Curso Online de DEFEITOS E CAUSAS DE ERROS DURANTE A PRODUÇÃO DE MANTEIGA

Curso Online de DEFEITOS E CAUSAS DE ERROS DURANTE A PRODUÇÃO DE MANTEIGA

Este curso destina-se aos profissionais de diversas áreas, como analista de laboratório, queijeiros, mantegueiros, técnicos em alimentos,...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 20 horas

Por: R$ 60,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso destina-se aos profissionais de diversas áreas, como analista de laboratório, queijeiros, mantegueiros, técnicos em alimentos, e em laticínios. Neste curso você aprendera as principais causas de defeitos em manteigas e formas de prevenção. Neste curso você aprenderá sobre: defeitos e causas de erros durante a produção de manteiga, contendo as seguintes conteúdos: fases da fabricação da manteiga, etapas da produção de manteiga, fatores que influenciam na da manteiga, obtenção do creme, filtração do creme, padronização do creme, vantagens da padronização, pasteurização do creme, resfriamento do creme, bateção do creme, fatores que afetam a bateção, como controlar o processo de bateção, concentração do creme, velocidade da batedeira, temperatura de bateção, tempo de bateção, nível de creme na batedeira, problemas apresentados durante a bateção, desleitagem, lavagem da manteiga, salga da manteiga, maxalagem da manteiga, moldagem da manteiga, armazenamento e conservação da manteiga, defeitos de fabricação e ainda sobre o fluxograma da produção de manteiga. Para isso foi elaborado o curso a fim de fornecer subsídios com a finalidade de evitar possíveis defeitos em manteigas, durante seu processo de fabricação. Este curso possui 217 slides.

Sou Biológo Licenciado pela Universidade do Estado de Mato Grosso - Unemat, com Especialização em Processamento e Controle de Qualidade em Carnes, Leite e Ovos, pela Universidade Federal de Lavras - UFLA, com 17 (doze) anos de experiência em laticinios, nas mais diverdas aréas, como laboratório Fisico-quimico e Microbiológico,atuando no Controle e na garantia da Qualidade. De 2013 a 2015 trabalhei na area de processamento e no controle de qualidade em um Frigorifico (abatedouro) de Aves, e em uma fabrica de industrializados embutidos de derivados de aves, atuando como Supervisor nas areas de Processamento Industrial na produção de Linguiças, Salsichas, Mortadelas, Presunto e Apresuntado de frango, e no Controle e Garantia da Qualidade. Em outubro de 2015 voltei a para no setor lacteo trabalhando novamente em laticínio, com produção de queijos: Mussarela, Prato, Provolone, Parmessão, Ricota, Minas Frescal, manteiga, doce de leite em pasta e barra, requeijão cremosso, creme de leite, nata, bebida láctea fermentada e não fermentada,iogurte,coalhada, etc. email para contato: jpdanibio@hotmail.com



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • DEFEITOS E CAUSAS DE ERROS DURANTE A PRODUÇÃO DE MANTEIGA

    DEFEITOS E CAUSAS DE ERROS DURANTE A PRODUÇÃO DE MANTEIGA

    1

  • 2

    2

    Olá!

    Sejam bem vindos.
    Neste cursos vamos estudar sobre:
    Defeitos e causas de erros durante a produção de manteiga.

    2

    2

  • INTRODUÇÃO

    INTRODUÇÃO

    3

  • 4

    4

    A manteiga é um produto lácteo conhecido a quase 600 anos.
    Ela está associado principalmente com um dos alimentos mais fundamentais e mais consumidos pelo homem, o pão.

    4

    4

    INTRODUÇÃO

  • 5

    5

    A manteiga é um dos produtos lácteos mais utilizados e consumidos no Brasil, encontrada praticamente em qualquer mercearia de todas as regiões do país.
    É formada batendo-se o creme que é obtido pelo desnatamento do leite.

    5

    5

    INTRODUÇÃO

  • 6

    6

    Seu uso é bastante diversificado, seja no café da manhã, para ser passada no pão fresquinho, como ingrediente indispensável em bolos e tortas ou até para dourar os condimentos na culinária.

    6

    6

    INTRODUÇÃO

  • 7

    Pelo batimento do creme de leite consegue-se, por ação mecânica, a aglomeração dos glóbulos de gordura.
    A este produto, separado da fase líquida, ao qual se pode adicionar sal, denomina-se manteiga.  

