Curso Online de Complicações crônicas do diabetes

Curso Online de Complicações crônicas do diabetes

Este curso possui 108 slides + 1 apostila que será enviada ao aluno que solicitar. Nele você vai encontrar uma descrição detalhada desde ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 11 horas

Por: R$ 70,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso possui 108 slides + 1 apostila que será enviada ao aluno que solicitar. Nele você vai encontrar uma descrição detalhada desde conceito, patogênia e tratamento com imagens.

* Proprietária do Consultório de Nutrição Clínica * Cursando Pós Graduação em Fitoterapia aplicada à Nutrição - Universidade CAbsurdo! Estou vendo isso em vários perfis lamentável!!!!! ?? Estão publicando vídeos pornográficos invisíveis nos perfis, sem que você saiba....o dono do mural não os vê, mas os outros sim, como se fosse uma publicação genuína que você faz! Até postam comentários como se fosse vc...por favor se aparecer algo assim no meu #mural, #apague e avise-me de imediato...?? tenho respeito por vcs ! Copie e cole no seu mural também!.. Candido Mendes * Graduada em Nutrição pela Universidade Castelo Branco. * Pós-graduada em Saúde da Família - Lato Sensu - Faculdade Souza Marques - Rio, Conclusão em 2012. .Pós-graduada em Docência do Ensino Superior - Lato Sensu, - Faculdade São José - Rio, conclusão em 2009. .Graduada em Bacharel em Enfermagem. - Universidade Castelo Branco - Rio, conclusão em 2008. .Técnico em Enfermagem, - Colégio Souza Lima - Rio, conclusão em 2002. .2010 - 2011 - Docente em Enfermagem - Curso Souza Barros. .2009/2009 - Docente em Enfermagem para Centro Preparação Aperfeiçoamento Profissional "Curso O Meu Sonho". Docente nas disciplinas de Clínica Médica,Clínica Cirúrgica, Legislação/ SUS/ Ética.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Diabetes e suas Complicações crônicas e Tratamentos

    Diabetes e suas Complicações crônicas e Tratamentos

    Profª Andrea Macêdo
    Enfermagem / Nutrição

  • Conceito

    Conceito

    Grupo de doenças metabólicas caracterizado por hiperglicemia, devido a defeitos na secreção de insulina, na sua ação, ou ambos.

    A hiperglicemia crônica está associada a danos em longo prazo, disfunção e falência de diversos órgãos: olhos, rins, nervos, coração e vasos sanguíneos.

    Expert Committee on the Diagnosis and Classification of Diabetes (ADA 2001)

  • CLASSIFICAÇÃO DO DIABETES

    CLASSIFICAÇÃO DO DIABETES

    Diabetes tipo 1 (não usar o termo “insulino-dependente”)
    Diabetes tipo 2 (não usar o termo “não-insulino-dependente”)
    Outros tipos específicos
    Diabetes mellitus gestacional (intolerância à glicose na gravidez)

  • DIABETES TIPO 1

    DIABETES TIPO 1

    Inclui casos em que a causa primária do diabetes está relacionada com a destruição das células  do pâncreas e que está propenso a cetoacidose.
    A destruição das células  pancreáticas pode ser mediada por um processo auto-imune.
    A velocidade de destruição das células  pode variar bastante de um indivíduo para outro.
    Diabetes idiopática (destruição sem causa conhecida)

  • DIABETES TIPO 2

    DIABETES TIPO 2

    Corresponde a maior parte dos casos de diabetes.
    Termo usado para descrever indivíduos que apresentam resistência à insulina e/ou deficiência de insulina.
    Causas: sedentarismo e obesidade (IMC elevado ou obesidade abdominal com IMC moderado), diabetes gestacional, hipertensão e dislipidemias.
    Não apresenta cetoacidose (se ocorre está associado a outras doenças).
    Doença evolui gradualmente (difícil observar sintomas no início)
    A resistência a insulina pode regredir com dieta, atividade física e tratamento farmacológico.

  • OUTROS TIPOS ESPECÍFICOS DE DIABETES

    OUTROS TIPOS ESPECÍFICOS DE DIABETES

    Defeitos genéticos nas células  (secreção deficiente de insulina, sem defeito na ação)
    Defeitos genéticos na ação da insulina (mutações no receptor de insulina)
    Doenças do pâncreas exócrino (doenças que danificam o pâncreas – pancreatite, trauma, pancreatectomia)
    Endocrinopatias (produção elevada de hormônios que antagonizam o efeito da insulina – GH, cortisol, glucagon)
    Diabetes induzida por fármacos (não causam diabetes, mas podem precipitar diabetes em indivíduos com resistência à insulina – Tiazidas; destroem as células  - pentamidina)
    Infecções (viroses associadas com destruição das células  - adenovírus, citomegalovírus)

  • DIABETES GESTACIONAL

    DIABETES GESTACIONAL

    A incidência varia de 3% a 8% das gestantes.
    Normalmente as gestantes apresentam glicemia de jejum mais baixos e pós-prandial mais elevados (devido liberação inadequada de insulina).
    O DG é caracterizado pela diminuição da sensibilidade (resistência) à insulina.
    A resistência à insulina é parcialmente explicada pela presença de hormônios diabetogênicos, tais como:
     progesterona;
     cortisol;
     prolactina;
     lactogênio placentário.

