Curso Online de PLANOS DE AMOSTRAGEM PARA COLETA DE AMOSTRAS DE ALIMENTOS

Curso Online de PLANOS DE AMOSTRAGEM PARA COLETA DE AMOSTRAS DE ALIMENTOS

Este curso destina-se as profissionais de laboratórios nas mais diversas, áreas, principalmente das industriais produtores de produtos al...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 12 horas

Por: R$ 80,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso destina-se as profissionais de laboratórios nas mais diversas, áreas, principalmente das industriais produtores de produtos alimentícios. É de suma importância haver uma padronização dos planos de coleta de amostragens de alimentos para a realização de ensaios laboratoriais físico-químicos e microbiológicos, para que os analistas possam exercer suas atividades com alto índice de confiabilidade em seus ensaios laboratoriais. Para isso foi elaborado este curso a fim de fornecer subsídios para a utilização correta de planos de amostragem para coleta de amostras de alimentos de uma linha de produção de uma empresa. Este curso possui 126 Slides.

Sou Biológo Licenciado pela Universidade do Estado de Mato Grosso - Unemat, com Especialização em Processamento e Controle de Qualidade em Carnes, Leite e Ovos, pela Universidade Federal de Lavras - UFLA, com 17 (doze) anos de experiência em laticinios, nas mais diverdas aréas, como laboratório Fisico-quimico e Microbiológico,atuando no Controle e na garantia da Qualidade. De 2013 a 2015 trabalhei na area de processamento e no controle de qualidade em um Frigorifico (abatedouro) de Aves, e em uma fabrica de industrializados embutidos de derivados de aves, atuando como Supervisor nas areas de Processamento Industrial na produção de Linguiças, Salsichas, Mortadelas, Presunto e Apresuntado de frango, e no Controle e Garantia da Qualidade. Em outubro de 2015 voltei a para no setor lacteo trabalhando novamente em laticínio, com produção de queijos: Mussarela, Prato, Provolone, Parmessão, Ricota, Minas Frescal, manteiga, doce de leite em pasta e barra, requeijão cremosso, creme de leite, nata, bebida láctea fermentada e não fermentada,iogurte,coalhada, etc. email para contato: jpdanibio@hotmail.com



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • 1

    1

    1

    1

    1

    1

    1

    1

    1

    JOÃO PAULO DANI
    Biólogo CRB: 43.140/01
    Especialista em
    Controle de Qualidade

    PLANOS DE AMOSTRAGEM
    PARA COLETA DE
    AMOSTRAS DE ALIMENTOS

    1

  • 2

    2

    2

    2

    Olá!

    Sejam bem vindos.

    Neste cursos vamos estudar sobre:
    Planos de amostragem, para coleta de amostras de alimentos, para a realização de análises laboratoriais

    2

  • INTRODUÇÃO

    INTRODUÇÃO

    3

  • 4

    4

    4

    4

    4

    4

    4

    4

    4

    1 - INTRODUÇÃO

    4

    Existem vários parâmetros que determinam a qualidade de um alimento, sendo os mais importantes são, sem duvida aqueles que definem as suas características físico-químicas e microbiológicas, merecem destaque.

  • 5

    5

    5

    5

    5

    5

    5

    5

    5

    1 - INTRODUÇÃO

    5

    A avaliação da qualidade microbiológica em alimentos, fornece as informações que permitem avaliar um produto quanto as suas condições de processamento, armazenamento e distribuição para o consumo humano, sua vida útil e quanto ao risco à saúde da população.

  • 6

    6

    6

    6

    6

    6

    6

    6

    6

    1 - INTRODUÇÃO

    6

    Para que uma análise microbiológica, seja conduzida de forma que os seus resultados obtidos permitam um julgamento correto do produto analisado, é necessário que critérios de avaliação sejam claramente estabelecidos.

  • 7

    7

    7

    7

    7

    7

    7

    7

    7

    1 - INTRODUÇÃO

    7

    Esses critérios devem ser definidos de modo a assegurar e permitir uma avaliação segura e válida, relacionada à segurança que o produto oferece para o consumidor e também para o fabricante.

  • 8

    8

    8

    8

    8

    8

    8

    8

    8

    1 - INTRODUÇÃO

    8

    Esses critérios são estabelecidos pela legislação interna de cada pais, e também em nível internacionais, por um conjunto de órgãos, através que formam a Comissão do Codex Alimentarius.

  • 9

    9

    9

    9

    9

    9

    9

    9

    9

    1 - INTRODUÇÃO

    9

    De acordo com o Codex Alimentarius, os seguintes critérios itens compõem um critério microbiológico:

  • 10

    10

    10

    10

    10

    10

    10

    10

    10

    1 - INTRODUÇÃO

    10

    → O plano de amostragem, é o critério utilizado no qual se define o número de unidades a serem analisadas e o tamanho de cada unidade.

  • 11

    11

    11

    11

    11

    11

    11

    11

    11

    1 - INTRODUÇÃO

    11

    → A definição dos microrganismos que devem ser pesquisados em cada produto analisado, ou seja microrganismos indicadores, microrganismos patogênicos, etc.).


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 80,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • INTRODUÇÃO
  • ALGUMAS CONSIDERAÇÕES
  • ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE AMOSTRAGEM
  • LOTE
  • AMOSTRA DE UM LOTE
  • UNIDADE DE AMOSTRA
  • UNIDADE ANALÍTICA
  • ETAPAS DE UM PLANO DE AMOSTRAGEM
  • AMOSTRAGEM
  • TIPOS DE PLANOS DE AMOSTRAGEM
  • DEFINIÇÕES
  • TIPOS DE PLANOS DE AMOSTRAGEM MAIS UTILIZADOS
  • INTERPRETAÇÃO DOS RESULTADOS DAS ANÁLISES
  • CONCLUSÃO DOS RESULTADOS DAS ANÁLISES
  • CONSIDERAÇÕES FINAIS
  • BIBLIOGRAFIA CONSULTADA
  • 33 - BIBLIOGRAFIA CONSULTADA