Curso Online de Ventilação Mecânica - Assistência e o Processo de Enfermagem
5 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de Ventilação Mecânica - Assistência e o Processo de Enfermagem

Distúrbio respiratório que surge em indivíduos com pulmão estrutural e funcionante normal antes do início da doença atual. Assistência ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 7 horas

Por: R$ 35,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Distúrbio respiratório que surge em indivíduos com pulmão estrutural e funcionante normal antes do início da doença atual.
Assistência ventilatória pode ser entendida como a manutenção da oxigenação e/ou da ventilação dos pacientes de maneira artificial até que estes estejam capacitados a reassumi-las.

Enfermeira Especialista em Obstetrícia e em Gestão Hospitalar. Docente na Universidade Regional do Cariri - URCA. Graduada pela Faculdade Leão Sampaio, e pós-graduada por esta mesma instituição e pela Faculdade João Calvino.


"o material e as explicaçoes excelentes"

- Ana Candida Dos Santos

- José Everton Alves De Melo

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Ventilação Mecânica Assistência e o Processo de Enfermagem

    ventilação mecânica assistência e o processo de enfermagem

    enfª. esp. pâmella de castro duarte

  • o que é, então, falência ventilatória e quando ela ocorre?
    o que é assitencia ventilatoria
    quais as patologias indicadas a v.m
    assistencia de enfermagem ao cliente com v.m

  • distúrbio respiratório que surge em indivíduos com pulmão estrutural e funcionante normal antes do início da doença atual.
    a ira, é uma incapacidade súbita do sistema respiratório em manter as necessidades metabólicas do organismo, resultando em hipoxemia e/ou hipercapnia.

  • assistência ventilatória pode ser entendida como a manutenção da oxigenação e/ou da ventilação dos pacientes de maneira artificial até que estes estejam capacitados a reassumi-las.

  • Introdução

    introdução

    a ventilação ocorre por ação da musculatura
    respiratória.
    1925 - drinker - eua - primeiro ventilador - pulmão de aço.
    1900 a 1950 - epidemia de poliomielite nos eua com muitas mortes devido a paralizia respiratória.
    sanerbruch - sala de cirurgia para operar o tórax

  • pulmão de aço - cilindro metálico com o paciente
    deitado, com apenas a cabeça de fora, um aspirador
    criava pressões sub-atmosféricas que tracionava o tórax.
     com a falta de pulmão de aço utilizou-se a injeção de ar
    sob pressão.
     substituição da mão por um compressor mecânico
    periódico deu origem aos respiradores a pressão positiva.

  • Tipos de Ventiladores Mecânicos

    tipos de ventiladores mecânicos

    ciclados a tempo - quando o tempo inspiratório for completado.
    ciclados a pressão - quando a pressão máxima for atingida
    ciclados a volume - quando o volume corrente for atingido.

  • outras modalidades de assistência ventilatória:
    – ventilação pulmonar independente
    – oxigenação e renovação de co2
    extra-corpóreas.
    ventilação de alta freqüência

  • Esquema de indicações para Ventilação Mecânica

    esquema de indicações para ventilação mecânica

    pao2 < 50 mmhg com fio2 > 0,60

    pao2 > 50 mmhg com ph < 7,25

    capacidade vital < duas vezes o vc

    força inspiratória < 25 cmh2o

  • INDICAÇÃO PARA A INTUBAÇÃO VENTILATORIA

    indicação para a intubação ventilatoria

    insuficiencia respiratoria aguda 66%;
    depressão do sistema nervoso central ;
    doença neuromuscular 5%;
    coma 15%
    dpoc 13%

  • depressão do centro respiratório provocados por narcóticos ou barbitúricos, anomalias metabólicas (hipotireoidismo, desnutrição), lesão estrutural (meningite, neoplasias), etc
    falência circulatória, por exemplo no choque cardiogênico.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 35,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Ventilação Mecânica Assistência e o Processo de Enfermagem
  • Introdução
  • Tipos de Ventiladores Mecânicos
  • Esquema de indicações para Ventilação Mecânica
  • INDICAÇÃO PARA A INTUBAÇÃO VENTILATORIA
  • Efeitos Respiratórios da ventilação mecânica
  • DIFICULDADES ENCONTRADAS NA INTUBAÇÃO OROTRAQUEAL
  • Princípios da ventilação mecânica com pressão positiva
  • Modalidades Ventilatórias
  • Parâmetros Programáveis Volume Corrente – 6 a 8ml/kg ou 500ml
  • Fluxo inspiratório – 40 a 60 l/min procurando manter uma PIP &lt;40cm/H2O
  • Princípios da ventilação mecânica com pressão positiva
  • FR – 12 a 14 rpm
  • PEEP: ajustado de acordo com a patologia Acima de 12 : cuidados na aspiração (rápida e evitar desconexão desnecessária);
  • Princípios da ventilação mecânica com pressão positiva
  • Sensibilidade: esforço do paciente - a pressão: -2 cmH2O - a fluxo: 4 a 6 l/min
  • Pressão de Suporte
  • ALARMES
  • MODALIDADE VENTILATORIA
  • ACESSÓRIOS
  • COMPLICAÇÕES DA VENTILAÇÃO MECANICA
  • DESMAME DA VENTILAÇÃO MECÂNICA
  • Procedimento de desmame
  • Diagnóstico de Enfermagem
  • Intervenções de Enfermagem
  • Diagnóstico de Enfermagem
  • INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM
  • Diagnóstico de Enfermagem
  • INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM
  • Diagnóstico de Enfermagem
  • Intervenções de Enfermagem
  • CUIDADOS DE ENFERMAGEM