Curso Online de Horticultura Básica

Curso Online de Horticultura Básica

Horticultura é uma área científica referente ao estudo de técnicas de produção de plantas para o mercado consumidor. Abrange técnicas de ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 16 horas

Por: R$ 23,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Horticultura é uma área científica referente ao estudo de técnicas de produção de plantas para o mercado consumidor. Abrange técnicas de fitotecnias em espécies de alto valor mercadológico e nutricional. Acredita-se que o termo ?horticultura? tenha origem no uso da palavra ?olericultura?.

Formação em Agronomia (UNICENTRO), pós-graduada em Pedagogia (UNICENTRO) e Educação Ambiental (UFPR). Experiência profissional como professora em diversas áreas de Ciências Agrárias; experiência em Educação à Distância; Tutora/Monitora; Palestras; Experiência em Cooperativa, Sindicato e Empresas Agrícolas. Experiência com cursos livres onlines desde 2012. Sou autodidata e busco incansavelmente o conhecimento das mais diversas áreas e uma frase que me define "Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção." (Paulo Freire)



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • HORTICULTURA

    HORTICULTURA

    Professora: Scheila de Fátima Scisloski

  • Introdução ao Curso

    Introdução ao Curso

    Por reprodução assexual entende-se a multiplicação vegetativa de um indivíduo, capaz de produzir uma planta geneticamente idêntica àquela que lhe deu origem, sem a união de gametas.

    A regeneração de um novo por via assexual ocorre em plantas superiores devido à mitose que ocorre nos pontos de crescimento, como brotos terminais, ápices radiculares, câmbio vascular e nos callus originados em tecidos feridos de raízes e caules.

  • A propagação assexual é, portanto, a multiplicação dirigida de partes da planta, baseada na capacidade que certas estruturas vegetais de determinadas espécies possuem, para formar um novo indivíduo completo, quando destacadas da planta-mãe e colocadas em condições propícias.

    Pela aplicação de diferentes técnicas, a propagação vegetativa permite a multiplicação em larga escala de uma planta individual, selecionada, reproduzindo fielmente as características que lhe conferem vantagens adicionais em relação a um padrão da espécie.

  • A propagação vegetativa é feita utilizando-se métodos naturais e métodos artificiais.

    Os métodos naturais são aqueles que utilizam órgãos da planta como veículo de propagação. São eles:
    caules modificados, raízes modificadas e folhas modificadas.

    E os métodos artificiais utilizam determinadas técnicas para propagação da espécie. São elas: estaquia, mergulhia, enxertia e micropropagação.

  • PROPAGAÇÃO ASSEXUADA OU VEGETATIVA - Estruturas Naturais

    PROPAGAÇÃO ASSEXUADA OU VEGETATIVA - Estruturas Naturais

    Caules modificados:
    acumulam substâncias de reserva.

    Em geral são subterrâneos.

  • Bulbos: caule subterrâneo de reservas, encurtados, constituídos por folhas escamosas, grossas, polpudas, e modificadas de base carnosas, com gemas nas axilas das escamas foliares.
    Ex.: cebola, alho, narciso, jacinto, etc.

    Cormos ou bulbos sólidos: caule subterrâneo de reserva, semelhante ao bulbo, porém é mais curto e intumescido não contendo folhas polpudas.
    Tipo bulbo sólido, com nós e entrenós bem visíveis.
    Ex: gladíolo, açafrão.

  • Estolhos: são caules aéreos que se desenvolvem a partir das axilas das folhas na base ou coroa da planta.
    Ex: morangueiro, gerânio, etc.

    Rizomas: são caules subterrâneos que contém nós e entre-nós, apresentam raízes adventícias.
    Ex: íris, inhame, etc.

  • Tubérculos: partes carnudas de rizomas subterrâneos.

    O tubérculo poderá ser utilizado todo ou parte dele (quebrando a dominância apical).
    Ex: batatinha ⌦ Estolões: caules alongados que crescem rente à superfície do solo. Ex: gramas, morangueiro.

    Rebentos ou “filhotes”: desenvolve-se a partir do caule.
    Ex: abacaxi, etc.

  • Raízes modificadas: Raízes tuberosas: gemas vegetativas e raízes adventícias.
    Ex: batata-doce, begônia, etc.

    Rebentos de raízes: surgem de modo adventício das raízes.

    Folhas modificadas: são folhas carnosas (armazenam reservas), utilizadas na propagação de algumas espécies.
    Ex: violeta, cactos, etc.

  • Rebentos: Podem ocorrer naturalmente como em abacaxi e caqui.

    Divisão de touceiras: é a separação de uma planta em pedaços, contendo raiz, caule e folhas.
    Ex: Alpinia, Espada-de-São Jorge, etc.

  • Métodos Artificiais

    Métodos Artificiais

    Estaquia:

    É qualquer parte destacada da planta mãe, capaz de regenerar folhas e raízes formando uma planta completa.

    É um importante processo de propagação vegetativa.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • HORTICULTURA
  • Introdução ao Curso
  • PROPAGAÇÃO ASSEXUADA OU VEGETATIVA - Estruturas Naturais
  • Métodos Artificiais
  • Viveiros
  • VIVEIROS E INSTALAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE MUDAS
  • TIPOS DE VIVEIROS
  • LOCALIZAÇÃO DOS VIVEIROS
  • DIMENSIONAMENTO DO VIVEIRO
  • SELEÇÃO DAS ESPÉCIES
  • INSTALAÇÕES
  • RECIPIENTES
  • MICROPROPAGAÇÃO OU PROPAGAÇÃO VEGETATIVA IN VITRO
  • APLICAÇÕES DA CULTURA DE TECIDOS
  • TÉCNICAS DE CULTIVO IN VITRO
  • MICROPROPAGAÇÃO OU PROPAGAÇÃO VEGETATIVA IN VITRO
  • INSTALAÇÃO DE UMA EMPRESA HORTÍCOLA
  • O QUE É UMA EMPRESA RURAL?
  • O QUE É UMA EMPRESA HORTÍCOLA?
  • ÁREAS DE UMA EMPRESA HORTÍCOLA
  • O PROCESSO ADMINISTRATIVO
  • INSTALAÇÃO DE UMA EMPRESA HORTÍCOLA
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS