Curso Online de COMPETÊNCIAS EM HIGIENE DAS PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS

Curso Online de COMPETÊNCIAS EM HIGIENE DAS PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS

Este curso trata das competências relativas à higiene a ter com as pessoas com necessidades especiais ( a nível físico e mental)

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 9 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso trata das competências relativas à higiene a ter com as pessoas com necessidades especiais ( a nível físico e mental)

EUROPA LEARNING é um programa especializado em ensino à distância. Apresentamos cursos em todas as areas, criados a pensar em voce. Investimos não só na qualidade de nosso material didático, como também em novos meios para difundir conceitos e técnicas de forma eficiente para todos alunos. Por isso hoje este projeto orgulhosamente traz ao Brasil cursos de primeira linha criando novas tendências de mercado quando o assunto é e-learning



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Higiene corporal

    Higiene corporal

  • HIGIENE CORPORAL

    HIGIENE CORPORAL

    Conjunto de práticas diárias que permitem assegurar a limpeza e preservar a integridade do corpo.

    Estes cuidados proporcionam bem-estar físico e mental.

    É importante manter o diálogo com o utente durante estes cuidados para diminuir o constrangimento.

  • OBJECTIVOS

    OBJECTIVOS

    Assegurar a limpeza do corpo, de modo a manter e favorecer o papel protector e secretor da pele

    Assegurar o bem-estar e uma boa auto-estima da pessoa cuidada

    Prevenir a irritação da pele

    Evitar a maceração

    Manter as mãos e unhas limpas e com bom comprimento

    Favorecer o relaxamento e a comunicação

  • Material

    Material

    Banho no leito:

    2 bacias cheias de água morna (37º)

    2 luvas para o banho e 2 toalhas de banho

    Sabonete ou sabão que respeite o pH da pele e não contenha perfume

    Consoante o caso, produtos para os cuidados à pele

    Roupa própria do cliente: roupa interior, camisa de noite, pijama, vestuário adequado às preferências e actividades do paciente

    No caso de haver incontinência, fralda e protectores da pele

    Avental

    Saco de roupa suja; saco do lixo

  • Técnicas

    Técnicas

    Levar em linha de conta o grau de autonomia do paciente e planificar a possibilidade de ter uma ajuda para realizar toda ou parte da higiene corporal.

    Banho total:

    Realiza-se a todo o paciente dependente ou parcialmente autónomo e faz-se em dias alternados ou mais vezes, se o paciente necessita. Pode fazer-se na cama, numa cadeira de banho, na banheira.

    Escolher um momento em que o paciente esteja menos fatigado.

    Encorajar o paciente a participar na higiene.

  • Técnicas

    Lavagem do cabelo:

    Este cuidado deve realizar-se na cama ou na cadeira, uma ou mais vezes por semana se o estado do paciente o justificar

    Verificar se o paciente não está demasiado fatigado, caso contrário, programar o cuidado para um outro momento

    Informar o paciente da necessidade e do desenrolar do cuidado

    Solicitar a sua participação em função das suas capacidades

    Técnicas

  • Técnicas

    Lavagem do cabelo:

    Lavar as mãos com um sabão neutro

    Proteger a cama e o paciente das eventuais fugas de água, com resguardos impermeáveis

    Se a lavagem se faz na cama, instalar o paciente na posição semi-fowler, as costas e os ombros apoiados por uma ou duas almofadas e a cabeça inclinada para trás

    Proteger o canal auditivo com compressas ou algodão

    Técnicas

  • Técnicas

    Lavagem do cabelo:

    Envolver os ombros do paciente com um resguardo impermeável coberto por uma toalha cruzada a frente sobre o peito e fixo com um clampe

    Deixar cair a extremidade do resguardo dentro da tina, enrolando os bordos de cada lado

    Molhar o cabelo com champô friccionando suavemente o couro cabeludo com a ponta dos dedos

    Enxaguar, recomeçar a operação e enxaguar abundantemente

    Secar o cabelo com a toalha, retirar o resguardo e a tina

    Enxaguar, secar e pentear o cabelo de acordo com os desejos da pessoa, propondo que se veja ao espelho

    Técnicas

  • Técnicas

    Banho total:

    Despir o paciente e tapá-lo com a toalha.

