Curso Online de SINDROMES CORONARIANAS AGUDAS

Curso Online de SINDROMES CORONARIANAS AGUDAS

CURSO NA ÁREA DA SAÚDE DESCREVE SOBRE O QUE É A SÍNDROME CORONARIANA AGUDA? FATORES DE RISCO OS TIPOS DE ANGINA ? O ECG ETIOLOGIA E FIS...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

De: R$ 50,00 Por: R$ 28,50
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

CURSO NA ÁREA DA SAÚDE DESCREVE SOBRE O QUE É A SÍNDROME CORONARIANA AGUDA?
FATORES DE RISCO
OS TIPOS DE ANGINA ?
O ECG
ETIOLOGIA E FISIOPATOLOGIA?
MANIFESTAÇÕES CLINICAS
EXAME FÍSICO
DIAGNÓSTICO
TRATAMENTO

Fisioterapeuta, pós graduada em: Fisioterapia Intensiva em Pediatria e neonatologia. Cursos de extensão em: Ventosaterapia, Ergonomia, Dry Needling, Ventilação Mecãnica em Pediatria, nas áreas de ortopedia, e de pediatria entre outros. APAIXONADA PELA PROFISSÃO, AMO PODER ENSINAR E PASSAR O POUCO QUE SEI. *OS CURSOS SÃO CURSOS COMO INTRODUÇÃO NO ASSUNTO CITADO, COM OBJETIVO DE ENSINAR AO ALUNO SOMENTE O CONTEÚDO TEÓRICO SOBRE O ASSUNTO. SENDO ASSIM, NÃO NOS RESPONSABILIZAMOS E NÃO GARANTIMOS O DESEMPENHO DO ALUNO NA PRÁTICA, POIS A EXECUÇÃO DA PARTE PRÁTICA SOBRE TUDO O QUE O ALUNO APRENDEU ESTUDANDO A TEORIA DURANTE O CURSO, DEPENDERÁ DA HABILIDADE, COMPETÊNCIA E APTIDÃO DE CADA ALUNO.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Síndromes Coronarianas Agudas

  • Síndromes Coronarianas Agudas

    A definição de cardiopatia é como qualquer doença que atinja o coração e sistema sanguíneo (artérias, veias e vasos capilares).
    Dentre elas, as mais comuns e principais causas de morte no mundo são, a angina pectoris (angina do peito), Infarto Agudo do Miocárdio (IAM), Acidente Vascular Cerebral (AVC), Aterosclerose e Hipertensão Arterial.

  • Síndromes Coronarianas Agudas

    O diagnóstico inicia-se com uma entrevista (a história clínica) e um exame físico.

    Efetuam-se, muitas vezes, análises para confirmar o diagnóstico, para conhecer a gravidade do problema ou para facilitar a planificação do tratamento.

  • História clínica e exame físico

    Pergunta acerca dos sintomas que sugerem a possibilidade de uma cardiopatia, como dor torácica, insuficiência respiratória, edema dos pés e tornozelos e palpitações.
    Registro da presença de outros sintomas, como febre, falta de forças, fadiga, perda de apetite e mal-estar geral, que podem apontar diretamente para uma perturbação cardíaca.

  • História clínica e exame físico

    Pergunta-se sobre infecções, exposição a produtos químicos, uso de medicamentos, consumo de álcool e tabaco, ambiente familiar e laboral e atividades recreativas.
    Se algum membro da família teve doenças cardíacas e/ou outras perturbações e se o indivíduo tem alguma doença que possa afetar o sistema cardiovascular.

  • História clínica e exame físico de diagnóstico

    Electrocardiograma
    Teste/Prova de esforço
    Eletrocardiograma ambulatório contínuo
    Estudo electrofisiológico
    Estudo radiológico
    Tomografia computadorizada
    Ecocardiograma (mais utilizada)
    Ressonância magnética
    Cateterismo cardíaco

  • Fatores de Risco

    Existem diversos fatores de risco para doenças cardiovasculares, os quais podem ser divididos:

    imutáveis e;
    mutáveis.

  • Fatores imutáveis

    Não podemos mudar, mas podemos tratá-los. São eles :

    Hereditários: filhos de pessoas com doenças cardiovasculares tem maior propensão para desenvolverem doenças desse grupo. Pessoas de pele negra são mais propensos a hipertensão arterial
    Idade: Quatro entre cincos pessoas acometidas de doenças cardiovasculares estão acima dos 65 anos. Entre as mulheres idosas, aquelas que tiverem um ataque cardíaco terão uma chance dupla de morrer em poucas semanas.
    Sexo: homens tem maiores chances de ter um ataque cardíaco e os seus ataques ocorrem numa faixa etária menor. Mesmo depois da menopausa quando a taxa das mulheres aumenta, ela nunca é tão elevada como a dos homens.

  • Fatores mutáveis

    São os fatores sobre os quais podemos influir, mudando, prevenindo ou tratando.
    Fumo: o risco de um ataque cardíaco num fumante é duas a quatro vezes maior do que num não fumante. Os fumantes passivos também tem o risco de um ataque cardíaco aumentado.
    Colesterol elevado: Os riscos de doença do coração aumentam na medida que os níveis de colesterol estão mais elevados no sangue. Junto a outros fatores de risco como pressão arterial elevada e fumo esse risco é ainda maior. Esse fator de risco é agravado pela idade, sexo e dieta.

  • Pressão arterial elevada: Para manter a pressão elevada, o coração realiza um trabalho maior, com isso vai hipertrofiando o músculo cardíaco, que se dilata e fica mais fraco com o tempo, aumentando os riscos de um ataque. A elevação da pressão também aumenta o risco de um AVC, de lesão nos rins e de insuficiência cardíaca. O risco de um ataque num hipertenso aumenta várias vezes, junto com o cigarro, o diabete, a obesidade e o colesterol elevado.
    Sedentarismo: A atividade física também previne a obesidade, a hipertensão, o diabete e abaixa o colesterol.
    Obesidade: excesso de peso tem uma maior probabilidade de provocar um AVC ou doença cardíaca, mesmo na ausência de outros fatores de risco. A obesidade exige um maior esforço do coração além de estar relacionada com doença das coronárias, pressão arterial, colesterol elevado e diabete. Diminuir de 5 a 10 quilos no peso já reduz o risco de doença cardiovascular.

  • Diabete melitos: Dois terços das pessoas com diabete morrem das complicações cardíacas ou cerebrais provocadas. Na presença do diabete, os outros fatores de risco se tornam mais significativos e ameaçadores.
    Anticoncepcionais orais
    Tensão emocional (estresse)
    Certos medicamentos podem ter efeitos semelhantes, por exemplo, a cortisona, os antiinflamatórios e os hormônios sexuais masculinos e seus derivados (esteróides anabólicos).
    Ingestão de alimentos ricos em gordura e sal
    Excesso de bebidas alcoólicas ou outro tipo de drogas


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 28,50
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Síndromes Coronarianas Agudas
  • ETIOLOGIA E FISIOPATOLOGIA
  • CLASSIFICAÇÃO DA ANGINA INSTÁVEL
  • MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS
  • EXAME FÍSICO
  • DIAGNÓSTICO
  • AVALIAÇÃO DO RISCO
  • TRATAMENTO
  • OFERTAR :
  • COMPLICAÇÕES
  • PROGNÓSTICO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS