Curso Online de HACCP - ANÁLISE DE PERIGO E CONTROLE DE PONTOS CRÍTICOS Modulo 02 (Segurança Alimentar)
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de HACCP - ANÁLISE DE PERIGO E CONTROLE DE PONTOS CRÍTICOS Modulo 02 (Segurança Alimentar)

*HACCP HAZARD ANALYSIS AND CRITICAL CONTROL POINT-Modulo 02 *O QUE É UM FLUXOGRAMA; *Lay out; *DESCRIÇÃO DO PROCESSO; *CONFIRMAÇÃO IN L...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 100 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

*HACCP HAZARD ANALYSIS AND CRITICAL CONTROL POINT-Modulo 02
*O QUE É UM FLUXOGRAMA;
*Lay out;
*DESCRIÇÃO DO PROCESSO;
*CONFIRMAÇÃO IN LOCO DO FLUXOGRAMA;
*IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS ASSOCIADOS A CADA ETAPA DO PROCESSO;
*MEDIDAS PREVENTIVAS;
*DETERMINAÇÃO DOS PONTOS CRÍTICOS DE CONTROLE;
*PONTO CRÍTICO DE CONTROLE E ÁRVORE DE DECISÃO;
*ÁRVORE DE DECISÃO;
*ESTABELECER LIMITES CRÍTICOS DE CONTROLE;
*LIMITE CRÍTICO;
*MOTIVAÇÃO DA EQUIPE;
*OPERADORES e MANIPULADORES;
*ESTABELECER PROCEDIMENTOS DE MONITORIZAÇÃO;
*SISTEMA DE MONITORIZAÇÃO;
*ESTABELECER AS AÇÕES CORRECTIVAS;
*ESTABELECER PROCEDIMENTOS DE VERIFICAÇÃO;
*ESTABELECER SISTEMAS DE REGISTO E ARQUIVO DE DADOS;
*REVISÃO DO PLANO HACCP;
*SUCESSO NA IMPLEMENTAÇÃO DO HACCP;
*VANTAGENS DO SISTEMA HACCP;
*OBSTÁCULOS A ULTRAPASSAR NA IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA;
*MINAS E ARMADILHAS;

Minas Especializações; *Graduando em Gestão Ambiental, *Técnico em Segurança do Trabalho Reg.MTE nº 25.482/MG; *Bombeiro Profissional Civil - Nível 2 -ABNT/NBR 14.276; *NR 33 Supervisor de Entrada em Espaço Confinado; *Instrutor de Curso de Operador de Empilhadeiras; *Coordenador de Brigada de Emergência; E-mail: tecsegtrab.aguiar@hotmail.com.br ou tecsegtrab.aguiar@gmail.com - Siga no Blog: http://aguiarsst.blogspot.com/ Cursos Complementares: *Política Nacional de Gerenciamento de Resíduos Sólidos - PNGRS; * OHSAS 18000:2007 - Sistema de Gestão de saúde e Segurança Ocupacional; *Brigadista de Incêndio; * TPM - Total Perfeição da Manufatura; *NR 10 - Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade; *Curso de Operador de Empilhadeiras -SEST/SENAT; *MOPP - Movimentação e Operação de Produtos Perigosos; *Curso de Auto Controle (Qualidade) - SENAI; *Legislação Trabalhista - SENAI; *Educação Ambiental -SENAI; *Saúde e Segurança Rural - SENAR; * PPRA, PCMAT, PPP,CIPA, SIPAT, LTCAT, FMEA, PAE, PGR. *NR 12 Segurança de Máquinas e Equipamentos;


- Odair Boabaede

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • HACCP HAZARD ANALYSIS AND CRITICAL CONTROL POINT Modulo 02

    HACCP HAZARD ANALYSIS AND CRITICAL CONTROL POINT Modulo 02

    Izaias de Souza Aguiar

  • O QUE É UM FLUXOGRAMA

    O QUE É UM FLUXOGRAMA

    Fluxograma: É a representação esquemática da seqüência das etapas ou operações usadas na produção de um determinado produto.

    Izaias de Souza Aguiar

  • FLUXOGRAMA

    FLUXOGRAMA

    Izaias de Souza Aguiar

  • Lay out

    Lay out

    Izaias de Souza Aguiar

  • DESCRIÇÃO DO PROCESSO

    DESCRIÇÃO DO PROCESSO

    1.Recepção do leite de vaca
    O Leite de vaca dá entrada no Laticínio num caminhão tanque isotérmico a uma temperatura inferior a 6ºC.
    2.Recepção do cloreto de cálcio líquido
    O cloreto de cálcio líquido é recepcionado em embalagens de 25 litros e a uma temperatura de cerca de 15ºC.

