Curso Online de Segurança do trabalho
4 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Segurança do trabalho

Conscientizar sobre as conseq??ncias dos acidentes de trabalho para a empresa, o trabalhador e a sociedade quando os riscos ambientais n?...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

Por: R$ 50,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Conscientizar sobre as conseq??ncias dos acidentes de trabalho para a empresa, o trabalhador e a sociedade quando os riscos ambientais n?o s?o controlados ou previamente avaliados. Abordar o gerenciamento de riscos apresentando a classificaçãoo dos riscos ambientais e métodos simples de minimizá-los e até elimina-los. Disseminar as Normas Regulamentadoras para a área de Segurança e Saúde no Trabalho, abordando dentre elas a NR 5 que trata da CIPA.

Formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Pós-graduando em Advocacia- Geral e Direito do Trabalho pela Universidade Cidade de São Paulo. Formado em Marketing e Propaganda na Faculdade Internacional de Curitiba. Mestrando em Administração de Negócios pela Flórida Christian University - E.U.A


- Sandra Silva Pinheiro

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • segurança do trabalho

  • segurança do trabalho

    1. acidentes de trabalho:
     
    acidente é um acontecimento imprevisto, casual ou não, que resulta em ferimento, dano, estrago, prejuízo, avaria, ruína, etc. nesse sentido, é muito importante observar que um acidente não é simples obra do acaso e pode trazer conseqüências indesejáveis.
     
    ou seja, acidentes podem ser previstos.
     
    e, se podem ser previstos, podem ser evitados !
     
    no ambiente de trabalho, pode ocorrer o mesmo. hoje, cada vez mais pessoas deixam o serviço por conta de acidentes de trabalho que, com a mínima atenção e cuidado, poderiam ter sido evitados.
     
    o conceito de acidente de trabalho é diferente do conceito de acidente. de acordo com o artigo 19, da lei nº 8.213 de 1.991 (legislação de direito previdenciário) e com o decreto nº 611 de 21 de julho de 1.992, do ministério da previdência e assistência social tem-se que:

  • segurança do trabalho

    acidente de trabalho é aquele que ocorre
    pelo exercício do trabalho, a serviço da empresa ou
    pelo exercício do trabalho dos segurados especiais,
    provocando lesão corporal ou perturbação funcional
    que cause a morte do trabalhador, a perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho (invalidez).

     em outras palavras:

     acidente de trabalho é toda ocorrência não programada, não desejada,
    que pode resultar em danos físicos e/ou funcionais para o trabalhador e
    danos materiais e econômicos à empresa e ao meio ambiente.

    os acidentes de trabalho classificam-se em diversos tipos, conforme segue abaixo:

    com lesão → é aquele que deixa marcas, nas vítimas, provocadas pelos ferimentos.
     
    sem lesão → é aquele que não causa nenhum tipo de lesão na vítima.
     
    incapacidade permanente total → é aquele em que a vítima fica totalmente inválida para o trabalho.

    incapacidade permanente parcial → quando a vítima tem uma perda parcial da capacidade para o trabalho, por exemplo, a perda de um dedo ou de uma vista.

  • segurança do trabalho

     
    acidente com morte → quando ocorre o falecimento em função do acidente de trabalho.

    acidente típico → é aquele decorrente da característica da atividade profissional desempenhada pelo acidentado.

    de trajeto → quando ocorre durante o deslocamento da vítima de casa para o trabalho ou vice-versa.
     
    acidente fora do local e da hora do trabalho → é aquele que ocorre quando a vítima executa uma ordem ou realiza um serviço sob a autoridade da empresa ou, quando espontaneamente presta qualquer serviço à empresa para evitar à empresa prejuízo ou a proporcionar proveito.

    com perda de materiais → é todo acidente que não envolve pessoas mas envolve uma perda material, como por exemplo, a queda de um equipamento de um andaime sobre o piso de concreto.

    2. gerenciamento de riscos ambientais:
     
    para controlar a ocorrência de acidentes de trabalho e, dessa forma, preservar a saúde dos funcionários e, conseqüentemente, a produtividade da empresa; é necessário fazer o gerenciamento de risco.

