Curso Online de RECEPCIONISTA NOS SERVIÇOS DE SAÚDE
5 estrelas 4 alunos avaliaram

Curso Online de RECEPCIONISTA NOS SERVIÇOS DE SAÚDE

SEJA BEM VINDO(A) CURSO RECEPCIONISTA NOS SERVIÇOS DE SAÚDE NÃO EXISTE PRE REQUISITO PARA PARTICIPAR DO CURSO. IDEAL PARA PROFISSIONA...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 86 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

SEJA BEM VINDO(A)

CURSO

RECEPCIONISTA NOS SERVIÇOS DE SAÚDE

NÃO EXISTE PRE REQUISITO PARA PARTICIPAR DO CURSO.

IDEAL PARA PROFISSIONAIS ATUANTES NA ÁREA E FUTUROS PROFISSIONAIS.

A ÁREA DE SAÚDE É UM DOS MAIORES MERCADOS DO MUNDO EM CRESCIMENTO.


SEMPRE SERÁ NECESSARIO PROFISSIONAL DEDICADO, COMPETENTE E COMPROMETIDO COM OS NEGÓCIOS.

APROVEITE A OPORTUNIDADE.

ORGANIZAÇÃO QUE BUSCA APRESENTAR CURSOS EM DIVERSAS ÁREAS DE ATUAÇÃO E FORMAÇÃO POR UM BAIXO CUSTO PARA OS USUÁRIOS.


- Fernanda Anastacia Pinto Ferreira

- Irení Welmer Bastos

- Eliana Priscila Ferreira Da Silva

- Jorge Da Conceiçao Gomes

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • RECEPCIONISTA NOS SERVIÇOS DE SAÚDE

    RECEPCIONISTA NOS SERVIÇOS DE SAÚDE

  • SEJA BEM VINDO(A)!

    CURSO

    RECEPCIONISTA NOS SERVIÇOS DE SAÚDE

  • SAÚDE DIREITO DE TODOS

    SAÚDE DIREITO DE TODOS

    LEI 8080/90

    LEI 8142/90

  • INTRODUÇÃO

    INTRODUÇÃO

    SUS
    Sistema Único de Saúde. Promulgado pela Lei n. 8080 de 19 de setembro de 1990.

    Podemos refletir que é relativamente recente o encadeamento da lei que possibilita mesmo que teoricamente o direito a saúde a TODOS.

  • O QUE DISPÕE A LEI 8080/90??

    O QUE DISPÕE A LEI 8080/90??

    Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências.

    A lei estabelece não simplesmente um modelo que possibilita a universalização da sistemática da saúde.

  • VALIDADE DO SUS??

    VALIDADE DO SUS??

    Art. 1º Esta lei regula, em todo o território nacional, as ações e serviços de saúde, executados isolada ou conjuntamente, em caráter permanente ou eventual, por pessoas naturais ou jurídicas de direito Público ou privado. (Lei 8080/90)

    O SUS deve ser conferido á TODOS os interessados em todo o território nacional.

  • DIREITO E DEVER: SAÚDE

    DIREITO E DEVER: SAÚDE

    Art. 2º A saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o Estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício.
    (Lei 8080/90)

    A saúde deve ser atribuída a todos os seres humanos. Cabe ao ESTADO o dever de prover condições para que a saúde seja proporcionada a todos.

  • QUAL O DEVER DO ESTADO?

    QUAL O DEVER DO ESTADO?