    Observar a pele para verificar se tem lesões e qual a sua cor.

    Inspeccionar as unhas e os cabelos do paciente e, se necessário, completar a higiene com os cuidados às mãos e pés.

    Colocar a outra toalha debaixo de cada parte do corpo à medida que a lava.

    Ensaboar as partes do corpo começando pela cara e acabando nos genitais e nádegas.

    Lavar cuidadosamente as axilas, o sulco infra-mamário na mulher, as pregas abdominais nas pessoas obesas.

    Sentar ou virar de lado o paciente para lhe lavar as costas.

    Acabar a higiene total pela higiene genital.

    Técnicas

  • Técnicas

    Higiene dos genitais:

    Faz-se sistematicamente uma ou duas vezes por dia no doente acamado ou dependente, após uma dejecção e sempre que o paciente esteja sujo de urina e ou fezes.

    Lavar as mãos com sabão neutro.

    Encher a bacia com água morna.

    Informar o paciente sobre a necessidade e o desenrolar do cuidado.

    Pedir a sua participação em função das suas capacidades.

    Calçar as luvas limpas.

    Técnicas

  • Técnicas

    Higiene dos genitais:

    Instalar confortavelmente o paciente sobre a arrastadeira caso não haja nenhuma contra-indicação nem nenhuma lesão cutânea nas nádegas.

    Garantir o respeito pelo pudor do paciente.

    Lavar minuciosamente desde a sínfise púbica até ao ânus, ensaboar a púbis, as pregas inguinais, o interior das coxas.

    No homem, fazer a retracção do prepúcio e lavar a glande. Enxaguar abundantemente e secar com cuidado. Não esquecer de voltar a cobrir a glande.

    Na mulher, lavar cuidadosamente os pequenos lábios, depois os grandes lábios, afastando-se do meato urinário.

    Técnicas


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Higiene corporal
  • HIGIENE CORPORAL
  • OBJECTIVOS
  • Material
  • Técnicas
  • Material
  • Técnicas
  • Vigiar
  • Qualidade dos cuidados
  • Prevenção dos riscos/ protecção do cuidador
  • Limpeza e Desinfecção
  • Factores de Risco
  • Vias de Transmissão (Como se Transmite):
  • Transmissão por Contacto:
  • Transmissão por Fonte Comum:
  • Transmissão por Via Aérea
  • Transmissão por Vector
  • Fontes de Contaminação (Local onde vive e se multiplica):
  • Porta de Saída ou Via de Eliminação:
  • O que diminui a transmissão de microorganismos que provocam infecção?
  • Como se pode prevenir a Infecção?
  • Limpeza e Desinfecção-Conceitos:
  • A Limpeza tem uma eficácia de remoção de microorganismos de 80%
  • Utilização dos Detergentes
  • Material de Limpeza
  • Desinfecção:
  • Antissépticos – desinfectantes não tóxicos que são aplicados na pele e tecidos.
  • Esterilização
  • Para que haja uma correcta utilização dos desinfectantes químicos devemos ter em atenção:
  • Precauções na Utilização dos Desinfectantes:
  • Técnica da Limpeza:
  • Chão/ Superfícies de Área Comum
  • Casas de Banho e Lavatórios
  • Quarto do Doente
  • Cama:
  • Bacia Individual do Idoso: Limpar após cada utilização com água e detergente, enxaguar e deixar secar; Desinfectar com álcool a 70º após cada utilização.
  • Cozinha:
  • Princípios Básicos da Limpeza e Desinfecção Individual:
  • Lavagem das Mãos
  • Quando?
  • Técnica da Lavagem das Mãos
  • Limpeza de instrumentos antes de os usar
  • Limpeza de instrumentos depois de terem sido usados
  • Triagem de Resíduos/ Lixos
  • Como de Muito se Faz Nada!
  • Resíduos Contaminados
  • Resíduos Não Contaminados
  • Lembre-se:
  • Ideias Gerais:
  • Circuito de Roupa Suja
  • Circuito de Roupa Limpa
  • Lavagem e Secagem da Roupa
  • Preparação e Arrumação da Roupa
  • Levantamento das Necessidades de Roupa
  • Roupa Adaptada a Pessoas com Deficiência