  • segurança do trabalho

    esse tipo de gerenciamento visa à identificação e avaliação de todos os perigos atuais e futuros ocorridos no ambiente de trabalho.

    atualmente, diversas técnicas de identificação de perigos e avaliações de riscos são utilizadas em todo o mundo.

    as mais conhecidas são: apr (análise preliminar de riscos);
    hazop (hazard and operability studies) e;
    aaf (análise de árvore de falhas).

    essas técnicas auxiliam a descobrir que tipo de riscos o funcionário da empresa corre no ambiente de trabalho, bem como o que fazer para eliminar esses riscos e diminuir as possíveis situações de perigo.

    2.1. riscos ambientais:
    o termo risco é comumente conhecido como àquele que se refere à probabilidade de perigo ou de insucesso.
     os riscos ambientais, existentes nos locais de trabalho,
    são aqueles causados por agentes físicos, químicos ou biológicos que,
    a depender de sua natureza, concentração, intensidade ou tempo de exposição,
    podem comprometer a segurança e a saúde dos funcionários,
    bem como a produtividade da empresa

  • segurança do trabalho
    os riscos ambientais classificam-se segundo a sua natureza e a forma com que atuam no organismo humano, sendo eles agentes de riscos:

    físicos, químicos, biológicos, ergonômicos e mecânicos (de acidentes).

    agentes de riscos físicos:
     
    os agentes de riscos físicos podem ser definidos como os diversos tipos de energia aos quais o trabalhador é exposto durante a realização de suas atividades.

    padronizou-se identificá-los com a cor verde.

    os agentes que podem ser encontrados no ambiente de trabalho são:

    ruído , vibrações,radiações ionizantes, radiações não ionizantes, pressões anormais, temperaturas extremas (muito baixa ou extremamente alta) e a umidade.

    as máquinas e equipamentos utilizados pelas empresas produzem ruídos que podem atingir níveis excessivos, podendo provocar graves prejuízos à saúde.

    os principais efeitos do ruído excessivo sobre uma pessoa pode ser a surdez total ou parcial, o stress e/ou a redução do apetite sexual.

  • segurança do trabalho
    na indústria, é comum o uso de máquinas e equipamentos que produzem vibrações (movimentos) que podem prejudicar o trabalhador.

    - as vibrações podem ser localizadas ou generalizadas.

    - as vibrações localizadas são aquelas causadas por ferramentas manuais, elétricas e pneumáticas. com o tempo, podem provocar alterações neurovasculares nas mãos, além de problemas nas articulações das mãos e braços ou osteoporose.

    - as vibrações generalizadas, também conhecidas como de “corpo inteiro”, são as que podem afetar os operadores de grandes máquinas como os motoristas de caminhões, ônibus, tratores etc., provocando problemas na coluna vertebral, dores lombares ou pequenas lesões nos rins.

    as radiações ionizantes são aquelas nas quais os operadores de aparelhos de raios x freqüentemente estão expostos e que pode afetar o organismo ou se manifestar nos descendentes. alguns dos efeitos produzidos por este agente são: anemia, leucemia, câncer e/ou alterações genéticas.

    já as radiações não ionizantes são as radiações infravermelhas (presentes em operações de fornos e de solda oxiacetilênica), raios laser e ultravioleta (produzida pela solda elétrica) e, podem causar ou agravar problemas visuais, além de provocar sobrecarga térmica, queimaduras, câncer de pele e aumento da atividade da tireóide.

