Curso Online de BOAS PRATICAS PARA PRODUÇÃO HIGIENICA DO LEITE

Curso Online de BOAS PRATICAS PARA PRODUÇÃO HIGIENICA DO LEITE

Este curso destina-se aos profissionais das mais diversas áreas ligadas as indústrias de laticínios, e principalmente aos produtores de l...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 34 horas

Por: R$ 80,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso destina-se aos profissionais das mais diversas áreas ligadas as indústrias de laticínios, e principalmente aos produtores de leite. Este curso tem como objetivo fornecer as principais implicações sobre as Boas Práticas para a Produção Higiênica do Leite. O objetivo deste curso é repassar os procedimentos higiênicos que devem ser adotados durante a ordenha, no armazenamento e no transporte do leite, bem como também sob o manejo e controle da sanidade do rebanho. A adoção desses procedimentos de manejo do gado leiteiro contribui para a qualidade do leite, garantindo assim a segurança alimentar do consumidor.Para isso foi elaborado o curso a fim de fornecer subsídios para a realização das corretada, com a finalidade de evitar possíveis erros virtude de um erro no durante o manejo inadequado do rebanho, durante o processo de ordenha, ou ainda por uma conservação do produto ordenhado (leite). Este curso possui 338 slides.

Sou Biológo Licenciado pela Universidade do Estado de Mato Grosso - Unemat, com Especialização em Processamento e Controle de Qualidade em Carnes, Leite e Ovos, pela Universidade Federal de Lavras - UFLA, com 17 (doze) anos de experiência em laticinios, nas mais diverdas aréas, como laboratório Fisico-quimico e Microbiológico,atuando no Controle e na garantia da Qualidade. De 2013 a 2015 trabalhei na area de processamento e no controle de qualidade em um Frigorifico (abatedouro) de Aves, e em uma fabrica de industrializados embutidos de derivados de aves, atuando como Supervisor nas areas de Processamento Industrial na produção de Linguiças, Salsichas, Mortadelas, Presunto e Apresuntado de frango, e no Controle e Garantia da Qualidade. Em outubro de 2015 voltei a para no setor lacteo trabalhando novamente em laticínio, com produção de queijos: Mussarela, Prato, Provolone, Parmessão, Ricota, Minas Frescal, manteiga, doce de leite em pasta e barra, requeijão cremosso, creme de leite, nata, bebida láctea fermentada e não fermentada,iogurte,coalhada, etc. email para contato: jpdanibio@hotmail.com



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • BOAS PRÁTICAS PARA PRODUÇÃO HIGIÊNICA DE LEITE

    BOAS PRÁTICAS PARA PRODUÇÃO HIGIÊNICA DE LEITE

    1

    JOÃO PAULO DANI
    Biólogo CRB: 43.140/01
    Especialista em
    Controle de Qualidade

  • 2

    Olá!
    Sejam bem vindos.
    Neste cursos vamos estudar sobre:
    O que são Boas Praticas Higiênicas na Produção de Leite.
    Fatores de afetam a composição, a quantidade, e a qualidade do leite produzido.

  • 3

    Os principais conceitos básicos sobre higiene, limpeza e manipulação durante a ordenha, os procedimentos básicos sobre limpeza, higienização e sanitização das ordenhadeiras, resfriadores e demais utensílios, utilizados durante a ordenha, condições e armazenamento e resfriamento do leite após a ordenha, como prevenir e controlar a mastite, uso correto de antibióticos.

  • APRESENTAÇÃO

    APRESENTAÇÃO

    4

  • 5

    A população brasileira e mundial, estão cada vez mais exigentes, ansiando e buscando por alimentos de qualidade.
    Atenta a esta nova realidade, a pecuária de gado leiteiro, vem sendo marcada por um intenso processo de especialização da produção exigida, na mesma intensidade, pelas indústrias produtoras de laticínios, quanto à qualidade do leite produzido nas unidades de produção (fazendas leiteiras).

