (naturalismo)

    escolas italianas
    (matemáticos e
    metafísicos)

    ii fase:
    pluralistas
    e ecléticos

  • sócrates – 470 – 399 a.c
    platão – 429 – 347 a.c.
    aristóteles – 384 – 322 a.c.

  • Sócrates através de Platão 470 – 399 a.C.

    sócrates através de platão 470 – 399 a.c.

    sócrates: mas então é porque os aprendeste por qualquer outro sentido que não por aqueles de que o corpo é instrumento? (fédon, 65 d-e).

    platão de atenas (429-347 a.c.) marilena chauí (et alii) primeira filosofia. lições introdutórias. são paulo: ed. brasiliense, 1985: 26.

    o justo nasce justo, não se aprende nesta vida

  • anamnese: a alma é sábia e imortal, ao nascer, a sabedoria é obscurecida.
    conhecimento não é adquirido, é inato.

    sócrates/platão

    diálogo com mênon

    ´sócrates: assim é que tais opiniões verdadeiras acabam de emergir neste escravo como em sonho. mas se o interrogássemos com frequência e de maneiras variadas sobre os mesmos assuntos, esteja certo de que ao final ele teria um conhecimento deles tão exato quanto mais ninguém no mundo

    sócrates: ele poderá saber então, sem nenhum mestre, por simples interrogações, retomando de si mesmo tal ciência.

    sócrates: mas retomar de si mesmo uma ciência, não é relembrar?

  • sócrates: e essa ciência que ele agora tem, seria preciso que ela a tivesse recebido em um dado momento, ou então que ela a tenha tido sempre, não é?

    sócrates: ora, se ele sempre a teve, conclui-se que ele sempre foi sábio; ao contrário, se ele a recebeu num dado momento, não foi certamente na vida presente que ele pôde recebê-la. ou será que ele teve um mestre de geometria?


