Curso Online de O Sistema Único de Saúde
5 estrelas 3 alunos avaliaram

Curso Online de O Sistema Único de Saúde

O SUS é único, porque tem a mesma filosofia de atuação em todo o território nacional e é organizado de acordo com uma mesma lógica. O SUS...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 14 horas

Por: R$ 35,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O SUS é único, porque tem a mesma filosofia de atuação em todo o território nacional e é organizado de acordo com uma mesma lógica. O SUS é:
- É universal
- É integral
- Garante eqüidade
- É descentralizado
- regionalizado e hierarquizado
- Prevê a participação do setor privado
- Deve ter racionalidade
- Deve ser eficaz e eficiente
- Deve promover a participação popular

Mestre em Ensino na Saúde - UFF Especialista em Educação a Distância - UFF Especialista em Ativação de Processos de Mudanças na Formação Superior em Saúde - ENSP Especialista em Formação Pedagógica - ENSP Especialista em CTI Cardiológico - UFF Pós graduanda em Gênero, Sexualidade e Direitos Humanos - ENSP lattes: http://lattes.cnpq.br/2401227655072032 Professora do ensino médio em enfermagem e preparatório para concursos. Enfermeira assistencial do setor de Pediatria.


- José Roberto M Iele

- Jose Maria De Oliveira

"muito bom, mas a politica de saude SUS é complexa"

- Jorge Luiz Massaro

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • o sistema único de saúde

    prof. enf. adriane das neves – adrianeneves@bol.com.br

    adriane das neves silva
    prof. enf. especialista em cuidados intensivos cardiológicos e formação pedagógica

  • 2

    o sistema único de saúde

    é um sistema, ou seja é formado por várias instituições(união,estados,municípios) e pelo setor privado credenciado e conveniado; assim o serviço privado,quando contratado pelo sus, deve atuar como se fosse público.

    objetivos:

     identificar e divulgar os fatores condicionantes e determinantes de saúde e de doença;
     formular políticas para redução dos riscos, promoção, proteção e recuperação da saúde;
     atuar de forma organizada em rede hierarquizada e regionalizada com capacidade resolutiva.

  • 3

    funções do sus

    a) formulação de políticas/planejamento;
    b) financiamento;
    c) coordenação, regulação, controle e avaliação
    (do sistema/ redes e dos prestadores públicos ou
    privados);
    d) prestação direta de serviços de saúde.

  • história das políticas de saúde no brasil

    4

  • Brasil colônia (1500 – 1889)

    brasil colônia (1500 – 1889)

    - controle da comercialização e circulação de alimentos; cobertura dos portos.
    - população: medicina de folk.
    - senhores rurais: profissionais legalizados da medicina.

    1808 : vinda da família real portuguesa pra o brasil
    - transferência da organização sanitária de portugal.
    rj: centro das ações sanitárias
    1813 e 1815: criação de centros formadores de médicos.
    início da institucionalização do setor saúde.

    5

  • Brasil colônia (1500 – 1889)

    1822 - independência do brasil. início do império brasileiro.

    1829: criação da imperial academia de medicina.(órgão consultivo do imperador)
     formada junta de higiene pública.
     saúde pública como prática isolada, através de campanhas efêmeras.
     criação das “santas casas”.

    brasil colônia (1500 – 1889)

    6

  • brasil república 1889 - 1930

     grandes epidemias: saneamento
     medicina: guia do estado
     pasteur: microorganismos
     teoria dos miasmas
    febre amarela, peste bubônica, cólera: saneamento dos portos e cidades. intensificação das ações: campanhas.
     transformada em questão política.

    7

  • república velha (1889-1930) crise e oposição à oligarquia hegemônica

    partido republicano x partido liberal

     i cong. bras. de higiene: exigência de medidas preventivas e ed. sanitária.
      medicina liberal
     filantropia (santas. casas) para população geral.
     notificação compulsória de doenças infecto-contagiosas
     apenas médicos diplomados: polícia pune curadores

    8

  • saúde no período da república 1889-1930

     organização de institutos de pesquisa
    laboratórios bacteriológico e vacinogênico (futuros inst. butantã e adolfo lutz);
    inst. soroterápico de manguinhos,
    inst. pasteur

     1904: revolta da vacina
    crescente intervenção médica nos espaços urbanos
    retirada à força da população dos espaços pela polícia
    31/ out: aprovada lei de obrigatoriedade da vacina

    9

  • população rural desnutrida e doente
    1918: gripe espanhola
     doenças: causa da pobreza
     criação dos centros de saúde
     trabalhadores de ferrovias e portos criam caixas beneficentes e de auxílio mútuo
    1923: lei eloy chaves (desconto no salário e renda das empresas, direito à aposentadoria, assistência médica, pensão)

    saúde no período da república 1889-1930

    10

  • revolução de 1930: estado limitado pela precariedade financeira, não responde exclusivamente a nenhum

    1930: criação do min. educação e saúde (centralismo)
    piora da crise social e pressão do movimento operário: governo cuida da questão social (leis trabalhistas, atrelamento dos sindicatos ao estado e criação dos institutos de aposentadorias e pensões).

    11


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 35,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Brasil colônia (1500 ? 1889)
  • PRÍNCIPIOS E BASES LEGAIS DO SUS
  • CONSTITUIÇÃO FEDERAL TÍTULO VII- Da Ordem Social Capítulo II Da Seguridade Social Seção II- Da Saúde
  • O SUS
  • LEI 8.080 DE 19 DE SETEMBRO DE 1990 Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes.
  • Princípios doutrinários do SUS
  • Universalidade dos serviços
  • Eqüidade na assistência à saúde
  • Integralidade da assistência
  • Princípios relacionados a operacionalização do SUS
  • Regionalização/ Hierarquização
  • Participação Social
  • Três esferas de governo
  • LEI 8.142 DE 28 DE DEZEMBRO DE 1990 Dispõe sobre a participação da comunidade na gestão do SUS e sobre as transferências intergovernamentais de recursos financeiros
  • NORMAS OPERACIONAIS
  • As Normas Operacionais
  • Pacto pela saúde