    APRESENTAÇÃO

  • 6

    APRESENTAÇÃO

    Essa grande demanda e procura por alimentos de qualidade, cada vez mais seguros está fazendo surgir diversos programas de controle sob as matérias-primas para assegurar a qualidade e segurança dos alimentos processados.
    Entre as principais ferramentas usadas pelas cadeias produtivas, destacam-se: Boas Práticas Agropecuárias, com os sistemas de Boas Práticas de Produção Higiênica – BPPH.

  • 7

    APRESENTAÇÃO

    Essas boas práticas higiênicas, empregadas dentro da fazenda leiteira devem assegurar que o leite seja produzido sempre a partir de animais saudáveis, em boas condições de higiene, e dentro de uma condição ambiental sustentável.
    Esses procedimentos devem sempre enfocar a prevenção dos problemas, uma vez que a sua correção é, na maioria das vezes, mais cara e sempre menos eficiente.

  • 8

    APRESENTAÇÃO

    As boas práticas agropecuárias (BPA) são na verdade um conjunto de atividades desenvolvidas dentro da fazenda leiteira, tem como objetivo principal o de garantir e assegurar a saúde, o bem estar, e a segurança dos animais, do homem e do ambiente, juntamente com a produção de produtos saudáveis.

  • 9

    APRESENTAÇÃO

    Essas práticas higiênicas, devem estar associadas juntamente com o processamento de derivados lácteos seguros e de boa qualidade, à sustentabilidade ambiental, e à possibilidade de agregação de valor, além de ser também uma exigência dos consumidores e da legislação brasileira e dos mercados internacionais..

  • 10

    APRESENTAÇÃO

     Adicionalmente, os programas de boas práticas de produção higiênica, requerem cuidados, e também necessidades de registros, e de uso de medicamentos veterinários, e também de defensivos agrícolas, e utilização de produtos de origem animal na alimentação dos animais, e também a identificação dos animais (rastreabilidade bovina).

