Curso Online de QUIMIOTERAPIA: Cardiotoxicidade, hepatotoxicidade e neurotoxicidade (Unidade IX)

Curso Online de QUIMIOTERAPIA: Cardiotoxicidade, hepatotoxicidade e neurotoxicidade (Unidade IX)

Este curso irá identificar os efeitos deletérios dos quimioterápicos na assistência de enfermagem referente à toxicidade cardíaca, hepáti...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

De: R$ 50,00 Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso irá identificar os efeitos deletérios dos quimioterápicos na assistência de enfermagem referente à toxicidade cardíaca, hepática, e neurológica.

Enfermeira especialista em Saúde Pública. Funcionária da Fundação Hemopa (Banco de Sangue). Preceptora de Estágio Supervisionado (Saúde Pública) do Curso de Graduação de Enfermagem da Escola Superior da Amazônia (ESAMAZ). Possui vasto conhecimento em Análises Clínicas e Hemostasia.É membro associado da Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia. Possui o TÍTULO de Proficiência Técnica de Enfermagem em Hematologia e Hemoterapia pela Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • QUIMIOTERAPIA: Cardiotoxicidade, hepatotoxicidade e neurotoxicidade (Unidade IX)

    quimioterapia: cardiotoxicidade, hepatotoxicidade e neurotoxicidade (unidade ix)

    enfª esp. thaís figueiredo

  • nesta unidade vamos identificar os efeitos deletérios dos quimioterápicos na assistência de enfermagem referente à toxicidade cardíaca, hepática, e neurológica.

  • é do nosso conhecimento que os antineoplásicos atuam no organismo de forma sistêmica.

    assim, ao agir em todas as células (neoplásicas ou não), em especial as de divisão rápida, os antineoplásicos produzem efeitos deletérios comprometedores, que exigem assistência de enfermagem adequada.

  • já tratamos de algumas toxicidades específicas. agora iremos trazer mais três:

    a cardiotoxicidade;
    a hepatoxicidade;
    a neurotoxicidade.

    em primeiro lugar, vamos abordar a cardiotoxicidade.

  • cardiotoxicidade:

     a cardiotoxicidade, ou toxicidade cardíaca, pode ser aguda ou crônica. 

  • aguda: ocorre durante as primeiras horas após a aplicação em bolus das drogas cardiotóxicas. as manifestações apresentadas (taquicardia sinusal, contração ventricular prematura e alterações na onda t e st) são transitórias, e não contraindicam aplicações posteriores da mesma droga.

  • crônica: pode manifestar-se durante o tratamento ou após semanas, meses ou anos depois do término do tratamento. também chamada de síndrome de cardiomiopatia cumulativa, é caracterizada por insuficiência cardíaca congestiva e falência cardíaca. tem uma evolução frequentemente progressiva e irreversível, sendo imprescindível, portanto, a prevenção e detecção precoce da cardiotoxicidade, uma vez que o tratamento das manifestações tardias não traduz bons resultados.

  • as drogas cardiotóxicas agem diretamente sobre as células das fibras cardíacas (miócitos), ligando-se às moléculas de ferro ou cobre na presença de oxigênio.

    esse complexo inibe a peroxidação lipídica, permitindo a formação de radicais de oxigênio que danificam o miócito, ocasionando fragmentação e desintegração das miofibrilas, edema das mitocôndrias e presença de corpúsculos de inclusão intracelular.

  • essa fibra cardíaca lesada perde sua contratilidade normal, ocasionando cardiomegalia e consequente aumento de demanda de oxigênio.

    o tratamento sintomático é feito com uso de digitálicos e diuréticos. a aplicação de quimioterápicos cardiotóxicos geralmente é interrompida, uma vez que seu efeito é cumulativo.

  • vamos partir agora para o nosso plano assistencial?

  • apresentamos, a seguir, um quadro em que se faz a relação entre o diagnóstico de enfermagem (nanda, 2010) e a respectiva intervenção de enfermagem.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • QUIMIOTERAPIA: Cardiotoxicidade, hepatotoxicidade e neurotoxicidade (Unidade IX)