    Izaias de Souza Aguiar

  • DESCRIÇÃO DO PROCESSO

    DESCRIÇÃO DO PROCESSO

    3.Recepção dos fermentos lácteos
    Os fermentos lácteos são recepcionados em carteiras de 10 unidades, devidamente etiquetadas, a uma temperatura de 4ºC.
    4.Recepção do coalho líquido animal
    O coalho líquido animal dá entrada na unidade em bilhas de 25 litros a uma temperatura compreendida entre 2ºC e 7ºC.

    Izaias de Souza Aguiar

  • DESCRIÇÃO DO PROCESSO

    DESCRIÇÃO DO PROCESSO

    5.Recepção do Açúcar
    O açúcar é recepcionado à temperatura ambiente em sacos de polietileno de 25Kg.
    6.Recepção das embalagens de plásticos
    As embalagens de plástico dão entrada na unidade devidamente acondicionados em película de filme retrátil. Vêm impressos com as menções obrigatórias por lei à data, informações nutricionais, etc., limite de consumo que será aposta, posteriormente, sob a forma impressa.

    Izaias de Souza Aguiar

  • DESCRIÇÃO DO PROCESSO

    DESCRIÇÃO DO PROCESSO

    7.Recepção das etiquetas
    As etiquetas autocolantes são recepcionadas em caixas de cartão com 10 bobinas e destinam-se à rotulagem.
    8.Armazenamento do leite em tanques de refrigeração O leite cru é transferido por bombeamento para tanques de refrigeração com agitação. É armazenado no máximo 48 horas a temperaturas inferiores ou iguais a 5ºC.

    Izaias de Souza Aguiar

  • DESCRIÇÃO DO PROCESSO

    DESCRIÇÃO DO PROCESSO

    9.Armazenamento de cloreto de cálcio líquido
    É armazenado no armazém de ingredientes a uma temperatura aproximada de 15ºC ao abrigo da luz e devidamente identificado.
    10.Armazenamento de fermentos lácteos
    São armazenados num compartimento do equipamento frigorífico existente no armazém de ingredientes a uma temperatura de 4ºC.,

    Izaias de Souza Aguiar

  • DESCRIÇÃO DO PROCESSO

    DESCRIÇÃO DO PROCESSO

    11.Armazenamento de coalho líquido animal
    É armazenado no equipamento frigorífico existente no armazém de ingredientes a uma temperatura compreendida entre 2ºC e 7ºC.
    12.Armazenamento da açúcar
    As embalagens de açúcar são armazenadas sobre palletes plásticas, em ambiente seco e ao abrigo da luz.

    Izaias de Souza Aguiar

  • DESCRIÇÃO DO PROCESSO

    DESCRIÇÃO DO PROCESSO

    13.Armazenamento das embalagens de plásticos:
    As embalagens de plásticos são colocados no armazém do material de embalamento. São colocados sob prateleiras de material imputrescível, lavável e não tóxico, resguardados de poeiras.

    Izaias de Souza Aguiar


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • *HACCP HAZARD ANALYSIS AND CRITICAL CONTROL POINT-Modulo 02
  • *O QUE É UM FLUXOGRAMA;
  • *Lay out;
  • *DESCRIÇÃO DO PROCESSO;
  • *CONFIRMAÇÃO IN LOCO DO FLUXOGRAMA;
  • *IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS ASSOCIADOS A CADA ETAPA DO PROCESSO;
  • *MEDIDAS PREVENTIVAS;
  • *DETERMINAÇÃO DOS PONTOS CRÍTICOS DE CONTROLE;
  • *PONTO CRÍTICO DE CONTROLE E ÁRVORE DE DECISÃO;
  • *ÁRVORE DE DECISÃO;
  • *ESTABELECER LIMITES CRÍTICOS DE CONTROLE;
  • *LIMITE CRÍTICO;
  • *MOTIVAÇÃO DA EQUIPE;
  • *OPERADORES e MANIPULADORES;
  • *ESTABELECER PROCEDIMENTOS DE MONITORIZAÇÃO;
  • *SISTEMA DE MONITORIZAÇÃO;
  • *ESTABELECER AS AÇÕES CORRECTIVAS;
  • *ESTABELECER PROCEDIMENTOS DE VERIFICAÇÃO;
  • *ESTABELECER SISTEMAS DE REGISTO E ARQUIVO DE DADOS;
  • *REVISÃO DO PLANO HACCP;
  • *SUCESSO NA IMPLEMENTAÇÃO DO HACCP;
  • *VANTAGENS DO SISTEMA HACCP;
  • *OBSTÁCULOS A ULTRAPASSAR NA IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA;
  • *MINAS E ARMADILHAS;
  • Izaias de Souza Aguiar Técnico em Segurança do Trabalho Reg. MTE nº 25.482/MG