    § 1º O dever do Estado de garantir a saúde consiste na formulação e execução de políticas econômicas e sociais que visem à redução de riscos de doenças e de outros agravos e no estabelecimento de condições que assegurem acesso universal e igualitário às ações e aos serviços para a sua promoção, proteção e recuperação.
    (LEI 8080/90)

  • TODOS TEM O DIREITO E DEVER

    TODOS TEM O DIREITO E DEVER

    § 2º O dever do Estado não exclui o das pessoas, da família, das empresas e da sociedade.
    (Lei 8080/90)

  • DETERMINANTES E CONDICIONANTES

    DETERMINANTES E CONDICIONANTES

    Art. 3o  Os níveis de saúde expressam a organização social e econômica do País, tendo a saúde como determinantes e condicionantes, entre outros, a alimentação, a moradia, o saneamento básico, o meio ambiente, o trabalho, a renda, a educação, a atividade física, o transporte, o lazer e o acesso aos bens e serviços essenciais. (Redação dada pela Lei nº 12.864, de 2013) (Lei 8080/90)

  • O QUE É O SUS?

    O QUE É O SUS?

    Art. 4º O conjunto de ações e serviços de saúde, prestados por órgãos e instituições públicas federais, estaduais e municipais, da Administração direta e indireta e das fundações mantidas pelo Poder Público, constitui o Sistema Único de Saúde (SUS).
    (Lei 8080/90).


