Curso Online de Boas Práticas De Fabricação Em Indústrias de Alimentos
5 estrelas 7 alunos avaliaram

Curso Online de Boas Práticas De Fabricação Em Indústrias de Alimentos

Para que as empresas sejam competitivas no mercado e para garantir a satisfação de seus consumidores é de suma importancia que as organiz...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 24 horas

Por: R$ 40,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Para que as empresas sejam competitivas no mercado e para garantir a satisfação de seus consumidores é de suma importancia que as organizações invistam em programas de qualidade.
Neste sentido, as Boas Práticas de Fabricação são a base de todos os outros programas de qualidade, tais como APPCC e ISO 22000

Mestre em Agronegócios, Especialista em Controle e Processamento de Alimentos, Graduada em Medicina Veterinária. Atua como docente nas áreas de garantia da qualidade de produtos agropecuários e agroengócios. Consultora na área de garantia da qualidade e registro de produtos.


- Verônica Regina Picalho De Souza

- Luciano Mário Melo Da Silva

- Oldair César Dos Santos Garcia

"Ã?TIMO FIZ ESSE CURSO EM UMA ESCOLA NA MINHA CIDADE, MAS NÃ?O TEM QUASE NADA ESSE CURSO Ã? COMPLETO."

- Silvia Das GraÇas Bento

"Excelente curso, aprendi bastante, só achei que deveria ser impresso todo conteúdo realizado, na parte de trás do certificado de conclusão."

- Gabriel Brunetto

"envio a minha opinião que é excelente"

- Elizabet Ferreira De Almeida

- Marcos Da Silva Costa

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • CURSO DE BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO EM INDÚSTRIAS DE ALIMENTOS

    curso de boas práticas de fabricação em indústrias de alimentos

    profª msc. dione carina francisco

  • Dinâmica do Curso

    dinâmica do curso

    prezado (a)!
    nosso curso está dividido em alguns tópicos:
    1º identificação de perigos em alimentos: neste tópico voce conhecerá os perigos físicos, químicos e biológicos que podem contaminar os alimentos. devemos conhecê-los para preveni-los.
    2°boas práticas de fabricação : abordaremos os conceitos das bpf´s e sua aplicação.
    3° higiene pessoal: um dos pontos de maior relevancia na industria de alimentos
    4º higiene do estabelecimento: tão importante quanto o quesito higiene pessoal.

  • Perigos químicos e físicos

    agentes,ocorrência, prevenção e controle

    profª msc dione carina francisco

    perigos químicos e físicos

    curso boas práticas de fabricação para indústrias de alimentos

  • profª msc dione carina francisco

    perigos para a
    saúde pública

    doenças transmitidas por alimentos

  • profª msc dione carina francisco

    importante

    para cada perigo identificado
    deve-se definir as medidas preventivas
    necessárias para o seu controle

  • DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS

    doenças transmitidas por alimentos

    profª msc dione carina francisco

    toxinas: produzidas pelas bactérias staphylococcus aureus, clostridium spp, bacillus cereus, escherichia coli, vibrio spp etc

    bactérias: salmonella spp, shigella spp, escherichia coli etc

    vírus: rotavirus, etc

    parasitas: entamoeba spp, giardia lamblia, cryptosporidium parvum etc.

    substâncias tóxicas: metais pesados, agrotóxicos etc.

  • profª msc dione carina francisco

    a produçao alimentária
    deve satisfazer

    o consumidor

    os objetivos ambientais,
    sanitários.concorrência

  • CONSUMIDORES

    consumidores

    profª msc dione carina francisco

    o risco no setor alimentício é inaceitável
    os alimentos têm um considerável valor social e cultural
    os consumidores ignoram o processo produtivo dos alimentos

  • Conceito integrado de qualidade alimentar

    conceito integrado de qualidade alimentar

  • RESPONSABILIDADES

    responsabilidades

    profª msc dione carina francisco

  • Perigos em Alimentos: CLASSIFICAÇÃO

    perigos em alimentos: classificação

    profª msc dione carina francisco

    segundo a portaria mapa nº 46/98
    perigo é definido como “causas potenciais de danos inaceitáveis que possam tornar um alimento impróprio ao consumo e afetar a saúde do consumidor, ocasionar a perda da qualidade e da integridade econômica dos produtos”(brasil, 1998).


