Curso Online de NOVA ORTOGRAFIA

Curso Online de NOVA ORTOGRAFIA

Não precisa se preocupar, pois o novo acordo ortográfico passa a vigorar somente a partir de 1º de janeiro de 2013. Até lá, a velha e nov...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 33,09
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Não precisa se preocupar, pois o novo acordo ortográfico passa a vigorar somente a partir de 1º de janeiro de 2013. Até lá, a velha e nova ortografia estarão convivendo, a fim de que haja uma transição tranquila.

Portanto, será um pouco complicado vestibulares e concursos de modo geral cobrarem as novas regras e punirem com diminuição de pontos os que não as seguirem. Afinal, o jeito antigo de se escrever algumas palavras e o novo estarão sendo aceitos até que o prazo se finde.

CONSULTOR DE AUTO-AJUDA ,PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM,CONSULTOR DE PROGRAMAÇÃO NEUROLÍNGUISTICA ,CONSULTOR INTELIGÊNCIA EMOCIONAL E PALESTRANTE



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • nova ortografia

  • a língua é viva, pulsante. palavras e expressões, em voga num período, caem em desuso em outro. não há academias que possam deter a dinâmica histórica de uma língua.

    e tudo mudou...
    o rouge virou blush o pó-de-arroz virou pó-compacto o brilho virou gloss o rímel virou máscara incolor a lycra virou stretch anabela virou plataforma o corpete virou porta-seios que virou sutiã que virou lib, que virou silicone (...)
    luis fernando verissimo

  • o novo acordo ortográfico busca um consenso, ele não modifica (e nem poderia fazê-lo) nossa forma de falar, mas procura padronizar/unificar a escrita da língua portuguesa, ou seja, mudanças apenas gráficas nos oito países do comunidade de países de língua portuguesa - cplp:

    brasil
    portugal
    guiné-bissau
    são tomé e príncipe
    angola
    moçambique
    cabo verde
    timor leste

    cplp

  • por que uma nova reforma da ortografia?

  • argumentos a favor

    a língua portuguesa é a única que tem (tinha) duas grafias oficiais;
    simplicidade de ensino e aprendizagem;
    unificação de todos os países de língua oficial portuguesa;
    fortalecimento da cooperação educacional dos países da cplp (o português pode se tornar um dos idiomas oficiais da onu);
    preparação de um vocabulário técnico-científico comum.

  • cronologicamente 1-2

    1943– em vigência até 2008.
    1971 –mudam alguns acentos gráficos (êle/ele; sòmente/somente; sôbre/sobre; sózinho/sozinho...).
    1990 – celebrado o acordo que foi assinado pelos sete países lusófonos – cplp. unificação da ortografia portuguesa, que, para entrar em vigor, cada país deverá ratificar.
    2008 – em 29 de setembro, foi assinado pelo presidente luiz inácio lula da silva o decreto 6.586 que promulga o acordo ortográfico da língua portuguesa de 1990.
    2009 – entrou em vigor em 1º de janeiro de 2009 a nova ortografia da língua portuguesa aprovada em 1990.
    2012 – encerra-se o prazo de implantação da reforma ortográfica (quatro anos para a implantação plena do acordo).

  • cronologicamente 2-2

    2008 – ratificação do acordo por portugal (definindo que as mudanças em sua ortografia só passariam a valer dentro de seis anos). no brasil, a transição acontecerá até dezembro de 2012, período em que as duas formas coexistirão. o modo como se escreve hoje será admitido em vestibulares, concursos públicos, provas escolares, livros e órgãos de imprensa. a partir de 2013, o que “infringir” o atual acordo, será considerado “erro” pela gramática oficial da língua portuguesa.

    2009 – casos específicos e ainda pendentes em torno da grafia de certas palavras, certamente, serão definidos pelo vocabulário ortográfico da língua portuguesa – volp -, que será editado pela academia brasileira de letras.

  • publicações circulam entre as nações da comunidade dos países de língua portuguesa sem necessidades de revisão ou de “versões”.

    sentido político do acordo: o grande objetivo do acordo é unificar a ortografia de língua portuguesa.

    outros objetivos:

    facilitar o processo de intercâmbio cultural e científico entre as nações;

    ampliar a divulgação do idioma e da literatura em língua portuguesa.

    objetivos do acordo

  • o que muda com a nova ortografia no brasil:

  • 1) inclusão e letras no alfabeto

    o alfabeto passa a ter 26 letras:

    a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z

    as letras k, w e y são usadas em várias situações.
    por exemplo:

    na escrita de símbolos de unidades de medida: km (quilômetro), kg (quilograma), w (watt);

    na escrita de palavras e nomes estrangeiros (e seus derivados): show, playboy, playground, windsurf, kungfu, yin, yang, william, kaiser, kafka, kafkiano, kuwait, kuwaitiano.

  • 2) eliminação do trema

    não se usa mais o trema (sinal colocado sobre a letra u para indicar que ela deve ser pronunciada nos grupos gue, gui, que, qui).

    cinquenta

    linguiça

    ensanguentado

    eloquência
    eloquente

    tranquilidade tranquilo

    sequestro

    o trema permanece em nomes próprios estrangeiros e em palavras deles derivadas: müller / mülleriano

    pinguim

    consequência


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 33,09
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Não precisa se preocupar
  • Novo acordo ortográfico passa a vigorar
  • A velha e nova ortografia estarão convivendo
  • Uma transição tranquila
  • Um pouco complicado vestibulares e concursos
  • As novas regras e punirem com diminuição de pontos
  • Afinal, o jeito antigo de se escrever algumas palavras
  • O novo jei