Curso Online de Raiva em Bovinos
5 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de Raiva em Bovinos

Este curso trata sobre a raiva, uma perigosa doença de potencial zoonótico e compromete a criação de animais de produção no Brasil.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 7 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso trata sobre a raiva, uma perigosa doença de potencial zoonótico e compromete a criação de animais de produção no Brasil.

Técnico agrícola, agrônomos e médicos veterinários.


- Maysa Vitoria Cunha Silva

- Ramon Luis Dos Santos Silva

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Raiva em Herbívoros

    Raiva em Herbívoros

  • Introdução

    Introdução

    A raiva é uma doença aguda e fatal, causada por um vírus, acomete todos os mamíferos, inclusive o homem, sendo assim, uma zoonose de grande importância já que não possui cura, ou seja, é letal em 100% dos casos.
    O morcego hematófago Desmodus rotundus é o principal reservatório do vírus nas áreas rurais.
    Esta enfermidade tem importância mundial, por ser uma zoonose e provocar perdas econômicas elevadas.

  • Impactos Causados pela Doença

    Impactos Causados pela Doença

    A raiva é um dos maiores problemas econômicos e de saúde pública na América do Sul, e tem atenção destacada de pesquisadores e do poder público devido aos impactos econômicos e a saúde pública:
    Por ser uma doença de grande poder de difusão;
    Impõe restrições ao comércio de animais e produtos;
    Causam muitos transtornos e prejuízos à saúde pública, ao meio ambiente e à economia.

  • Etiologia

    Etiologia

    Classificação Biológica
    Ordem Mononegaviralis
    Família Rhabdoviridae
    Gênero Lyssavirus

  • Etiologia

    Etiologia

    Características do vírus:
    Genoma de cadeia linear de RNA;
    O seu vírion possui uma nucleocápside helicoidal;
    Envelope lipídico revestido exteriormente por espigões (glicoproteínas).

  • Etiologia

    Etiologia

    Características do vírus:
    Resistência: o vírus pode resistir ao congelamento e ao descongelamento, pH entre 5-9 e a dessecação.
    Sensibilidade: solventes orgânicos (detergentes, éter, clorofórmio, acetona, etanol 45-70% e compostos iodados), pasteurização e radiação ultravioleta.

  • Etiologia

    Etiologia

  • Epidemiologia

    Epidemiologia

    A epidemiologia da raiva bovina envolve:
    Fatores naturais, como o habitat favorável aos morcegos;
    Presença de vírus da raiva no ciclo silvestre;
    Fatores sociais que estabelecem a forma com que o homem desempenha a atividade econômica na natureza.
    Desse modo, a epidemiologia da raiva bovina está diretamente influenciada por:
    Fatores de ordem ambiental desencadeados pelos seres humanos; portanto, para conhecimento do modelo epidemiológico da raiva bovina, deve-se necessariamente compreender a organização do espaço.

  • Epidemiologia

    Epidemiologia

    O conhecimento de determinantes econômico-sociais de ocorrência, manutenção e evolução da raiva bovina é de fundamental importância, tanto para esclarecer seu comportamento epidêmico como para estabelecer medidas mais eficazes para o seu controle nas regiões endêmicas.

  • Epidemiologia

    Epidemiologia

    Os herbívoros são hospedeiros acidentais do vírus da raiva, pois, apesar de participar da cadeia epidemiológica da raiva rural, somente contribuem como sentinelas à existência de vírus.
    Sua participação nesse processo restringe-se ao óbito do animal, não havendo envolvimento no processo de transmissão a outras espécies, salvo quando de forma acidental.
    A raiva nos herbívoros tem baixa ou nula probabilidade de transmissão a outros animais, apresentando principalmente a característica paralítica, diferentemente da sintomatologia “furiosa”, observada nos casos de raiva em carnívoros.

  • Epidemiologia

    Epidemiologia

    Doença de distribuição mundial: presente em todos os continentes, exceto na Oceania e Antártida.
    Atualmente está erradicada em algumas ilhas do Pacífico, Japão, Reino Unido e Havaí.
    Em casos esporádicos, os herbívoros podem se infectar pela mordida de cães, gatos e outros animais que estejam infectados pela raiva.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Raiva em Herbívoros
  • Introdução
  • Impactos Causados pela Doença
  • Etiologia
  • Epidemiologia
  • Epidemiologia - Transmissão
  • Epidemiologia – Situação Mundial (OIE, 2010)
  • Epidemiologia - Morcegos
  • Morcegos Desmodus rotundus
  • Patogenia da Raiva
  • Sinais Clínicos
  • Colheita de Material
  • Diagnóstico
  • Tratamento
  • Lesões Post Mortem
  • Diagnósticos Diferenciais
  • Controle e Profilaxia
  • Controle Populacional de Morcegos Hematófagos
  • Vacinação dos Animais Susceptíveis
  • Abrigos Cadastrados
  • Atendimentos aos Focos
  • Programa Nacional de Controle da Raiva dos Herbívoros
  • Profissionais Envolvidos e suas Responsabilidades
  • Considerações Finais
  • Obrigado!!!