Curso Online de Curso de Cuidador- normas e manejos para lidar com o Idoso

Curso Online de Curso de Cuidador- normas e manejos para lidar com o Idoso

O envelhecimento, antes considerado um fenômeno, hoje, faz parte da realidade da maioria das sociedades. O mundo está envelhecendo, por I...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 40,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O envelhecimento, antes considerado um fenômeno, hoje, faz parte da realidade da maioria das sociedades. O mundo está envelhecendo, por Isso, nos dias de hoje é indispensável que o cuidador saiba que ele é parte de um todo, então venha aprender os manejos para lidar com a terceira idade.

Sou enfermeira formada, administro cursos na area da enfermagem, faço fiscalização em enfermagem do trabalho, sou enfermeira RT.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • curso de cuidador aprenda as normas, rotinas e manejos p/ lidar com idosos.

    novembro 2011

  • curso cuidador aprenda as normas, rotinas e manejos p/ lidar com idosos.
    autora:
    enfermeira
    enfermeira/palestrante
    melissa s.de azevedo

  • INTRODUÇÃO

    introdução

    o envelhecimento, antes considerado um fenômeno, hoje, faz parte da realidade da maioria das sociedades. o mundo está envelhecendo.

    estima-se para o ano de 2050 que existam cerca de dois bilhões de pessoas com sessenta anos e mais no mundo, a maioria delas vivendo em países em desenvolvimento.

    no brasil, estima-se que existam, atualmente, cerca de 17,6 milhões de idosos, em um período de 50 anos.

  • cuidar é servir, é oferecer ao outro, em forma de serviço, o resultado de seus talentos, preparo e escolhas; é praticar o cuidado.
    cuidar é também perceber a outra pessoa como ela é, e como se mostra, seus gestos e falas, sua dor e limitação. percebendo isso, o cuidador tem condições de prestar o cuidado de forma individualizada, a partir de suas idéias e conhecimentos científicos.

    1. o cuidado e o autocuidado

    esse cuidado deve ir além dos cuidados com o corpo físico, pois além do sofrimento físico decorrente de uma doença ou limitação, há que se levar em conta as questões emocionais, a história de vida, os sentimentos e emoções da pessoa a ser cuidada.

  • auto-cuidado significa cuidar de si próprio, são as atitudes, os comportamentos que a pessoa tem em seu próprio benefício, com a finalidade de promover a saúde, preservar, assegurar e manter a vida.

    o cuidar do outro representa a essência da
    cidadania.

    já o auto-cuidado ou cuidar de si representa a essência da existência humana.

  • 2. O CUIDADOR

    2. o cuidador

    cuidador é um ser humano de qualidades especiais, expressas pelo forte traço de amor à humanidade, de solidariedade e de doação.
    o bom cuidador é aquele que observa e identifica o que a pessoa pode fazer por si, avalia as condições e ajuda a pessoa a fazer as atividades.

  • 2.1. lei que rege a profissão de cuidador

    a ocupação de cuidador integra a classificação brasileira de ocupações – cbo sob o código 5162, que define o cuidador como alguém que “cuida a partir dos objetivos estabelecidos por instituições especializadas ou responsáveis diretos, zelando pelo bem-estar, saúde, alimentação, higiene pessoal, educação, cultura, recreação e lazer da pessoa assistida”.

    é a pessoa, da família ou da comunidade, que presta cuidados à outra pessoa de qualquer idade, que esteja necessitando de cuidados por estar acamada, com limitações físicas ou mentais, com ou sem remuneração.

  • 2.2. função e atividades do cuidador

    acompanhar e auxiliar a pessoa a se cuidar, fazendo pela pessoa somente as atividades que ela não consiga fazer sozinha.
    atuar como elo entre a pessoa cuidada, a família e a equipe de saúde.
    atuar como elo entre a pessoa cuidada,
    a família e a equipe de saúde.
    escutar, estar atento e ser solidário
    com a pessoa cuidada.
    ajudar nos cuidados de higiene.
    estimular e ajudar na alimentação.

  • ajudar na locomoção e atividades físicas, tais como: andar, tomar sol e exercícios físicos.
    estimular atividades de lazer e ocupacionais.
    realizar mudanças de posição na cama e na cadeira, e massagens de conforto.
    administrar as medicações, conforme a prescrição e orientação da equipe de saúde.
    comunicar à equipe de saúde sobre mudanças no estado de saúde da pessoa cuidada.

    ressaltando sempre que não fazem parte da rotina do cuidador técnicas e procedimentos identificados com profissões legalmente estabelecidas, particularmente, na área de enfermagem.

  • 3. O cuidador e a pessoa cuidada

    3. o cuidador e a pessoa cuidada

    o cuidador deve compreender que a pessoa cuidada tem reações e comportamentos que podem dificultar o cuidado prestado, como quando o cuidador vai alimentar a pessoa e essa se nega a comer ou não quer tomar banho.

    é importante que o cuidador reconheça as dificuldades em prestar o cuidado quando a pessoa cuidada não se disponibiliza para o cuidado e trabalhe seus sentimentos de frustração sem culpar-se.

  • é importante que o cuidador, a família e a pessoa a ser cuidada façam alguns acordos de modo a garantir uma certa independência tanto a quem cuida como para quem é cuidado.

    os adultos e idosos não gostam quando os tratam como crianças. mesmo doente ou com limitações, a pessoa a ser cuidada precisa e tem direito de saber o que está acontecendo ao seu redor e de ser incluída nas conversas.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 40,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • INTRODUÇÃO
  • 2. O CUIDADOR
  • 3. O cuidador e a pessoa cuidada
  • 4. O cuidador e a equipe de saúde
  • 5 O cuidador e a família
  • 6 Cuidando do cuidador
  • 10 Cuidados no domicílio para pessoas acamadas ou com limitações físicas
  • 10.1 Como proceder no banho de chuveiro com auxílio do cuidador
  • 10.2 Como proceder no banho na cama
  • 10.3 Assaduras
  • 10.4 Como proceder quando a pessoa usa prótese
  • 10.4 Alimentação saudável
  • 10.4.1 Orientação alimentar para aliviar sintomas
  • 10.4.3 Intestino preso (constipação intestinal)
  • 10.4.4 Gases (flatulência)
  • 10.4.5 Alimentação por sonda (Dieta enteral)
  • 11 Acomodando a pessoa cuidada na cama
  • 12 Mudança de posição do corpo
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS