Curso Online de NR 35- Trabalhos em Altura

Curso Online de NR 35- Trabalhos em Altura

O Curso de Formação em NR 35 ? Trabalho em Altura demonstrará de forma clara e abrangente como o aluno deve conhecer todos os dispositivo...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 8 horas


Por: R$ 24,90
(Pagamento único)

Mais de 20 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O Curso de Formação em NR 35 ? Trabalho em Altura demonstrará de forma clara e abrangente como o aluno deve conhecer todos os dispositivos normativos que regem o assunto sobre o trabalho em altura

Richard Balilla Formação - FMU-Pós-graduação Engenharia de segurança do trabalho - Universidade Mackenzie-Pós-graduação Engenharia de Telecomunicações - Universidade Estácio de Sá- Engenharia Elétrica - IESCS- Técnico Eletrônico - Technicolor (USA)- Capacitação em Projeção cinematográfica 3D - Deluxe (Canadá) Manutenção em reveladoras cinematográficas - KODAK (USA) Imagecare - Estudante Rosacruz desde 2010 - Mestre de Pronaus Loja R+C 2014 - Mestre de Loja R+C 2015-2016 - Mestre de Iniciática 1 Loja R+C 2017-2018



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Apresentação

    Balilla Engenharia
    2

  • Balilla Engenharia
    3
    Curso para trabalhos em altura NR35
    RICHARD BALILLA
    O Curso de Formação em NR 35 Trabalho em Altura demonstrará de forma clara e abrangente como o aluno deve conhecer todos os dispositivos normativos que regem o assunto sobre o trabalho em altura.
     
    Validade deste Curso
     
    Os cursos livres têm como Base Legal o Decreto Presidencial N° 5.154, de 23 de julho de 2004, Art.1°e ° e PORTARIA Nº 008, de 25/06/2002 publicado no DIÁRIO OFICIAL SC Nº 16.935 - 27.06.2002.
    Com este curso você poderá:
    Ao final do curso você receberá um certificado digital que terá validade para fins curriculares e em provas de títulos, como certificado de atualização/aperfeiçoamento, respeitando a carga-horária descrita e não podendo ser usado para outros fins.
    Por isso, destacamos que NÃO é um certificado técnico profissionalizante ou de graduação ou de pós-graduação e não dá direito de assumir responsabilidades Técnicas.
     
    Visando proporcionar maior qualidade e solucionar problemas na execução dos vídeos complementares da matéria, disponibilizei através de Links do site Youtube, proporcionando um aprendizado e compreensão melhor dos temas.
    Acesse o link dos vídeos recomendados nas páginas que complementam as matérias do curso.
     
    Todos os vídeos exceto o vídeo de apresentação deste curso, são de autoria de outros e todos os direitos autorais dos mesmos estão preservados e citados, e é importante frisar que estão sendo usados apenas como referencias e ilustrações nos devidos assuntos

    Caso você necessite de um certificado profissional, por favor, entre em contato por e-mail:
    richard.balilla@balillaengenharia.com.br

  • Curso NR 35 segundo a Portaria SEPRT 915, de 30/07/2019

    Conteúdo pragmático
    a) Normas e regulamentos aplicáveis ao trabalho em altura; 

    b) Análise de Risco e condições impeditivas;

    c) Riscos potenciais inerentes ao trabalho em altura e medidas de prevenção e controle;

    d) Sistemas, equipamentos e procedimentos de proteção coletiva;

    e) Equipamentos de Proteção Individual para trabalho em altura:
    Seleção, Inspeção, Conservação e Limitação de uso;

    f) Acidentes típicos em trabalhos em altura;

    g) Condutas em situações de emergência, incluindo noções de técnicas de resgate e de primeiros socorros.