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 39,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • PRÉ-SOCRÁTICOS: Tales de Mileto – 640 - 546 a.C. Anaxímenes – Escola de Mileto Anaximandro – Escola de Mileto Heráclito – ? - 545 a.C. Parmênides – 510 - 470 a.C. Zenão de Eléia 488–430 a.C. Pitágoras - ? – 450 a.C. Empédocles – 490 – 430 a.C. Demócrito – 460 – 370 a.C. Sofistas: Protágoras, Górgias 440-380 a.C.
  • Sócrates através de Platão 470 – 399 a.C.
  • (Sócrates)470-399 a.C.
  • O MITO DA CAVERNA
  • O QUE NOS DIZ O MITO?
  • São Tomás de Aquino 1224 a 1274
  • São Tomás de Aquino – 1224 a 1274
  • Aprender é um ato Mecânico ou Autopoiético?
  • A escolástica
  • Jean Jacques Rousseau – 1712 - 1778
  • Pedagogia Tradicional
  • Pedagogia Renovada ou Escola Nova
  • Pedagogia Tecnicista
  • Pedagogia Progressista
  • Correntes pedagógicas contemporâneas LIBANEO, J.C. IN: Educação na era do conhecimento em rede e transdisciplinaridade. Campinas: Alínea, 2005
  • Construtivismo pós-piagetiano
  • Complexidade e Transdisciplinaridade
  • Novos Papéis
  • Nossa principal função passa a ser...
  • NOVAS ESTRATÉGIAS
  • Planejamento e Prática da Gestão Escolar.
  • O que é planejamento?
  • PLANEJAMENTO
  • PLANO
  • PLANO E PLANEJAMENTO
  • O que representa cada um:
  • PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO
  • Reflexão:
  • É PRECISO (RE)SIGNIFICAR A PRÁTICA DO PLANEJAMENTO
  • PLANEJAMENTO ESCOLAR
  • Níveis de Colaboração
  • Aluno Virtual
  • Planejamento e Avaliação
  • A avaliação...
  • Dimensão da Avaliação
  • Definir a dimensão do planejamento
  • Valor social da educação
  • Prática do Professor
  • Em suma...
  • Finalizando
  • O que diz a LDB I
  • O que diz a LDB II
  • Lei estadual
  • Gestão escolar
  • O que precisa mudar
  • Escolha dos diretores -I
  • Conselhos Escolares
  • A Educação Especial, entende-se como um processo educacional definido por uma proposta pedagógica que assegure recursos e serviços educacionais especiais, organizados institucionalmente para apoiar, complementar, suplementar e, em alguns casos, substituir os serviços educacionais comuns de modo a garantir a educação escolar e promover o desenvolvimento das potencialidades dos educandos que apresentam necessidades educacionais especiais, em todas as etapas, modalidades e níveis de ensino.
  • FUNDAMENTOS LEGAIS
  • Artigo 227
  • Definição referendada na Lei de Diretrizes e Bases para a Educação Nacional - n.º 9394/96, nas Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica e demais marcos legais do Conselho Nacional de Educação Resolução 02/2001- CNE e do Conselho Estadual de Educação Resolução 261/2002CEE
  • Capítulo V – Lei n.º 9394/96 Artigo n.º 58
  • Artigo n.º 59 da LDB
  • Decreto 3298/99 Refere-se a Política Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência Lei 7 853/89 Dispõe sobre o apoio às pessoas portadoras de deficiência, sua integração social, institui a tutela jurisdicional de interesses coletivos ou difusos dessas pessoa, disciplina atuação do Ministério Público, define crimes e dão outras providências.
  • Implantação do Núcleo de Atividades de Altas Habilidades – NAAH/MT
  • Parâmetros Gerais do Curso
  • Exemplo: Ford
  • Missão: Exemplos Terceiro Setor
  • Visão
  • O PEDAGOGO NA ARTICULAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO!
  • O Papel do Pedagogo
  • Ser pedagogo significa ter o domínio sistemático e intencional das formas(método) através dos quais se deve realizar o processo de formação cultural. (Saviani 1985)
  • GESTÃO DEMOCRÁTICA
  • PRESSUPOSTO BÁSICO O QUE É REALMENTE DEMOCRÁTICO NA ESCOLA PÚBLICA? A SOCIALIZAÇÃO DO CONHECIMENTO
  • GESTÃO DEMOCRÁTICA
  • INSTÂNCIAS COLEGIADAS Gestão Escolar Papel do Pedagogo/ Direção
  • INSTÂNCIAS COLEGIADAS
  • GRÊMIO ESTUDANTIL Papel do Pedagogo ENTENDIMENTO DO SIGNIFICADO DO REPRESENTANTE DO CORPO DISCENTE CONCEPÇÃO DE REPRESENTAÇÃO/REPRESENTATIVIDADE
  • CONSELHO DE CLASSE
  • PRÉ- CONSELHO
  • PÓS- CONSELHO
  • DOCUMENTOS ESCOLARES
  • ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO PAPEL DO PEDAGOGO
  • ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGIGO( cont.)
  • ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGIGO (cont.)
  • ENSINO (professor) Papel do Pedagogo
  • APRENDIZAGEM (ALUNO)
  • APRENDIZAGEM (ALUNO) - Escuta - Acompanhamento escola/ família - Diálogo - Orientação de estudos - Acompanhar freqüência
  • Somente será considerado pedagogo aquele que fará surgir um “ mais” na e pela articulação teoria – prática na educação. Tal é a caldeira da fabricação pedagógica. ( Libâneo 1996)
  • Proposta de Trabalho
  • Caso 2
  • Ata 1º Bimestre 2º B
  • Ata 2º Bimestre 2º B
  • Ata 3º Bimestre 2º B
  • Caso 3
  • Caso 4
  • Caso 5
  • Caso 6
  • Ata do 4º bimestre
  • Caso 7
  • Caso 8
  • Caso 9
  • TRANSTORNO OU DISTÚRBIO DE APRENDIZAGEM
  • TRANSTORNO DE APRENDIZAGEM
  • NOS TRANSTORNOS DE APRENDIZAGEM
  • TRANSTORNO DE APRENDIZAGEM ( DSM-IV)
  • TRANSTORNO OU DISTÚRBIO DE APRENDIZAGEM DEFINIÇÃO
  • CRITÉRIOS DIAGNóSTICOS PARA O TRANSTORNO DE LEITURA (DSM IV)
  • CRITÉRIOS DIAGNÓSTICOS PARA TRANSTORNO DA MATEMÁTICA (DSM IV)
  • CRITÉRIOS DIAGNÓSTICOS PARA TRANSTORNO DA EXPRESSÃO ESCRITA (DSM IV)
  • OUTRAS CARACTERÍSTICAS DAS CRIANÇAS COM TRANSTORNOS DE APRENDIZAGEM
  • PREVALÊNCIA DO TRANSTORNO DE APRENDIZAGEM
  • DISTÚRBIOS NO DESENVOLVIMENTO DA ATENÇÂO
  • PROBLEMAS NO DESENVOLVIMENTO NA MEMÓRIA
  • PROBLEMAS NO DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM
  • PROBLEMAS NO DESENVOLVIMENTO NA MOTRICIDADE FINA
  • PROBLEMAS NO DESENVOLVIMENTO DE OUTRAS FUNÇÕES
  • LEMBRETES
  • FRACASSO ESCOLAR, PSICOPEDAGOGIA E AFETIVIDADE
  • Principais Disfunções