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • RECEPCIONISTA NOS SERVIÇOS DE SAÚDE
  • SAÚDE DIREITO DE TODOS
  • INTRODUÇÃO
  • O QUE DISPÕE A LEI 8080/90??
  • VALIDADE DO SUS??
  • DIREITO E DEVER: SAÚDE
  • QUAL O DEVER DO ESTADO?
  • TODOS TEM O DIREITO E DEVER
  • DETERMINANTES E CONDICIONANTES
  • O QUE É O SUS?
  • ESFERAS DE ATUAÇÃO
  • E A INICIATIVA PRIVADA??
  • QUAIS OS OBJETIVOS DO SUS?
  • QUAIS OS CAMPOS DE ATUAÇÃO DO SUS?
  • O QUE É VIGILÂNCIA SANITÁRIA?
  • O QUE É VIGILÂNCIA EPIDEMOLÓGICA?
  • O QUE É SAÚDE DO TRABALHADOR?
  • O QUE ABRANGE A SAÚDE DO TRABALHADOR?
  • QUAIS OS PRINCÍPIOS DO SUS?
  • DIREÇÃO DAS AÇÕES
  • DIREÇÃO DO SUS
  • E CONSÓRCIOS EM SAÚDE???
  • COMISSÕES INTERSETORIAIS - ATIVIDADES
  • COMISSÕES PERMANENTES
  • OBJETIVOS - Comissões Intergestores Bipartite e Tripartite
  • CONASS E CONASEMS
  • COSEMS
  • ATRIBUIÇÕES COMUNS - SUS
  • COMPETÊNCIA NACIONAL SUS
  • COMPETÊNCIA DIREÇÃO ESTADUAL
  • COMPETÊNCIA DIREÇÃO MUNICIPAL
  • ATRIBUIÇÕES DO DF?
  • SAÚDE INDÍGENA
  • ATENDIMENTO E INTERNAÇÃO DOMICILIAR
  • PARTO E PÓS PARTO
  • ASSISTÊNCIA TERAPEUTICA
  • SERVIÇOS PRIVADOS DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE
  • EMPRESAS CAPITAL ESTRANGEIRO - PARTICIPAÇÃO
  • PARTICIPAÇÃO COMPLEMENTAR
  • RECURSOS HUMANOS
  • FINANCIAMENTO - RECURSOS
  • OUTRAS FONTES
  • RECEITAS GERADAS
  • GESTÃO FINANCEIRA
  • AUDITORIA
  • PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO
  • DISPOSIÇÕES FINAIS
  • LEI 8142/90
  • CONFERÊNCIA DE SAÚDE
  • CONSELHO DE SAÚDE
  • CONSELHO NACIONAL DE SECRETARIOS DE SAÚDE
  • CONSELHO DE SAÚDE – PARTICIPAÇÃO PARITÁRIA
  • REGIMENTO
  • RECURSOS FUNDO NACIONAL DE SAÚDE
  • FUNDO DE SAÚDE
  • SERVIÇO PÚBLICO E QUALIDADE
  • conceituação
  • adaptação
  • princípios
  • Gestão por processo
  • Gestão pela qualidade
  • Origem da administração pública gerencial
  • Modelo de excelência na administração pública
  • Fundamento
  • Satisfação do usuário
  • Envolvimento de todos
  • Gestão participativa
  • Melhoria continua
  • Gestão pro ativa
  • Qualidade definições
  • Mensuração de qualidade
  • Indicadores estratégicos
  • GESTÃO DE QUALIDADE NO SERVIÇO PUBLICO
  • ANÁLISE ORGANIZACIONAL
  • CICLO PDCA
  • O QUE É SERVIÇO PÚBLICO?
  • SERVIÇOS ESSENCIAIS
  • SERVIÇOS ESSENCIAIS NO BRASIL
  • ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
  • GESTOR PÚBLICO
  • MODELOS
  • ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: BRASIL
  • OBJETIVOS E SUBJETIVOS
  • ADMINISTRAÇÃO DIRETA E INDIRETA
  • ISO 9001
  • ENTENDO ISO 9001
  • ISO 9000
  • ANTECEDENTES
  • ISO 9000
  • ISO 9001
  • ISO 9001: 2000
  • ISO 9000:2005
  • ISO 9001:2008
  • CRITÉRIOS DE NORMATIZAÇÃO
  • ELEMENTOS
  • TERMINOLOGIA
  • CERTIFICAÇÃO
  • ENTENDO O ISSO 9001
  • NO BRASIL
  • EM PORTUGAL
  • PBQP-H
  • QUALIDADE
  • BENEFÍCIOS NORMATIZAÇÃO NOS NEGÓCIOS
  • O QUE É UMA NORMATIZAÇÃO
  • OBJETIVOS DA NORMATIZAÇÃO
  • BENEFÍCIOS DA NORMATIZAÇÃO
  • CERTIFICAÇÃO DE PRODUTOS OU SERVIÇOS
  • PROGRAMAS EVOLUTIVOS
  • ABNT E CONSULTORIA