  • segurança do trabalho

    agentes de riscos químicos:
     
    os agentes de riscos químicos podem ser definidos como as substâncias ou compostos que possam penetrar no organismo do trabalhador.

    esses agentes, quando entram em contato com a pessoa, podem provocar danos à saúde de forma imediata, há médio ou longo prazo.

    padronizou-se identificá-los com a cor vermelha.

    os agentes que podem ser encontrados no ambiente de trabalho são:
     
    poeiras fumos vapores, gases, névoas e produtos químicos em geral

    o contato dos agentes químicos com as pessoas pode ocorrer de três formas: por via respiratória, por via cutânea e por via digestiva. vejamos cada uma delas.

    contato por via respiratória é quando os agentes penetram pelo nariz e boca, afetando a garganta e chegando aos pulmões. através da circulação sanguínea, podem seguir para outros órgãos, onde manifestam os seus efeitos tóxicos, tais como asma e bronquites.

    contato por via cutânea ocorre quando ácidos, álcalis ou solventes, ao atingirem a pele, são absorvidos e provocam lesões como alterações na circulação e oxigenação do sangue, nos glóbulos vermelhos e problemas na medula óssea.

  • segurança do trabalho
    contato por via digestiva é quando a contaminação do organismo ocorre pela ingestão acidental ou não de substâncias nocivas, presentes em alimentos contaminados, deteriorados ou na saliva.

    hábitos inadequados como o de alimentar-se ou ingerir líquidos no local de trabalho, umedecer lábios com a língua, usar as mãos para beber água e a falta de higiene contribuem para a ingestão desse tipo de agente.

    conforme o tipo de produto ingerido, pode ocorrer queimadura na boca, queimadura do esôfago e estômago, entre outros malefícios.

    agentes de riscos biológicos:
     
    os agentes de riscos biológicos surgem do contato do homem com certos micróbios e animais no ambiente de trabalho.

    padronizou-se identificá-los com a cor marrom.

    os agentes que podem ser encontrados no ambiente de trabalho são:
     
    - vírus - bactérias - fungos
    - bacilos - protozoários - parasitas

  • segurança do trabalho

     
    algumas atividades facilitam o contato dos trabalhadores com esse tipo de agentes como atividades em hospitais, a coleta do lixo, as indústrias de alimentação, laboratórios, dentre outros.

    esses agentes podem causar doenças como tuberculose, intoxicação alimentar, brucelose, malária, febre amarela, e outras.

    as medidas preventivas mais comuns para esse tipo de agentes são:

    o controle médico permanente, o uso de equipamentos de proteção individual, a higiene rigorosa nos locais de trabalho, os hábitos de higiene pessoal, o uso de roupas adequadas, a vacinação e o treinamento.

    agentes de riscos ergonômicos:

    os agentes de riscos ergonômicos estão relacionados às condições de trabalho dos funcionários como cadeiras e mesas adequadas, maquinário moderno, conscientização dos trabalhadores etc.

    padronizou-se identificá-los com a cor amarelo.

    os agentes que podem ser encontrados no ambiente de trabalho são:

     trabalho físico pesado , postura incorreta, monotonia, ritmo excessivo, trabalhos noturnos treinamento inadequado ou inexistente .

  • segurança do trabalho
    esses agentes podem gerar distúrbios psicológicos e fisiológicos como:

    fadiga, dores musculares, fraquezas, hipertensão arterial, úlcera duodenal, doenças do sistema nervoso, alterações do ritmo normal de sono e da libido, acidentes, problemas de coluna, taquicardia, angina, infarto, diabetes, asma entre outros.

    agentes de riscos mecânicos:
     
    os agentes de riscos mecânicos estão relacionados às condições físicas, do ambiente físico de trabalho, e tecnológicas impróprias, capazes de colocar em perigo a integridade física do trabalhador.

    padronizou-se identificá-los com a cor azul.

    são considerados riscos geradores de acidentes que podem ser encontrados no ambiente de trabalho:  eletricidade, iluminação inadequada,arranjo físico deficiente ou inadequado, probabilidade de incêndio ou explosão, máquinas e equipamentos sem proteção , ferramentas inadequadas ou defeituosas, armazenamento inadequado e animais peçonhentos .

    2.2. programa dos cinco sensos:

    um local de trabalho limpo e organizado,
    com pessoas conscientes de suas responsabilidades,
    é fundamental para minimizar os acidentes de trabalho e impactos ao meio ambiente.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 50,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail: