Curso Online de Nutricionista de Produção em Residencial para Idosos - Atribuições e Responsabilidade Técnica

Curso Online de Nutricionista de Produção em Residencial para Idosos - Atribuições e Responsabilidade Técnica

O objetivo deste curso é trazer ao Nutricionista ferramentas e esclarecimentos para atuar na área de produção dentro de residenciais sêni...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 24 horas


Por: R$ 69,90
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O objetivo deste curso é trazer ao Nutricionista ferramentas e esclarecimentos para atuar na área de produção dentro de residenciais sênior, geriatrias, casas de repousos e cuidados ao idoso.
ILPI - Instituição de Longa Permanência para Idosos, assim chamada pela legislação vigente.

Eu vou te entregar o direcionamento necessário para você ter uma espetacular atuação na área de alimentação coletiva dentro de uma ILPI, desta forma ordenada ainda ter a possibilidade de trabalhar em inúmeros residenciais.
Este curso não tem a pretensão de abordar por completo cada assunto na área da alimentação coletiva, mas sim explorar tudo que os órgãos de fiscalização mais solicitam em suas visitas.
Você terá modelos de planilhas para mais variadas utilidades dentro de uma UAN, como: Controle de temperatura, registro de capacitação para os colaboradores, formulário para devolução de mercadoria não aprovada, entre muitas outras.
Você também vai encontrar exemplos de cardápios já testados em ILPI, assim como suas fichas técnicas editáveis, porque sabemos que neste nosso Brasil a variação de ingredientes para mesma receita é infinita.
Mais do que um curso, uma forma de amor!


Bacharel em Nutrição pelo Centro Universitário Metodista - IPA, MBA Gestão em UAN e em andamento na Pós graduação de Nutrição do Envelhecimento, também formada como Técnica em Nutrição e Dietética pela Escola Técnica Estadual Senador Ernesto Dornelles. Atuando na área de Alimentação Coletiva em um hospital e Atendimento Nutricional ao Paciente e Colaborador em Residenciais Sênior (ILPI).



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Boas Vindas!!!
    O que você vai encontrar neste curso?
    Meu objetivo hoje é te entregar o direcionamento, ferramentas e esclarecimentos necessários para você ter uma espetacular atuação na área de alimentação coletiva dentro de uma ILPI.
    Tornando mais eficaz e assertiva, sua trajetória diante da gestão de uma unidade de alimentação dentro de um residencial para idosos.
    Este curso não tem a pretensão de abordar profundamente cada assunto na área da alimentação coletiva, mas sim explorar tudo que os órgãos de fiscalização mais solicitam em suas visitas.

    Esta apresentação foi adaptar para o formato de retrato
    e assim contemplar
    a entrega das planilhas.

  • ILPI
    Instituição de Longa Permanência para Idosos
    Também conhecida como:
    Residencial para Idosos
    Residencial Sênior
    Casa de Repouso
    Geriatria

  • As Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) são instituições governamentais ou não-governamentais, de caráter residencial, e foram criadas com a finalidade de servir de domicílio coletivo para pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, com ou sem suporte familiar, em condição de liberdade, dignidade e cidadania.
    ILPI
    Instituição de Longa Permanência para Idosos

  • Qual o papel do Nutricionista dentro de um Residencial?
    Desempenhar atividades relativas à
    área de nutrição clínica e à área de alimentação coletiva.

    (Resolução CFN nº 600/2018)

  • Área de Nutrição Clínica
    Assistência Nutricional e Dietoterápica

    O nutricionista deverá desenvolver as seguintes atividades obrigatórias:

    Realizar triagem de risco nutricional quando da admissão do idoso.
    Elaborar o diagnóstico de nutrição.
    Elaborar a prescrição dietética.
    Estabelecer e executar protocolos técnicos do serviço por níveis de assistência nutricional.
    Registrar em prontuário do idoso a prescrição dietética e a evolução nutricional.
    Orientar e supervisionar a distribuição de dietas orais e enterais.
    Interagir com a equipe multiprofissional, definindo com esta, sempre que pertinente, os procedimentos complementares à prescrição dietética.
    Prescrever suplementos nutricionais, bem como alimentos para.
    Solicitar exames laboratoriais necessários à avaliação nutricional, à prescrição dietética e à evolução nutricional dos clientes/pacientes/usuários.
    Calma...Calma... Este já é assunto para outro curso...
    Qual o papel do Nutricionista dentro de um Residencial?

  • Qual o papel do Nutricionista
    dentro de um Residencial?
    (Resolução CFN nº 600/2018)
    ÁREA DE NUTRIÇÃO EM ALIMENTAÇÃO COLETIVA Gestão em UAN

     O nutricionista deverá desenvolver as seguintes atividades obrigatórias:

    Elaborar os cardápios de acordo com as necessidades nutricionais.
    Elaborar informação nutricional do cardápio e/ou preparações.
    Coordenar as atividades de recebimento e armazenamento de alimentos, material de higiene, descartáveis e outros.
    Elaborar e implantar fichas técnicas das preparações, mantendo-as atualizadas.
    Implantar e supervisionar as atividades de pré-preparo, preparo, distribuição e transporte de refeições e/ou preparações.
    Elaborar e implantar o Manual de Boas Práticas específico da UAN, mantendo-o atualizado.
    Elaborar e implantar os Procedimentos Operacionais Padronizados (POP)
    Promover periodicamente o aperfeiçoamento e atualização de funcionários.
    Promover programas de educação alimentar e nutricional para clientes/usuários.
    Elaborar relatórios técnicos de não conformidades e respectivas ações corretivas.
    Prestar atendimento, por meio de cardápio específico, aos clientes/usuários com doenças.

