Curso Online de Nutrindo Bem o Sistema Imunológico e a Pele

Curso Online de Nutrindo Bem o Sistema Imunológico e a Pele

A prática da imunonutrição ajuda no controle da resposta inflamatória no início da cirurgia e a amenizar a lesão do tecido associado ajud...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 20 horas


Por: R$ 23,99
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

A prática da imunonutrição ajuda no controle da resposta inflamatória no início da cirurgia e a amenizar a lesão do tecido associado ajudando a prevenir infecções e morbidade.
A pele reflete como cuidamos da nossa saúde.

Professor no ensino superior, médio e fundamental. Pesquisador de qualidade de vida e alimentação saudável. Especialista em nutrição clínica e esportiva; gerontologia e qualidade de vida. Professor de ciência dos alimentos, biologia, química, ciências e bioquímica. Mestre em alimentos e nutrição. Estudo intensamente nutrição, alimentos e gerontologia, dentre outras áreas. Nestes cursos transmito informações preciosas e atualizadas sobre alimentação e saúde com total credibilidade e clareza após estudar intensamente cada conteúdo.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Nutrindo Bem o Sistema Imunológico e a Pele

  • Imunonutrição é o estudo das interações entre nutrição e imunidade.

  • A habilidade dos nutrientes em influenciar a atividade de células do sistema imune de maneira clinicamente significativa é definida como imunonutrição. Em pacientes que requerem nutrição enteral e/ou parenteral, os benefícios da imunonutrição podem ser observados na modificação dos processos pró-inflamatórios (incluindo o estresse oxidativo) e na melhora da barreira intestinal, prevenindo a translocação bacteriana.

  • Os antígenos possuem estruturas químicas que favorecem a complementaridade com o anticorpo, através de ligações não-covalentes. Essas interações são semelhantes ao que acontece com reações envolvendo enzimas. Portanto são reversíveis e possuem afinidades diferentes com diversas substâncias.

    O antígeno pode ser capaz de ativar o sistema imune e induzir a produção de anticorpo, ou seja, apresentar imunogenicidade.

    É toda estrutura capaz de reagir com células do sistema imune ou de interagir com anticorpo sintetizado contra si próprio.

    É capaz de se ligar ao anticorpo ou a receptores presentes em linfócitos B ou linfócitos T.

  • A

  • As células do sistema imunológico comunicam-se entre si através de mecanismos semelhantes a hormônios. As células alvas têm receptores em suas membranas plasmáticas que se ligam especificamente às suas moléculas sinalizadoras, causando modificações na molécula, desencadeando uma cascata de ativações envolvendo proteinoquinase e fosforilase. Quanto às células do sistema imunológico, marque a alternativa INCORRETA.

    a) Linfócitos T Atuam na imunidade humoral e mediada por células;
    b) Linfócitos B Atuam na imunidade humoral; células apresentadoras de antígenos;
    c) Linfócitos T citotóxicos matam células na imunidade mediada por células, atacam e destroem células alvo que expressam certos antígenos.
    d) Linfócitos B Atuam na imunidade humoral e mediada por células.
    Biólogo - SAAE - Pref. Governador Valadares/MG 2016

  • D

  • Os anticorpos são moléculas glicoproteicas que se ligam a antígenos e tem a capacidade de neutralizá-los. No organismo humano, a célula responsável pela produção de anticorpos é

    (A) a célula T reguladora. (B) o linfócito T. (C) a célula NK.
    (D) o linfócito B. (E) o monócito.
    Biólogo EBSERH 2016

  • D

  • Em algumas patologias, é possível a visualização de neutrófilos não maduros durante a contagem diferencial de leucócitos. Essas células são denominadas (A) macrófagos. (B) monócitos. (C) mielócitos. (D) bastonetes. (E) eritrócitos.
    Biólogo EBSERH 2016

  • Os macrófagos teciduais começam sua vida como monócitos no sangue.
    https://bdigital.ufp.pt/bitstream/10284/5175/1/PPG_23493.pdf


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,99
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Sistema Imunológico
  • Nutrindo Bem o Sistema Imunológico
  • Vitamina D
  • Zinco
  • Nutrição e Pele Saudável
  • Histologia da Pele
  • Radiação Ultravioleta
  • Antioxidantes
  • Envelhecimento Cutâneo
  • Carotenoides
  • Polifenóis
  • Vitamina C
  • Vitamina E
  • Nutrição e Cicatrização