Curso Online de DIABETES
5 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de DIABETES

Este curso apresenta os principais aspetos relacionados com a diabetes

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 11 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso apresenta os principais aspetos relacionados com a diabetes

EUROPA LEARNING é um programa especializado em ensino à distância. Apresentamos cursos em todas as areas, criados a pensar em voce. Investimos não só na qualidade de nosso material didático, como também em novos meios para difundir conceitos e técnicas de forma eficiente para todos alunos. Por isso hoje este projeto orgulhosamente traz ao Brasil cursos de primeira linha criando novas tendências de mercado quando o assunto é e-learning


- Samanta Ribeiro Amaral

- Amanda Costa Zanovello

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Diabetes Mellitus

    Diabetes Mellitus

    Doença crónica caracterizada por:
    Aumento dos níveis de açúcar (glicose) no sangue
    Incapacidade do organismo em transformar toda a glicose proveniente dos alimentos

    Glicémia: quantidade de glicose no sangue

    Valor normal:
    70 a 110 mg/dl

  • Breve explicação

    Breve explicação

    Para que as células das diversas partes do corpo humano possam realizar o processo de respiração aeróbica (utilizar glicose como fonte de energia) é necessário que a glicose esteja presente na célular

    Insulina
    (hormona)

    Função:
    - regular a glicémia

    Quando a glicémia aumenta é secretado mais insulina visando reestabelecer o nível de glicose na circulação

  • Situação Normal

    Situação Normal

    Células possuem receptores de insulina

    accionados

    “Abre” a membrana celular para a entrada da glicose presente na circulação sanguínea

  • Situação Deficiente

    Situação Deficiente

    Falha na produção de insulina

    Altos níveis de glicose no sangue (já que esta não é dirigida ao interior das células)

    provocando

  • Grupo de risco

    Grupo de risco

    Pessoas com familiares directos com diabetes
    Homens e mulheres com:
    Tensão arterial alta
    Obesos
    Níveis elevados de colesterol no sangue
    Crianças com peso igual ou superior a 4Kg à nascença
    Doentes com problemas no pâncreas ou com doenças endócrinas

  • Tipos de diabetes

    Tipos de diabetes

    Diabetes tipo I (diabetes mellitus insulino-dependente, DMID)
    Inicia-se predominantemente na infância
    Provavelmente terá alguma predisposição genética
    Pâncreas produz insulina em quantidade insuficiente

  • Tipos de diabetes

    Diabetes tipo II (diabetes mellitus não-insulino-dependente, DMNID)
    Geralmente surge após os 40 anos e associa-se a uma incidência elevada de obesidade
    A secreção da insulina é geralmente adequada; existe resistência à insulina
    Provocado por um estado de resistência à acção da insulina associado a uma relativa deficiência de sua secreção
    Existe predisposição genética
    Pouca actividade física

    Tipos de diabetes

  • Principal grupo de risco da Diabetes de tipo 2

    Principal grupo de risco da Diabetes de tipo 2

    Tem entre 45 anos e tiver pressão alta;
    Tem entre 45 anos e excesso de peso;
    Teve um ataque de coração;
    Fez análises ao sangue e descobriu que têm demasiada glicose no sangue;
    Teve ou tem altos níveis de açúcar no sangue durante a gravidez (diabetes gestacional).

  • Sintomas “GERAIS”

    Sintomas “GERAIS”

    Urinar e sede constantes

    (facilidade em diagnosticar nos idosos como nos jovens)

  • Sintomas

    Sintomas

    Na diabetes de tipo 2 é normal que o indivíduo se sinta : Cansado e letárgico

    Má interpretação

    Pois são factores que fazem parte do processo normal de envelhecimento

  • Quando a Diabetes Mellitus não-insulino-dependente não é diagnosticada atempadamente

    Os níveis de açúcar no sangue podem afectar os seus órgãos vitais:
    - Os rins (nefropatia);
    Artérias, que por sua vez aumenta o risco de tromboses e ataque de coração;
    Lesão da retina (retinoplastia);
    Pode levar também à disfunção eréctil e impotência sexual;
    Lesão dos nervos (neroplastia), que pode levar a lesões traumáticas e infecções e possivelmente à amputação de extremidades do corpo.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Diabetes Mellitus
  • Breve explicação
  • Situação Normal
  • Situação Deficiente
  • Grupo de risco
  • Tipos de diabetes
  • Principal grupo de risco da Diabetes de tipo 2
  • Sintomas “GERAIS”
  • Sintomas
  • O que o idoso diabético deve fazer?
  • Paralelamente a isto o IDOSO também DEVE
  • Outras complicações associadas à Diabetes:
  • Tipos de diabetes
  • DIABETES
  • CAUSAS DA DIABETES…
  • TIPOS DE DIABETES…
  • Quem está em risco de se tornar diabético?
  • SINTOMAS DA DIABETES NO ADULTO
  • Complicações da Diabetes?
  • Complicações Microvaculares da Diabetes:
  • Complicações Macrovaculares da Diabetes:
  • PÉ DIABÉTICO
  • INIMIGOS DO PÉ DIABÉTICO
  • Cuidados de Higiene aos Pés
  • Como saber se tem risco de lesões nos pés?
  • EDUCAÇÃO DO DIABÉTICO
  • Insulina
  • DOENTE OSTOMIZADO
  • O QUE É SER COLOSTOMIZADO?
  • OSTOMIAS…
  • O que é uma Colostomia?
  • Tipos de Colostomias…
  • Tipos de Colostomia…
  • Que tipo de saco se aplica na ostomia?
  • CUIDADOS DE HIGIENE À COLOSTOMIA
  • BANHO
  • APLICAÇÃO DO SACO DE COLOSTOMIA
  • QUE VESTUÁRIO USAR?
  • TIPO DE DIETA…
  • QUE PROBLEMAS PODERÃO SURGIR?
  • Ajudas Técnicas
  • A QUEM SE DESTINAM AS AJUDAS TÉCNICAS? · Destinam-se a todas as pessoas com deficiência, permanente ou temporária
  • QUEM FINANCIA AS AJUDAS TÉCNICAS?