    INTRODUÇÃO

  • 8

    8

    Define-se como o produto obtido pela aglomeração mecânica da matéria gorda do leite, adicionada ou não de sal.
    Essa aglomeração mecânica é obtida pela batedura do creme, que por sua vez, é obtido do desnate do leite.

    8

    8

    INTRODUÇÃO

  • 9

    9

    A manteiga é um produto de laticínios fabricado com o creme de leite oriundo do desnate do leite fluido.
    O produto gorduroso obtido exclusivamente pela bateção e malaxagem de creme pasteurizado e derivado exclusivamente do leite de vaca, por processos tecnologicamente adequados.

    9

    9

    INTRODUÇÃO

  • HISTÓRICO

    HISTÓRICO

    10

  • A manteiga não é uma invenção recente, a sua fabricação tem cerca de 3.000 mil anos, sendo o primeiro registro que se conhece deste produto é datado de 1.750 A.C.
    Porém os romanos e os gregos não a utilizavam na alimentação, mas sim, como um tipo de unguento, ou medicamento de uso externo.

    11

    HISTÓRICO


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 60,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • DEFEITOS E CAUSAS DE ERROS DURANTE A PRODUÇÃO DE MANTEIGA
  • INTRODUÇÃO
  • HISTÓRICO
  • DEFINIÇÕES
  • FASES DA FABRICAÇÃO DA MANTEIGA
  • ETAPAS DA PRODUÇÃO DE MANTEIGA
  • FATORES QUE INFLUENCIAM NA DA MANTEIGA
  • OBTENÇÃO DO CREME
  • FILTRAÇÃO DO CREME
  • PADRONIZAÇÃO DO CREME
  • VANTAGENS DA PADRONIZAÇÃO
  • PASTEURIZAÇÃO DO CREME
  • RESFRIAMENTO DO CREME
  • BATEÇÃO DO CREME
  • FATORES QUE AFETAM A BATEÇÃO
  • COMO CONTROLAR O PROCESSO DE BATEÇÃO
  • CONCENTRAÇÃO DO CREME
  • VELOCIDADE DA BATEDEIRA
  • TEMPERATURA DE BATEÇÃO
  • TEMPO DE BATEÇÃO
  • NÍVEL DE CREME NA BATEDEIRA
  • PROBLEMAS APRESENTADOS DURANTE A BATEÇÃO
  • DESLEITAGEM
  • LAVAGEM DA MANTEIGA
  • SALGA DA MANTEIGA
  • MAXALAGEM DA MANTEIGA
  • MOLDAGEM DA MANTEIGA
  • ARMAZENAMENTO E CONSERVAÇÃO DA MANTEIGA
  • DEFEITOS DE FABRICAÇÃO
  • DEFEITOS DE ASPECTO
  • DEFEITOS DE SUPERFÍCIE
  • CASCA COM COLORAÇÃO AMARELA INTENSA
  • PONTOS COLORIDOS
  • DEFEITOS INTERNOS
  • PRESENÇA DE ALVÉOLOS
  • VARIAÇÃO DE COLORAÇÃO
  • DEFEITOS DE ESTRUTURA
  • MÁ DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA
  • MANTEIGA OLEOSA
  • MANTEIGA ARENOSA
  • MANTEIGA COM ESTRUTURA LAMINAR
  • MANTEIGA ADERENTE À FACA
  • DEFEITOS DE CONSISTÊNCIA
  • MANTEIGA DURA OU QUEBRADIÇA
  • MANTEIGA MOLE
  • GOSTO A ?LEVEDURAS?
  • DEFEITOS DE SABOR E AROMA
  • DEFEITOS DEVIDO À PASSAGEM DE SUBSTÂNCIAS DE GOSTO DESAGRADÁVEL
  • DEFEITOS BACTERIOLÓGICOS
  • DEFEITOS ADQUIRIDOS POR ERROS DE FABRICAÇÃO
  • GOSTO DE COZIDO
  • GOSTO DE ÁCIDO
  • GOSTO CASEOSO
  • GOSTO À ?LEVEDURAS?
  • GOSTO METÁLICO
  • DEFEITOS POR ALTERAÇÕES NA MATÉRIA GORDA
  • LIPÓLISE
  • BIBLIOGRAFIA CONSULTADA
  • ANEXOS
  • FLUXOGRAMA DA PRODUÇÃO DE MANTEIGA