Curso Online de Medicamentos  e o Tratamento Da Diabetes

Curso Online de Medicamentos e o Tratamento Da Diabetes

Saiba quais são os tipos de medicamentos usados no tratamento do diabetes , assim como suas ações no organismo. Atualmente, existem vária...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 39,98
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Saiba quais são os tipos de medicamentos usados no tratamento do diabetes , assim como suas ações no organismo.
Atualmente, existem várias substâncias que auxiliam o tratamento do diabetes tipo 2, diferenciadas de acordo com o modo com que agem no organismo.
Em geral, elas encontram-se subdividas em quatro grupos

CONSULTOR DE AUTO-AJUDA ,PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM,CONSULTOR DE PROGRAMAÇÃO NEUROLÍNGUISTICA ,CONSULTOR INTELIGÊNCIA EMOCIONAL E PALESTRANTE



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • FÁRMACOS
    E O TRATAMENTO
    Da DIABETES

  • Diabetes

    Ações metabólicas da insulina
    Terapia com insulina
    Fármacos anti-diabéticos orais
    Secretagogos de insulina
    Sensibilizadores das ações da insulina
    Inibidores de absorção dos carboidratos
    Novos fármacos anti-diabéticos
    Incretinas
    Fármacos baseados em incretinas
    Incretinas no Tratamento do Diabetes
    Um estimulo glicêmico por via oral ou por via endovenosa com concentrações diferentes, para atingir os mesmo valores plasmáticos de glicose terá uma influência diferente na capacidade de secretar insulina. Por via oral a secreção insulínica é bem mais pronunciada e este efeito é que se chama de propriedade incretina.

  • Já foram identificados vários hormônios com atividade incretina, mas o mais importante é o GLP1(glucagons like peptide 1), que é produzido por células no ileo. No entanto o GLP1 é metabolizado rapidamente pela a enzima DPP4 (Depeptil peptidase 4). Esta rápida metabolização faz com que a meia vida deste hormônio seja de 90 seg, dificultando o seu emprego no tratamento do Diabetes Mellitus tipo 2. Vários análagos do GLP1 com efeito prolongado têm sido pesquisados. O mais estudado ate o momento é o Exenatide (atualmente em fase 3 de pesquisa clínica). O Exenatide é semelhante ao Exendine 4, que é encontrado na saliva de um lagarto (Gila Monster), encontrado nos EUA. Outra substância, com grande homologia do GLP1, não é degradada podendo ser utilizada em duas tomadas ao dia. Um análogo, obtido pela adição de albumina à molécula, que prolonga seu efeito também tem sido estudado. Outra linha de pesquisa na área é a utilização de inibidores da DPP-4, aumentando a vida do GLP1 endógeno. Estas substâncias poderão ter grande impacto no tratamento do DM2, pois além de possuírem atividade secretagoga, também diminuem a resistência à insulina, tem efeito redutor do peso e estimulam a neogenese de ilhotas.

  • Definição

    Diabetes mellitus é um grupo de doenças metabólicas caracterizado por hiperglicemia crônica resultante de um defeito na secreção de insulina e/ou sua ação nos tecidos.

    Polifagia

    Polidipsia

    Poliúria

    Perda de peso

  • Classificação

    Diabetes mellitus tipo 1

    Diabetes mellitus tipo 2

    Diabetes mellitus gestacional

    Outros tipos de diabetes

  • Diabetes mellitus tipo 1

    5-10% pacientes

    Auto-imune/idiopática:
    Destruição das células B – deficiência absoluta insulina
    Componente genético e fatores do meio
    Mais comumente em crianças e adolescentes

    Diabetes mellitus tipo 2

    90-95 % pacientes

    Resistência à insulina e
    Deficiência relativa insulina

    Componente genético e fatores do meio
    Mais comumente em adultos e idosos

  • Ações da metabólicas da insulina

    CHO
    AA
    AG

    Glicogênese
    Lipogênese

    Triglicerídeos

    Glicogênese

    AA

    CC

    AG

    CHO

    CHO
    AG

    CHO
    AG

    CHO
    AA

    estimulação

    inibição

  • http://www.diabetesebook.org.br

    Diabetes mellitus

  • Complicações do diabetes

    Complicações agudas:
    Coma diabético
    Infecções agudas
    Complicações crônicas:
    Macroangiopatias
    Retinopatias
    Nefropatias
    Neuropatias

  • http://www.diabetesebook.org.br

    DIAGNÓSTICO DIABETES TIPO 1

    DIAGNÓSTICO DIABETES TIPO 2

    Dieta + exercícios

    Antidiabéticos orais em monoterapia

    Antidiabéticos orais em combinações

    Antidiabéticos orais + Insulina

    Terapia com Insulina Plena

  • Terapia com insulina

    O objetivo é a reposição da insulina basal (jejum, noturna e entre as refeições), bem como controlar a glicemia pós-prandial.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 39,98
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Secretagogos de insulina
  • Inibidores de DPP-IV
  • Sensibilizadores de insulina
  • Moduladores da absorção de nutrientes no trato gastrointestinal
  • Inibidores da alfa-glicosidase - Acarbose
  • Secretagogos de insulina
  • Medicamentos que promovem o aumento da secreção de insulina pelas células beta do pâncreas
  • Classe de medicamentos tem duas funções
  • Necessidade do paciente
  • Inibidores de DPP-4
  • Classe de medicamentos
  • Incretinomiméticos
  • Sensibilizadores de insulina
  • Moduladores da absorção de nutrientes no trato gastrointestinal
  • Inibidores de alfa-glicosidase