Curso Online de CURSO DE LETRAS 1ª DISCIPLINA LÍNGUA PORTUGUESA -  MODULO - 2
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de CURSO DE LETRAS 1ª DISCIPLINA LÍNGUA PORTUGUESA - MODULO - 2

Essa é a 2ª parte da 1ª disciplina do curso de letras da língua portuguesa.Nela estudaremos 3 materias das 6 que compõe todo o curso,São ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 8 horas

Por: R$ 25,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Essa é a 2ª parte da 1ª disciplina do curso de letras da língua portuguesa.Nela estudaremos 3 materias das 6 que compõe todo o curso,São elas: coerência e coesão,pontuação e níveis de leitura.Esse curso disponibiliza apostila,quando for confirmar sua matricula,nos envie um e-mail solicitando as apostilas.Como ja foi dito acima,o curso é composto de 6 materias,as outras 3 materias,encontram-se no 1º módulos deste curso,pois o mesmo é dividido em 2 módulos.Agradecemos a sua escolha e nao deixe de fazer as ostras disciplinas.

Licenciatura Plena em Letras/Inglesa (Letrólogo), pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Boa Esperança -(FAFIBE), no ano de 2015. 2003-2015 ? Igreja Católica Cargo: Coordenador, Palestrante e Formador do Grupo. ? 2013-2015 - Associação de Jovens e Adolescentes Paraíso Cargo: Voluntário como elaborador de ofícios e projetos. 2011-2015 ? Plataforma de Ensino à Distância, EAD, Buzzero.com Cargo: Autor de Cursos da Língua Portuguesa, Informatica e Religiosos. ? 2010-2015 - Autônomo Serviços gerais na operação de computador e Reforço de Informática Básica. 2012-2013 ? E.M.E.F. Rogério Ribeiro Monteiro/ 2013-2014 ? E.M.E.F. Geralda Bonifácio Rodrigues/ 2014-2015 E.M.E.F. Francisco Higino Filho Cargo: Professor de Jovens e Adultos e professor complementar no ensino regular do 2º ao 5º ano do ensino fundamental I.


- Dorvileia Sobrinho Costa

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • curso de letras
    1ª disciplina língua portuguesa

  • COERÊNCIA E COESÃO

    coerência e coesão

  • COERÊNCIA

    coerência

    quando falamos, precisamos ser claros para que nosso ouvinte entenda o que queremos comunicar.
    quando escrevemos, a situação não é diferente: nosso texto deve fazer sentido para quem o lê. se um texto faz sentido, dizemos que é coerente.

  • OBSERVE A DIFERENÇA:

    observe a diferença:

    eram cinco horas, porém não vou ler agora esse documento e já fomos dispensados do trabalho.

    ele é incoerente, pois não produz sentido. as três orações que compõem, ainda que próprias da língua, não apresentam uma relação clara de sentido entre si, estão desarticuladas. se as mesmas orações aparecessem assim articuladas, haveria produção de sentido:

    são cinco horas. não vou ler agora esse documento, pois já fomos dispensados do trabalho.

  • Pode haver coerência sem coesão?

    pode haver coerência sem coesão?

    há textos que se organizam por justaposição ou com elipses e, mesmo assim, podem ser considerados textos por seus leitores/ouvintes, pois constituem uma unidade de sentido.
    como exemplo de que pode haver coerência sem coesão, veja o texto seguinte:

  • CIRCUITO FECHADO

    circuito fechado

    chinelos, vaso, descarga. pia, sabonete. água. escova, creme dental, água, espuma, creme de barbear, pincel, espuma, gilete, água, cortina, sabonete, água fria, água quente, toalha. creme para cabelo, pente. cueca, camisa abotoaduras, calças, meias, sapatos, gravata, paletó. [...] pasta, carro. cigarro, fósforo. mesa e poltrona, cadeira, cinzeiro, papéis, telefone, agenda, copo com lápis. [...] bandeja, xícara pequena. cigarro e fósforo. papéis, telefone, [...]

  • apesar de aparentemente desconexos, os fragmentos transcritos anteriormente têm sentido: eles falam da rotina de um homem de negócios. a sequência das palavras ou frases justapostas retrata um mundo moderno que bem conhecemos. assim, apesar da estranheza que provoca em uma primeira leitura, o texto é coerente, ou seja, faz sentido.

  • Podemos dizer que um texto deve possuir coerência em três níveis:

    podemos dizer que um texto deve possuir coerência em três níveis:

    do texto em si, ou seja, uma coerência interna;
    do texto com a realidade, ou seja, uma coerência externa;
    do texto com a proposta de redação.

  • o texto abaixo apresenta duas situações comunicativas:
    a comunicação que o escritor (millôr) estabelece com os leitores;
    a comunicação que acontece entre as duas mulheres.

    a vaguidão específica
    “as mulheres têm uma maneira de falar que eu chamo de vago-específica”. (richard gehman)

    –– maria, ponha isso lá fora em qualquer parte.
    –– junto com as outras?
    –– não ponha junto com as outras, não. senão pode vir alguém e querer fazer alguma coisa com elas. ponha no lugar do outro dia.
    –– sim senhora. olha, o homem está aí.
    –– aquele de quando choveu?
    –– não, o que a senhora foi lá e falou com ele no domingo.
    –– que é que você disse a ele?
    –– eu disse para ele continuar.
    –– ele já começou?

  • –– acho que já. eu disse que podia principiar por onde quisesse.
    –– é bom?
    –– mais ou menos. o outro parece capaz.
    –– você trouxe tudo de cima?
    –– não senhora, só trouxe as coisas. o resto não trouxe porque a senhora recomendou para deixar até a véspera.
    –– mas traga, traga. na ocasião, nós descemos tudo de novo. é melhor senão atravanca a entrada e ele reclama como na outra noite.
    –– está bem vou ver como.
    millôr fernandes

    responda:
    1- considerando o diálogo das mulheres, por que ele é incoerente para nós, leitores?
    2- o autor critica, com humor, o modo de falar das mulheres. o exemplo escolhido (diálogo) é coerente com suas intenções? explique.

  • o trecho que segue foi extraído de um livro que relata episódios da vida do grande folclorista brasileiro, luís da câmara cascudo.
    exame oral. o estudante é sílvio piza pedroza, que depois seria governador do rio grande do norte. cascudo pergunta:
     como o rei de portugal teve notícias do descobrimento da ilha de vera cruz?
     pedro álvares cabral passou um telegrama.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • COERÊNCIA E COESÃO