Curso Online de SAÚDE E SEGURANÇA NOS SERVIÇOS  DE SAÚDE

Curso Online de SAÚDE E SEGURANÇA NOS SERVIÇOS DE SAÚDE

SAÚDE E SEGURANÇA NOS SERVIÇOS DE SAÚDE CURSO COM CARGA HORÁRIA DE 38 HORAS. DEDICADO A TODOS OS PROFISSIONAIS ATUANTES NA GESTÃO E...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 38 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

SAÚDE E SEGURANÇA NOS SERVIÇOS DE SAÚDE


CURSO COM CARGA HORÁRIA DE 38 HORAS.


DEDICADO A TODOS OS PROFISSIONAIS ATUANTES NA GESTÃO E AREA DA SAÚDE.

SAÚDE NO TRABALHO É FUNDAMENTAL.

O BRASIL TEM MAIS DE 3 MILHÕES DE PROFISSIONAIS QUE ATUAM NA AREA

ORGANIZAÇÃO QUE BUSCA APRESENTAR CURSOS EM DIVERSAS ÁREAS DE ATUAÇÃO E FORMAÇÃO POR UM BAIXO CUSTO PARA OS USUÁRIOS.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO EM SERVIÇOS DE SAÚDE

    SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO EM SERVIÇOS DE SAÚDE

  • SEJA BEM VINDO (A )

    CURSO

    NR 32 - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO EM SERVIÇOS DE SAÚDE

  • NO MUNDO A NORMA REGULAMENTADORA É A PRIMEIRA ESTABELECIDA PARA VISANDO A SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NA ÁREA DA SAÚDE.

  • O BRASIL É O PRIMEIRO EM ACIDENTE DE TRABALHO DE PROFISSIONAIS NA ÁREA DA SAÚDE.

    SÃO QUASE TRÊS MILHÕES DE PROFISSIONAIS ATUANDO NA ÁREA DA SAÚDE NO BRASIL.

  • PELA QUANTIDADE DE PROFISSIONAIS EXISTE SIM A NECESSIDADE DE UMA NORMA QUE REGULAMENTA A SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO.

    ALÉM DO QUANTITATIVO DE PROFISSIONAIS A PRÓPRIA ATIVIDADE COM RISCO A SAÚDE.

  • A FALTA DA CULTURA DE PREVENÇÃO AOS RISCOS INERENTES A PROFISSÃO.

    ENTRAVES ORGANIZACIONAIS E COMPORTAMENTAIS ESTABELECEM UM RISCO A SAÚDE DOS TRABALHADORES.

  • RESOLUÇÃO RDC Nº 306, DE 7 DE DEZEMBRO DE 2004

    RESOLUÇÃO RDC Nº 306, DE 7 DE DEZEMBRO DE 2004

    Dispõe sobre o Regulamento Técnico para o gerenciamento de resíduos de serviços de saúde.

  • Art. 1º Aprovar o Regulamento Técnico para o Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde, em Anexo a esta Resolução, a ser observado em todo o território nacional, na área pública e privada.
    Art. 2º Compete à Vigilância Sanitária dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal, com o apoio dos Órgãos de Meio Ambiente, de Limpeza Urbana, e da Comissão Nacional de Energia Nuclear - CNEN, divulgar, orientar e fiscalizar o cumprimento desta Resolução .

  • Art. 3º A vigilância sanitária dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal, visando o cumprimento do Regulamento Técnico, poderão estabelecer normas de caráter supletivo ou complementar, a fim de adequá-lo às especificidades locais.
    Art. 4º A inobservância do disposto nesta Resolução e seu Regulamento Técnico configura infração sanitária e sujeitará o infratoràs penalidades previstas na Lei nº. 6.437, de 20 de agosto de 1977, sem prejuízo das responsabilidades civil e penal cabíveis.

  • Art. 5º Todos os serviços em funcionamento, abrangidos pelo Regulamento Técnico em anexo, têm prazo máximo de 180 dias para se adequarem aos requisitos nele contidos. A partir da publicação do Regulamento Técnico, os novos serviços e aqueles que pretendam reiniciar suas atividades, devem atender na íntegra as exigências nele contidas, previamente ao seu funcionamento.
    Art. 6º Esta Resolução da Diretoria Colegiada entra em vigor na data de sua publicação, ficando revogada a Resolução ANVISA - RDC nº. 33, de 25 de fevereiro de 2003

  • CAPÍTULO III
    GERENCIAMENTO DOS RESÍDUOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE
    O gerenciamento dos RSS constitui-se em um conjunto de procedimentos de gestão, planejados e implementados a partir de bases científicas e técnicas, normativas e legais, com o objetivo de minimizar a produção de resíduos e proporcionar aos resíduos gerados, um encaminhamento seguro, de forma eficiente, visando à proteção dos trabalhadores, a preservação da saúde pública, dos recursos naturais e do meio ambiente.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO EM SERVIÇOS DE SAÚDE
  • RESOLUÇÃO RDC Nº 306, DE 7 DE DEZEMBRO DE 2004
  • PGRSS
  • RSS GRUPO A1
  • RSS GRUPO A2
  • RSS GRUPO A3
  • RSS GRUPO A4
  • RSS GRUPO A5
  • RSS GRUPO B
  • RSS GRUPO C
  • TRATAMENTO
  • RSS GRUPO D
  • RSS GRUPO E
  • SEGURANÇA OCUPACIONAL
  • Incompatibilidade das principais substâncias utilizadas em Serviços de Saúde  
  • SUBSTÂNCIAS QUE REAGEM COM PEAD
  • INATIVAÇÃO MICROBIANA 
  • CLASSE DE RISCO 4
  • NORMAS DE BIOSEGURANÇA
  • MAPA DE RISCO
  • OBJETIVOS DOS MAPAS DE RISCOS
  • ETAPAS DA ELABORAÇÃO
  • GRUPO VERDE
  • GRUPO VERMELHO
  • GRUPO MARROM
  • GRUPO AMARELO
  • GRUPO AZUL
  • PORTARIA N. 25 DE 29 DE DEZEMBRO DE 1994
  • PPRA
  • NR 32
  • PPRA
  • PCMSO
  • MEDIDAS DE PROTEÇÃO
  • MEDICAMENTOS E DROGAS DE RISCO
  • DOS GASES E VAPORES ANESTÉSICOS
  • QUIMIOTERÁPICOS
  • RADIAÇÕES IONIZANTES
  • PLANO DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA
  • SERVIÇO DE MEDICINA NUCLEAR
  • SERVIÇOS DE RADIOTERAPIA
  • BRANQUITERAPIA
  • serviços de radiodiagnóstico médico
  • Dos Serviços de Radiodiagnóstico Odontológico
  • Dos Resíduos
  • DAS LAVANDERIAS
  • DA LIMPEZA E CONSERVAÇÃO
  • MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS EQUIPAMENTOS
  • SERVIÇOS DE SAÚDE
  • AGENTES BIOLÓGICOS
  • CLASSIFICAÇÃO DE AGENTES BIOLOGICOS
  • PLANO DE PREVENÇÃO DE RISCOS DE ACIDENTES COM MATERIAIS PERFUROCORTANTES
  • Comissão gestora multidisciplinar
  • RESOLUÇÃO CONAMA nº 358, de 29 de abril de 2005
  • AGRADECIMENTO