  • (Resolução CFN nº 600/2018)
    ÁREA DE NUTRIÇÃO EM ALIMENTAÇÃO COLETIVA Gestão em UAN

     O nutricionista deverá desenvolver as seguintes atividades obrigatórias:

    Promover a redução das sobras, restos e desperdícios.
    Monitorar as atividades de seleção de fornecedores e procedência dos alimentos.
    Participar das atividades de gestão de custos de produção.
    Participar do planejamento e da supervisão da implantação ou adequação de instalações físicas, equipamentos e utensílios da UAN.
    Realizar visitas periódicas aos fornecedores, avaliando o local e registrando os dados.
    Participar da definição do perfil, dimensionamento, recrutamento, seleção e avaliação de desempenho dos colaboradores.
    Promover a sensibilização de gestores e representantes de instituições da área quanto à responsabilidade destes pela saúde da população, bem como a importância do nutricionista neste processo.
    Organizar a visitação de clientes/usuários às áreas relacionadas à produção de refeições.
    Qual o papel do Nutricionista
    dentro de um Residencial?

  • (Resolução CFN nº 600/2018)
    ÁREA DE NUTRIÇÃO EM ALIMENTAÇÃO COLETIVA Gestão em UAN 
    O nutricionista deverá desenvolver as seguintes atividades obrigatórias:

    Realizar e divulgar estudos e pesquisas relacionados à sua área de atuação, promovendo o intercâmbio técnico-científico.
    Participar do planejamento e da supervisão das atividades de compras de alimentos, material de higiene, descartáveis e outros.
    Participar da elaboração dos critérios técnicos que subsidiam a celebração de contratos na área de prestação de serviços de fornecimento de refeições para coletividade.
    Participar do planejamento e supervisão de estágios para estudantes de graduação em nutrição e de curso técnico em nutrição e dietética e educação permanente para profissionais de saúde, desde que sejam preservadas as atribuições privativas do nutricionista.
    Realizar teste de aceitabilidade de preparações/refeições.
    Realizar análise sensorial das preparações por meio de testes de degustação prévios ao consumo.
    Promover ações de incentivo ao desenvolvimento sustentável.
    Qual o papel do Nutricionista dentro de um Residencial?

  • Dentro da Área de
    Alimentação Coletiva
    O Nutricionista assume
    Responsabilidade Técnica (RT)
    Ao menos um nutricionista por unidade.
    (Resolução CFN nº 576/2016, Art. 2º)

  • O Nutricionista (RT)
    é responsável pelo planejamento,
    coordenação, direção, supervisão e avaliação na área de
    alimentação e nutrição.

  • O módulo a seguir ...

    Veremos as primeiras ferramentas
    para nortearam todo o trabalho.

    Chek list para definir um panorama geral da situação encontrada em nossas unidades,
    também teremos instrumento para registro de nossas visitas ao local de trabalho,
    e até mesmo formulário para avaliação dos fornecedores.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 69,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Nutricionista de Produção em Residencial de Idosos
  • ::Módulo I
  • ..::ILPI - Instituição de Longa Permanência para Idosos
  • ..::Qual o papel do Nutricionista dentro de um residencial?
  • ..::Área de alimentação coletiva
  • ..::Nutricionista (RT)
  • ::Módulo II
  • ..::Lista de verificação das boas práticas
  • ..::Checklist para avaliação de fornecedor
  • ..::Supervisão das atividades - relatório de visita
  • ..::Pesquisa de satisfação
  • ::Módulo III
  • ..::Manual de Boas Práticas na Manipulação de Alimentos
  • ..::POP - procedimento operacional padronizados
  • ..::Para todo POP é necessário um monitoramento
  • ..::Supervisão das atividades seleção, compras e armazenamento de alimentos
  • ..::Controle de temperatura dos equipamentos
  • ..::Supervisão das atividades pré-preparo
  • ..::Coleta de amostras
  • ..::Preparo e distribuição de refeições
  • ..::Pia de higiene das mãos soluções sem obra
  • ::Módulo IV
  • ..::Planejamento dos cardápios de acordo com as necessidades da clientela
  • ..::Calculo do valor calórico das refeições
  • ::Módulo V
  • ..::Receituário padrão e fichas técnicas
  • ..::Controle periódico de resto ingestão
  • ::Módulo VI
  • ..::Programas de capacitação aos colaboradores
  • ..::Programas de educação alimentar
  • ::Módulo VII
  • ..::Material de Apoio Guia para elaboração do MB