    Balilla Engenharia
    4

  • RICHARD BALILLA

    ELETRICISTA INDUSTRIAL
    TÉCNICO ELETRÔNICO
    ENGENHEIRO ELETRICISTA
    ENGENHEIRO DE TELECOM
    ENGENHEIRO DE SEGURANÇA DO TRABALHO

  • INTRODUÇÃO

    O QUE É UMA NR
    COMO SURGIRAM AS NR´S
    QUANTAS SÃO AS NR´S
    NR 35

    Balilla Engenharia
    6

  • NR

    Trata-se do conjunto de requisitos e procedimentos relativos à segurança e medicina do trabalho, de observância obrigatória às empresas privadas, públicas e órgãos do governo que possuam empregados regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho

    Balilla Engenharia
    7

  • COMO SURGIRAM AS NR´S

    Cenário nacional
    Quando as normativas foram criadas no Brasil, não só o setor da construção civil, mas todas as áreas careciam de um normativa legal para que houvesse melhorias nos ambientes de trabalho.
    “Antes das NRs, o número de acidentes e de adoecimentos era alto e, por isso, fez-se necessário que o governo inserisse parâmetros legais regulatórios”, comenta o engenheiro e fiscal do Ministério do Trabalho e Emprego, Antonio Pereira Nascimento.

    FONTE: https://salettoedu.com/como-surgiram-normas-regulamentadoras/
    Balilla Engenharia
    8

  • COMO SURGIRAM AS NR´S

    O também engenheiro e fiscal do MTE, Gianfranco Pampalon, relata que, na década de 1970, a cada sete empregados, um sofria acidente de trabalho. “Vivíamos uma era de grande crescimento econômico e, portanto, muitas obras de infraestrutura foram realizadas, causando diversos acidentes e mortes motivadas pela falta de segurança. A situação prénormas regulamentadoras era muito, mas muito ruim”, analisa.

    FONTE: https://salettoedu.com/como-surgiram-normas-regulamentadoras/

    Balilla Engenharia
    9

  • COMO SURGIRAM AS NR´S

    No período citado por Gianfranco, havia grande informalidade nos contratos laborais, principalmente nos canteiros de obra, e foi em virtude deste quadro que o governo brasileiro, signatário de várias resoluções da organização Internacional do Trabalho (OIT), se viu obrigado a tomar uma iniciativa para reduzir os altos números de acidentes.

    FONTE: https://salettoedu.com/como-surgiram-normas-regulamentadoras/

    Balilla Engenharia
    10

  • COMO SURGIRAM AS NR´S

    “O Brasil mudou muito nos últimos anos. Claro que ainda não dá para ficarmos plenamente satisfeitos, mas também não podemos não reconhecer que aconteceram melhorias significativas na vida dos trabalhadores, e neste sentido as normas regulamentadoras, assim com as normas técnicas e as leis relativas ao trabalho, têm ajudado bastante”, analisa o diretor de produtos das lojas Casa do Construtor, Expedito Eloel Arena.

    FONTE: https://salettoedu.com/como-surgiram-normas-regulamentadoras/

    Balilla Engenharia
    11

  • COMO SURGIRAM AS NR´S

    Primeiramente, a lei nº 6.514 de 22 de dezembro de 1977, estabeleceu a redação dos ART. 154 a 201 da Consolidação das Leis do Trabalho CLT, relativas à segurança e medicina do trabalho. Conforme, o art. 200 da Consolidação das Leis do Trabalho CLT cabe ao Ministério do Trabalho estabelecer as disposições complementares às normas relativas à segurança e medicina do trabalho.Fonte: INBEP http://blog.inbep.com.br/normas-regulamentadoras-nrs-o-que-e/ .

    Balilla Engenharia
    12


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 24,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Curso NR 35 segundo a Portaria SEPRT 915, de 30/07/2019
  • Conteúdo pragmático
  • a) Normas e regulamentos aplicáveis ao trabalho em altura;
  • b) Análise de Risco e condições impeditivas;
  • c) Riscos potenciais inerentes ao trabalho em altura e medidas de prevenção e controle;
  • d) Sistemas, equipamentos e procedimentos de proteção coletiva;
  • e) Equipamentos de Proteção Individual para trabalho em altura:
  • Seleção,
  • Inspeção,
  • Conservação e
  • Limitação de uso;
  • f) Acidentes típicos em trabalhos em altura;
  • g) Condutas em situações de emergência, incluindo noções de técnicas de resgate e de primeiros socorros.