  • PRINCÍPIOS DA NORMATIZAÇÃO
  • IMPORTANTE
  • NORMATIZAÇÃO E MPE
  • VÍDEO IMPORTANTE
  • FORMAÇÃO - CARREIRA
  • EXPERIÊNCIA
  • ATITUDE
  • EMPREENDEDOR
  • LEI DA RIQUEZA
  • CRESÇA COM A MUDANÇA.
  • PRESTE ATENÇÃO NAS PESSOAS
  • SEJA CURIOSO (A)
  • MARKETING PESSOAL
  • PRINCÍPIO DA RIQUEZA
  • CRESÇA COM OS PROBLEMAS
  • MUDANDO PENSAMENTO
  • BUSQUE SABEDORIA E CONHECIMENTO
  • DESENVOLVENDO SUAS COMPETÊNCIAS
  • MELHORANDO SUA PRODUTIVIDADE
  • DESENVOLVENDO LIDERANÇA
  • APRENDENDO COM MARKETING PESSOAL
  • FELICIDADE NO TRABALHO
  • INCENTIVANDO A CRIATIVIDADE
  • DESENVOLVENDO FORÇAS DE PORTER
  • DESENVOLVENDO CORAGEM
  • DESENVOLVENDO CAPITAL HUMANO
  • A BUSCA DAS NOVAS OPORTUNIDADES
  • SEJA EMPREENDEDOR
  • CURRÍCULO DO FUTURO
  • GESTÃO DA QUALIDADE
  • CONCEITO
  • HISTÓRIA
  • PRINCÍPIOS DE QUALIDADE
  • PRINCÍPIOS DEMING
  • FERRAMENTAS DE QUALIDADE
  • William Edward Deming
  • Armand Feigenbaum
  • Joseph Juran
  • Kaoru Ishikawa
  • Philip Crosby
  • PDCA
  • Utz Certified
  • Diagrama de Pareto
  • INTRODUÇÃO
  • ENTENDO ISO 9001
  • ANTECEDENTES
  • ELEMENTOS
  • TERMINOLOGIA
  • CERTIFICAÇÃO
  • ENTENDO O ISSO 9001
  • NO BRASIL
  • EM PORTUGAL
  • PBQP-H
  • QUALIDADE
  • BENEFÍCIOS NORMATIZAÇÃO NOS NEGÓCIOS
  • O QUE É UMA NORMATIZAÇÃO
  • OBJETIVOS DA NORMATIZAÇÃO
  • BENEFÍCIOS DA NORMATIZAÇÃO
  • CERTIFICAÇÃO DE PRODUTOS OU SERVIÇOS
  • PROGRAMAS EVOLUTIVOS
  • ABNT E CONSULTORIA
  • PRINCÍPIOS DA NORMATIZAÇÃO
  • IMPORTANTE
  • NORMATIZAÇÃO E MPE
  • VÍDEO IMPORTANTE
  • AUDITORIA DA QUALIDADE
  • OBJETIVOS DE UMA AUDITORIA
  • MELHORAS DA AUDITORIA
  • CLASSIFICAÇÃO DA AUDITORIA DA QUALIDADE
  • Controle de Qualidade Total (TQC)
  • QUALIDADE SEMPRE
  • COMUNICAÇÃO APLICADA A GESTÃO
  • CONCEITO
  • COMUNICAÇÃO
  • COMUNICAÇÃO INTERNA
  • COMUNICAÇÃO EXTERNA
  • GESTÃO DE MARCA
  • ENTENDENDO GESTÃO DE MARCA
  • UM POUCO DE HISTÓRIA
  • O QUE É UMA MARCA?
  • IMPORTÂNCIA DAS MARCAS PARA AS ORGANIZAÇÕES
  • Branding
  • ESTRATÉGIA DE MARCA
  • PORTFÓLIO DE MARCA
  • LINHA DO PRODUTO
  • MIX DE MARCA
  • MARCA GUARDA CHUVA
  • VANTAGENS
  • DESVANTAGENS
  • MARCA CORPORATIVA
  • MARCA INDIVIDUAL
  • VANTAGENS
  • DESVANTAGENS
  • MARCAS MISTAS
  • EXTENSÃO DE MARCA
  • EXTENSÃO DE LINHA
  • EXTENSÃO DE IMAGENS
  • Co-paternidade ou cobranding
  • Marcas Múltiplas
  • HIERARQUIA DAS MARCAS
  • ASSESSORIA DE IMPRENSA
  • RELAÇÕES PÚBLICAS
  • ENDOMARKETING
  • OMBUDSMAN
  • ESQUEMA DE COMUNICAÇÃO
  • REGRAS DE COMUNICAÇÃO
  • BARREIRAS DA COMUNICAÇÃO
  • INTELIGÊNCIA EMOCIONAL
  • O QUE É?
  • HISTÓRIA
  • INTELIGÊNCIA INTERPESSOAL
  • INTELIGÊNCIA INTRA PESSOAL
  • TIPOS DE INTELIGÊNCIA
  • GOLEMAN
  • INTELIGÊNCIAS MULTIPLAS
  • CRIATIVIDADE
  • POTENCIAL CRIATIVO
  • PROCESSO CRIATIVO
  • AMPLIANDO A CRIATIVIDADE
  • CARACTERÍSTICAS DA INTELIGÊNCIA
  • INTELIGÊNCIA EMOCIONAL NO TRABALHO
  • RESPONSABILIDADE DO RECEPCIONISTA
  • RESULTADO DESEJADO NO ATENDIMENTO
  • PREPARAÇÃO PSICOLOGICA
  • ATENDIMENTO AO CLIENTE
  • O QUE O CLIENTE QUER
  • ATITUDES PARA UM BOM ATENDIMENTO
  • AGRADECIMENTO