Curso Online de Nova Ortografia da língua Portuguesa

Curso Online de Nova Ortografia da língua Portuguesa

Mostra como foi as novas mudanças na linguagem Portuguesa.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

De: R$ 60,00 Por: R$ 39,90
(Pagamento único)

Mais de 10 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Mostra como foi as novas mudanças na linguagem Portuguesa.

Pedagogia,Curso Normal(Magistério)



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • NOVA ORTOGRAFIA DA LÍNGUA PORTUGUESA

  • Introdução

  • A Língua Portuguesa, única do Ocidente a apresentar dois sistemas ortográficos oficiais, tem levado os países que compõem o mundo lusófono (especialmente Brasil e Portugal) a discutir, a partir do século XX, a necessidade cada vez maior em buscar uniformização na língua escrita portuguesa. Se questões de ordem histórica, cultural e social impedem uma coexistência ortográfica mais ampla, sentiu-se a premência da aproximação dos códigos escritos, visando-se a critérios de ordem política e econômica.

  • Como o quinto idioma mais falado no planeta, com cerca de 280 milhões de falantes, a Língua Portuguesa constitui-se como uma das línguas mais utilizadas no mundo, colocando-se, desta forma, como instrumento essencial nas relações comunicativas e interacionais entre as pessoas. Dessa forma, falar português assume destaque como importante moeda, quer no campo político, quer econômico, através de projetos que visam ao crescimento dos países que possuem a Língua Portuguesa como idioma oficial.

  • Demonstrando estas preocupações, em 1986 reuniram-se, no Rio de Janeiro, seis países falantes oficiais da Língua Portuguesa (Guiné-Bissau não compareceu e Timor Leste ainda não era uma república independente), estabelecendo os primeiros passos para um acordo ortográfico.

  • Em 1990, em Lisboa, voltaram a se reunir os sete países (Guiné-Bissau compareceu), firmando acordo que cria um pacto ortográfico que atinge os países lusófonos. Após 18 anos de sua elaboração, o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa passou a vigorar, no Brasil, a partir de 1º de janeiro de 2009, segundo decretos assinados pelo Presidente Lula. Nosso País, entre os que integram a CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa), foi o primeiro a adotar oficialmente a nova grafia, a partir do ano de 2009.

  • A vigência obrigatória do novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa foi adiada pelo governo brasileiro por mais três anos. A implementação integral da nova ortografia estava prevista para 1º de janeiro de 2013, contudo, o Governo Federal adiou para 1º de janeiro de 2016, prazo estabelecido também por Portugal.

  • As mudanças mais significativas alteram a acentuação de algumas palavras, extingue o uso do trema e sistematiza a utilização do hífen. No Brasil, as alterações atingem aproximadamente 0,5% das palavras. Nos demais países, que adotam a ortografia de Portugal, o percentual é de cerca de 1,43%.

  • Breve Histórico

  • Você pensa que a reforma ortográfica é novidade?

    Saiba que não! Os países de língua portuguesa já fizeram vários acordos para tentar unificar a escrita. O primeiro Acordo Ortográfico foi celebrado entre Brasil e Portugal em 1931, mas deixou muitas questões em aberto. No Brasil, esse acordo resultou no Formulário Ortográfico de 1943.

  • Em 1945, houve a segunda tentativa de unificação. O Acordo se tornou lei em Portugal, entretanto não foi ratificado pelo Congresso Nacional Brasileiro, que manteve o Formulário Ortográfico anterior. Novos acordos entre Brasil e Portugal começaram a vigorar em 1971 e 1973, porém davam ênfase à alteração dos acentos gráficos, especialmente os diferenciais.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 39,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.