Curso Online de RECEPÇÃO DO RECÉM-NASCIDO NA SALA DE PARTO

Curso Online de RECEPÇÃO DO RECÉM-NASCIDO NA SALA DE PARTO

Este mini curso tem a finalidade capacitar os profissionais a proporcionar ao recém-nascido condições favoráveis em sua adaptação extra u...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 11 horas

De: R$ 60,00 Por: R$ 40,00
(Pagamento único)

Mais de 20 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este mini curso tem a finalidade capacitar os profissionais a proporcionar ao recém-nascido condições favoráveis em sua adaptação extra uterina.

Enfermeira obstetra e neonatologista. Graduada em Enfermagem pela Universidade Paulista (UNIP-SJC) em 2013 com pós-graduação Obstetrícia e neonatologia pela Escola de Enfermagem Wenceslau Brás (Itajubá-MG) e cuidados pré-natais pela UNIFESP.Atualmente atuo como enfermeira Obstétrica na Santa Casa de Pirassununga. Atuação no pré-parto, parto, puerpério e assistência ao Recém-nascido. Com experiências em outras áreas como pediatria, Clínica médica, Clínica cirúrgica e Centro cirúrgico.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Assistência ao recém-nascido na sala de parto

    Assistência ao recém-nascido na sala de parto

    NATHALY CARVALHO

  • Objetivos

    Objetivos

    Proporcionar ao recém-nascido condições favoráveis em sua adaptação extra uterina.

    Cada membro deve ter consciência de suas atividades e possuir conhecimento específico, para intervir caso observe condições que coloque em risco a vida do RN.

  • Quando crianças a termo são colocadas pele a pele com suas mães, no seu abdome, tórax ou em seus braços, elas muito raramente choram durante os primeiros noventa minutos de vida”. Klaus e Klaus

    Quando crianças a termo são colocadas pele a pele com suas mães, no seu abdome, tórax ou em seus braços, elas muito raramente choram durante os primeiros noventa minutos de vida”. Klaus e Klaus

  • INTRODUÇÃO

    O cuidado com a saúde do recém-nascido (RN) tem importância fundamental para a redução da mortalidade infantil, ainda elevada no Brasil, assim como a promoção de melhor qualidade de vida e a diminuição das desigualdades em saúde.

    INTRODUÇÃO

  • INTRODUÇÃO

    Nascimento é o processo pelo qual o concepto vivo ou morto, é expulso ou extraído da mãe, independente da idade gestacional.

    “Caracterizado por um processo biológico complexo que envolve modificações funcionais em todos os órgãos e sistemas do RN.”

    INTRODUÇÃO

  • Classificação do Recém-Nascido (RN)

    Classificação do Recém-Nascido (RN)

    Período Neonatal
    Do nascimento até atingir 28 dias.

    Período Neonatal precoce
    Do Nascimento até 07 dias.

    Período Neonatal tardio
    De 07 à 28 dias.

  • Classificação do Recém-Nascido (RN)

    De acordo com a OMS
    RN pré-termo
    < 37 semanas de gestação

    RN a termo
    Entre 37 semanas á 42 semanas de gestação

    RN pós-termo
    42 semanas ou mais de gestação

    Classificação do Recém-Nascido (RN)

  • Classificação do Recém-Nascido (RN)

    Subdivisão do RNs pré-termo
    Visa antecipar a possibilidade de afecções mais frequentes em cada grupo.
    PRÉ-TERMO LIMÍTROFE (36 a 36 6/7 semanas): maior incidência de icterícia neonatal e desconforto respiratório adaptativo.
    PRÉ-TERMO MODERADO (31 a 35 6/7 semanas): dificuldade de controle térmico, dificuldade de sucção, síndrome de desconforto respiratório, hipoglicemia, maior suscetibilidade a infecções, icterícia neonatal.
    PRÉ-TERMO EXTREMO (26 a 30 6/7 semanas): todas as afecções dos grupos anteriores acrescidas de hiperglicemia, hemorragia intracraniana, displasia broncopulmonar, enterocolite necrosante, oftalmopatia e osteopenia da prematuridade.

    Classificação do Recém-Nascido (RN)

  • Classificação do Recém-Nascido (RN)

    De acorno com o peso de nascimento, independente da idade gestacional:
    RN de baixo peso (BP)
    RN pesando menos de 2500grs

    RN de muito baixo peso (MBP)
    RN pesando menos de 1500grs
    Extremo baixo peso:<800g
    RN de macrossômicro
    RN pesando 4000grs ou mais

    Classificação do Recém-Nascido (RN)

  • Classificação do Recém-Nascido (RN)

    Classificação do Recém-Nascido (RN)

    Classificação segundo crescimento uterino
    GIG

    AIG

    PIG

    LUBCHENCO,1966

  • Situação das condições de nascimento e mortalidade infantil no Brasil: fatores de risco e marcadores assistenciais

    A análise das condições de nascimento e de morte das crianças é necessária para orientar as ações dos serviços de saúde e alcançar patamares desejáveis de saúde para a população brasileira.
    Da mesma forma, a boa qualidade da atenção nos serviços de saúde é fundamental para o planejamento e a adequação da assistência.

    Situação das condições de nascimento e mortalidade infantil no Brasil: fatores de risco e marcadores assistenciais


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 40,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Assistência ao recém-nascido na sala de parto
  • INTRODUÇÃO
  • Classificação do Recém-Nascido (RN)
  • Mortalidade
  • Vigilância à saúde do RN
  • Cuidados na Hora do Nascimento
  • Preparo para a assistência
  • Material para atendimento
  • Avaliação da vitalidade ao nascer
  • Assistência ao RN a termo com boa vitalidade ao nascer
  • Assistência ao RN com líquido amniótico meconial
  • Assistência ao RN com necessidade de reanimação
  • Cuidados de rotina após a estabilização clínica do RN na sala de parto
  • Adaptações no RN
  • Sistema Respiratório
  • Sistema Cardiovascular e Sangue
  • Sistema Renal
  • Sistema Gastrointestinal
  • Adaptações Imunológicas
  • Sistema Neurológico
  • Termorregulação
  • Sistema Reprodutor genitálias e mamas
  • Sistema musculoesquelético
  • Considerações
  • Referências