Curso Online de Patologias  relacionadas com o estado nutricional  da criança  e  Patologias da pele
4 estrelas 17 alunos avaliaram

Curso Online de Patologias relacionadas com o estado nutricional da criança e Patologias da pele

A miliária, famosa brotoeja que povoa principalmente as crianças, surge quando o suor não consegue chegar à superfície da pele. O resulta...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

A miliária, famosa brotoeja que povoa principalmente as crianças, surge quando o suor não consegue chegar à superfície da pele. O resultado são pequenas bolhas, que coçam e ficam vermelhas. Uma alternativa para afastá-las ou diminuí-las é buscar por ambientes frescos. Procure um médico com o intuito de seguir o tratamento adequado.Os extremos de temperatura pioram a dermatite atópica, caracterizada por ressecamento e vermelhidão e que pode ser notada logo nos primeiros anos de vida. "Não tem como prevenir, porque é característica da pele. O dermatologista pode indicar medicamentos ou cremes."
As patologias inflamatórias, como dermatite seborreica (caspa) e a psoríase, por sua vez, ganham um alívio com os dias ensolarados. "O sol funciona como um anti-inflamatório para a pele, mas a exposição deve ser sem excessos e com filtro", afirmou.

O ressecamento anormal da pele de alguns idosos e crianças, chamado de xerose, diminui por conta da umidade característica do verão.

BOMBEIRO MILITAR DO RIO GRANDE DO NORTE HÁ 8 ANOS, ATUANTE NO GRUPO DE RESGATE DE ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR, INSTRUTOR DE PRIMEIROS SOCORROS HABILITADO PELO CBM-RN, INSTRUTOR NO SENAC-RN, CFEPS E ETEF, GRADUADO EM LICENCIATURA E BACHARELADO EM ENFERMAGEM UERN-RN, PÓS GRADUADO EM URGÊNCIA E EMERGÊNCIA NA FIP-PB


- Elidébora Benevides Freire Moura

- Jean Oliveira De Fi Gueiredo

- Patrícia Aparecida Reis Pereira

- Maristela Dos Santos Moreira Moura

- Renaly Gabriely De Araujo Rodrigues

- Solange Jesus De Sousa

- Âmile Anaiht Eloi Matos

- Léia De Carvalho Silva

- Marilia Da C.S Feitoza

- Elizangela Aparecida Tuliano

- Aline Silva Porto

- Laiara Lopes Dos Santos

- Carla Jani Costa De Aquino

- Laisa Lima Silva

- Samara Gomes Carvalho E Silva

- Tatiane Figueredo Araujo

"Alguns doenças só aparece o nome, e falta aparecer suas descrições."

- Suelen Da Silva Dias Da Rocha.

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • patologias relacionadas com o estado nutricional da criança
    patologias da pele

    railson lucena de araujo

  • SUBNUTRIÇÃO

    subnutrição

  • DESNUTRIÇÃO

    desnutrição

  • desnutrição protéico-calórica (dpc)

    é um estado crônico de carência calórico-protéica, no qual o organismo apresenta desaceleração, interrupção ou involução da evolução de seus parâmetros bioquímicos, funcionais e anatômicos, podendo a involução levá-los aos padrões do recém-nascido nos três setores.

  • a desnutrição pode originar-se de forma:

    primária: baixo nível sócio-econômico - pobreza, privação nutricional, más condições ambientais levando a infecções e hospitalizações frequentes, baixo nível educacional e cultural, negligência, falta de amamentação, privação afetiva. neste caso a correção da dieta bastará para que se obtenha a cura.

  • secundária: apesar de haver oferta existem outros fatores que impedem a ingestão e absorção dos alimentos - má-absorção, estenose do piloro, ou aumentam a sua necessidade - hipertireoidismo. sua evolução estará na dependência da doença que a ocasionou.
    mista: situação em que os dois mecanismos estão envolvidos.

  • A desnutrição se desenvolve em fases:

    a desnutrição se desenvolve em fases:

  • Tipos de desnutrição protéico-calórica:

    tipos de desnutrição protéico-calórica:

  • o kwashiorkor é menos comum do que o marasmo e normalmente acontece como kwashiorkor - marasmático. tende a ser limitado a algumas partes do mundo (áfrica rural, caribe, ilhas do pacífico, e sudeste da ásia) onde as comidas utilizadas para desmamar os bebês - como inhame, mandioca, arroz, batata-doce e bananas verdes - são deficientes em proteína.

  • A desnutrição de 3º grau pode ser:

    “kwashiorkor”
    caracterizada por edema, lesões de pele e cabelo, esteatose hepática, hipoalbuminemia, diarréia, e ainda, presença de tecido celular subcutâneo.

    a desnutrição de 3º grau pode ser:

  • A desnutrição de 3º grau pode ser:

    a desnutrição de 3º grau pode ser:

    marasmo

    há desaparecimento de tecido celular subcutâneo, albuminemia normal ou discretamente baixa


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • SUBNUTRIÇÃO
  • DESNUTRIÇÃO
  • A desnutrição se desenvolve em fases:
  • Tipos de desnutrição protéico-calórica:
  • A desnutrição de 3º grau pode ser:
  • Assistência de enfermagem
  • Como se dá a recuperação e adesão a atividade?
  • Assistência de enfermagem
  • Desnutrição X Obesidade
  • DIABETES INFANTO-JUVENIL
  • Fisiopatologia
  • SINTOMATOLOGIA
  • TERAPIA FARMACOLÓGICA
  • Complicações da terapia com insulina
  • Cetoacidose diabética - DKA
  • Tratamento médico e de enfermagem
  • PATOLOGIAS DA PELE
  • PEDICULOSE
  • ESCABIOSE
  • TRATAMENTO
  • IMPETIGO
  • TRATAMENTO DE IMPETIGO
  • CANDIDÍASE OU MONILÍASE
  • TRATAMENTO DA CANDIDÍASE
  • DERMATITE DE CONTATO
  • TRATAMENTO DERMATITE DE CONTATO
  • DERMATITE FRALDA OU AMONIACAL
  • TRATAMENTO DA DERMATITE FRALDA OU AMONIACAL
  • DERMATITE (ECZEMA) SEBORRÉICA
  • FATORES E TRATAMENTO DA DERMATITE (ECZEMA) SEBORRÉICA
  • MILIÁRIA
  • LARVA MIGRANS CUTÂNEA
  • REFERÊNCIAS