  • 11

    APRESENTAÇÃO

    As principais vantagens para os produtores que implantam esses programas de controle de qualidade na produção leiteira, são o aumento da competitividade, o oferecimento de produtos diferenciados, e a maior garantia de permanência (sobrevivência) nos mercados.
    Para os consumidores, a principal vantagem, é a garantia de alimentos seguros e de alta qualidade, de bom valor nutricional, e de boa procedência.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 80,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • BOAS PRÁTICAS PARA PRODUÇÃO HIGIÊNICA DE LEITE
  • APRESENTAÇÃO
  • INTRODUÇÃO
  • PRÁTICAS DE MANEJO NA OBTENÇÃO DO LEITE
  • FATORES QUE PODEM INTERFERIR NA PRODUÇÃO DO LEITE
  • FATORES QUE PODEM VARIAR A COMPOSIÇÃO DO LEITE
  • RAÇA E ESPÉCIE DAS VACAS
  • ESTÁGIO/PERIODO DE LACTAÇÃO
  • HERANÇA GENÉTICA
  • ORDENHAS: NÚMERO, INTERVALO ENTRE AS ORDENHAS, MANEJO E PROCESSO
  • ESTAÇÕES DO ANO
  • SAÚDE DA VACA
  • MASTITE
  • ALIMENTAÇÃO A DAS VACAS ? NÍVEL NUTRICIONAL (PLANO DE NUTRIÇÃO E FORMA FÍSICA DA RAÇÃO)
  • IDADE DO ANIMAL
  • CONDIÇÕES AMBIENTAIS COMO CLIMA E TEMPERATURA AMBIENTE
  • FISIOLOGIA: INDIVIDUALIDADE, DIFERENÇAS ENTRE OS QUARTOS DO ÚBERE
  • DOENÇAS ? SAÚDE DO ANIMAL, COMO POR EXEMPLO INFECÇÃO DA GLÂNDULA MAMÁRIA
  • NÚMERO E INTERVÁ-LOS EM PARIÇÃO
  • MANEJO E PROCESSO
  • ADULTERAÇÕES
  • PRINCIPAIS FONTES DE CONTAMINAÇÃO DO LEITE
  • MANIPULADORES E ORDENHADORES
  • SUPERFÍCIE DO TETO DO ANIMAL
  • EQUIPAMENTOS, ACESSÓRIOS E UTENSÍLIOS DE ORDENHA
  • SISTEMA DE RESFRIAMENTO
  • CONTAMINAÇÃO PELO MEIO AMBIENTE
  • ÁGUA
  • SAÚDE DO ANIMAL
  • TRANSPORTE
  • ALIMENTAÇÃO
  • TEMPERATURA
  • INFECÇÕES INTRAMAMÁRIAS
  • O QUE É LEITE DE QUALIDADE?
  • COMO É FEITO O CONTROLE DE QUALIDADE DO LEITE?
  • COMO OBTER LEITE DE QUALIDADE?
  • HIGIENIZAÇÃO NO PROCESSO DE OBTENÇÃO DO LEITE
  • HIGIENE E MANEJO DURANTE OPROCESSO DE ORDENHA
  • CUIDADOS DURANTE O MANEJO DA ORDENHA
  • CONDIÇÕES HIGIÊNICAS DURANTE A ORDENHA
  • CARACTERÍSTICAS DE UM BOM ORDENHADOR
  • MEDIDAS DE CONTROLE DE HIGIENE DURANTE A ORDENHA
  • HIGIENIZAÇÃO DA SALA DE ORDENHA
  • HIGIENIZAÇÃO DOS LATÕES E UTENSÍLIOS
  • HIGIENIZAÇÃO DA ORDENHADEIRA
  • MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS
  • DESTINO DO LEITE DEPOIS DA ORDENHA
  • ARMAZENAGEM DO LEITE APÓS A ORDENHA
  • RESFRIAMENTO DO LEITE
  • EQUIPAMENTOS PARA REFRIGERAÇÃO
  • HIGIENIZAÇÃO DO RESFRIADOR DE LEITE
  • RESÍDUOS DE PRODUTOS AGROVETERINÁRIOS
  • 15 - RESÍDUOS DE PRODUTOS AGROVETERINÁRIOS
  • MOTIVOS DA APLICAÇÃO DE ANTIBIÓTICOS
  • 16 - MOTIVOS DA APLICAÇÃO DE ANTIBIÓTICOS
  • ANTIMICROBIANOS MAIS UTILIZADOS NA MEDICINA VETERINÁRIA
  • COMO PREVENIR RESÍDUOS DE ANTIBIÓTICOS
  • PREVENÇÃO DA CONTAMINAÇÃO DO LEITE POR MEDICAMENTOS VETERINÁRIOS
  • ORIGENS DOS RESÍDUOS DE ANTIBIÓTICOS
  • RAZÕES PARA APARECIMENTO DE RESÍDUOS NO LEITE
  • MEDIDAS DE CONTROLE E DE PREVENÇÃO DE RESÍDUOS NO LEITE
  • USO RESPONSÁVEL DE MEDICAMENTOS VETERINÁRIOS
  • CONTROLE DA MASTITE
  • O QUE É MAMITE?
  • PREJUÍZOS CAUSADOS PELA MAMITE
  • COMO A MAMITE É TRANSMITIDA
  • COMO CONTROLAR A MAMITE
  • SAÚDE ANIMAL E CONTROLE DE MASTITE
  • MEDIDAS PREVENTIVAS PARA EVITAR A ENTRADA DE DOENÇAS NA FAZENDA
  • APLICAÇÃO DAS BOAS PRATICAS DE PRODUÇÃO - BPP EM FAZENDAS LEITEIRAS
  • TREINAMENTO DE MÃO-DE-OBRA
  • GANHOS OBTIDOS COM LEITE DE BOA QUALIDADE
  • BIBLIOGRAFIA CONSULTADA