  • DIABETES MELLITUS GESTACIONAL

    DIABETES MELLITUS GESTACIONAL

    Normalmente ocorre entre a 24 -28 semana de gravidez.
    Tratamento pode ser feito somente com dieta ou com insulina.
    O tratamento ajuda a evitar complicações no parto.
    Seis semanas após o parto a mulher deve ser reavaliada.
    Algumas mulheres que apresentaram DMG podem desenvolver diabetes futuramente.

  • CRITÉRIOS PARA O DIAGNÓSTICO DO DIABETES

    CRITÉRIOS PARA O DIAGNÓSTICO DO DIABETES

    Glicemia de jejum < 100 mg/dL = glicemia normal.
    Glicemia de jejum  100 mg/dL e < 126 mg/dL = intolerância à glicose (pré-diabético).
    Glicemia de jejum  126 mg/dL = diagnóstico de diabetes.

    Categorias correspondentes ao Teste de Tolerância Oral à Glicose (TTOG):
    Glicemia após 2 h de sobrecarga de glicose < 140 mg/dL = normal.
    Glicemia após 2 h de sobrecarga de glicose  140 mg/dL e < 200 mg/dL = intolerância à glicose.
    Glicemia após 2 h de sobrecarga de glicose  200 mg/dL = diabetes.

  • PREPARO PARA EXAME DE GLICEMIA DE JEJUM

    PREPARO PARA EXAME DE GLICEMIA DE JEJUM

    Permanecer pelo menos 8 h em jejum.
    Realizar o exame no horário matutino.
    Interromper qualquer medicação que interfira no metabolismo de carboidratos.
    Não realizar atividade física vigorosa e não fumar.
    Para realizar a curva glicêmica é indicado manter a dieta habitual nos três dias que antecedem o exame.

  • DOSAGEM DE GLICOSE

    DOSAGEM DE GLICOSE

    Amostras
     urina
     liquor
     soro ou plasma
    Técnicas colorimétricas (ultrapassadas!!)
     orto-toluidina
     Follin-Wu
     Somogyi-Nelson
    Técnicas enzimáticas
     glicose-oxidase
     hexoquinase


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 70,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Diabetes e suas Complicações crônicas e Tratamentos
  • Conceito
  • CLASSIFICAÇÃO DO DIABETES
  • DIABETES TIPO 1
  • DIABETES TIPO 2
  • OUTROS TIPOS ESPECÍFICOS DE DIABETES
  • DIABETES GESTACIONAL
  • DIABETES MELLITUS GESTACIONAL
  • CRITÉRIOS PARA O DIAGNÓSTICO DO DIABETES
  • PREPARO PARA EXAME DE GLICEMIA DE JEJUM
  • DOSAGEM DE GLICOSE
  • Quadro clínico
  • Indicações para avaliação
  • Fatores pré-analíticos
  • REGULAÇÃO DO METABOLISMO PELA INSULINA
  • TRANSDUÇÃO DE SINAL MEDIADA PELA INSULINA
  • MECANISMO DE SECREÇÃO DE INSULINA
  • EPIDEMIOLOGIA
  • RETINOPATIA DIABÉTICA NÃO PROLIFERATIVA (RDNP)
  • Retinopatia Diabética Não Proliferativa
  • Retinopatia Não Proliferativa Severa
  • RETINOPATIA DIABÉTICA NÃO PROLIFERATIVA – TRATAMENTO CLÍNICO
  • TRATAMENTO CIRÚRGICO
  • NEUROPATIA DIABÉTICA
  • EPIDEMIOLOGIA
  • CLASSIFICAÇÃO
  • POLINEUROPATIA SENSITIVO-MOTORA DISTAL
  • POLINEUROPATIA SENSITIVO-MOTORA DISTAL - CLÍNICA
  • POLINEUROPATIA SENSITIVO-MOTORA DISTAL - COMPLICAÇÕES
  • POLINEUROPATIA SENSITIVO-MOTORA DISTAL - TRATAMENTO
  • NEFROPATIA DIABÉTICA CONCEITO
  • EPIDEMIOLOGIA
  • HISTÓRIA NATURAL
  • FATORES DE RISCO
  • PATOGÊNESE
  • PROTEINÚRIA
  • TRATAMENTO
  • CONTROLE DA HIPERGLICEMIA
  • REDUÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL
  • REDUÇÃO DA PROTEINÚRIA
  • CORREÇÃO DA DISLIPIDEMIA
  • DOENÇA RENAL DIABÉTICA EM ESTÁGIO TERMINAL
  • Pé diabético
  • Úlcera isquêmica
  • Pé diabético isquêmico
  • Manuseio das úlceras isquêmicas
  • Úlceras neuropáticas
  • Pé diabético neuropático
  • Manuseio da úlcera neuropática
  • Pré e pós-debridamento
  • Pé diabético misto
  • Doença arterial coronariana Acidente vascular cerebral