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 40,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • CURSO DE BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO EM INDÚSTRIAS DE ALIMENTOS
  • Dinâmica do Curso
  • Perigos químicos e físicos
  • DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS
  • CONSUMIDORES
  • Conceito integrado de qualidade alimentar
  • RESPONSABILIDADES
  • Perigos em Alimentos: CLASSIFICAÇÃO
  • PERIGOS
  • Como chegam até o alimento?
  • PERIGOS FÍSICOS
  • Perigos físicos
  • PERIGOS FÍSICOS:QUAIS OS PROBLEMAS PARA A SAÚDE?
  • Perigos para o trato digestivo
  • Perigos para o trato respiratório
  • MADEIRA
  • PEDRA
  • PEDRAS
  • METAIS
  • VIDRO
  • ESPINHAS,OSSOS
  • ESPINHAS, OSSOS
  • PLÁSTICO
  • PERIGOS QUÍMICOS
  • PERIGOS QUÍMICOS
  • COMO OS PERIGOS QUÍMICOS PODEM CHEGAR AO ALIMENTO?
  • Origem dos contaminantes químicos na produção primária
  • COMPETÊNCIAS
  • Foram aprovadas duas propostas relativas a medicamentos veterinários:
  • ACRILAMIDA
  • ADITIVOS QUÍMICOS
  • ADITIVOS QUÍMICOS
  • ALERGENOS
  • DIOXINA
  • DIOXINAS
  • DIOXINA
  • FORMAÇÃO DE DIOXINA
  • PREOCUPAÇÕES C/ DIOXINA
  • DIOXINA
  • Hidrocarbonetos poliaromáticos
  • METAIS PESADOS
  • MICOTOXINAS
  • MICOTOXINAS - AFLATOXINA
  • ALFATOXINA
  • AFLATOXINA
  • Aflatoxina em leite
  • FUMONISINAS
  • PATULINA
  • ZEARALENONA
  • PERIGOS QUÍMICOS
  • Em resumo...
  • Medidas preventivas
  • METAIS PESADOS
  • TOXINAS NATURAIS
  • Toxinas naturais em pescado
  • MITILOTOXINA (PST)
  • MITILOTOXINA
  • ICTIOTOXINAS
  • TETRADOTOXINAS
  • CIGUATOXINA
  • Mecanismo de ação
  • escombrotoxina
  • TIRAMINA
  • ENCEFALOPATÍA ESPONGIFORME BOVINA
  • Produtos de higienização e sanitização (resíduos)
  • Produtos de limpeza
  • O que monitorar?
  • RESÍDUOS BIOLÓGICOS EM PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL
  • CRITÉRIOS PARA INCLUSÃO DE UMA DROGA NO PNCRB
  • DROGAS PROIBIDAS
  • UTILIZAÇÃO DAS DROGAS CONTIDAS NO PNCRB
  • ANIMAIS VIVOS
  • Após a colheita, transferir a urina para o frasco padronizado fornecido pela SSA/DFA. No caso da colheita que se destina ao Subprograma de investigação a urina deverá ser dividida em dois frascos (prova e contraprova). Neste caso também, os frascos deverão ser fechados e lacrados na presença do proprietário e/ou proposto e testemunhas. Congelar o frasco e remetê-lo ao Laboratório.
  • BOVINOS DE LEITE
  • CARNE IMPORTADA
  • PREVENÇÃO
  • Boas práticas de fabricação aplicadas a industrias de alimentos
  • Dione Carina Francisco
  • Boas Práticas de Fabricação
  • Por que implementar BPF se nunca reclamaram do meu produto????
  • Não ter BPF é sinônimo de...
  • Qualidade
  • QUALIDADE
  • O que é inocuidade?
  • PRODUTO DE QUALIDADE
  • Conceito integrado de qualidade alimentar
  • CONSUMIDORES
  • RESPONSABILIDADES
  • Responsabilidades - GOVERNO
  • Responsabilidades- Profissionais da garantia da qualidade
  • Ferramentas de qualidade
  • Profissionais da área de alimentos
  • legislação
  • Codex alimentarius
  • Onde encontrar a legislação vigente:
  • Portaria n° 368, de 04 de setembro de 1997. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
  • Boas Práticas de Fabricação
  • BPF
  • Vantagens
  • Se pensarmos em gestão da qualidade...
  • IMPORTANTE!!!!
  • Para que serve o Manual de Boas Práticas?
  • Como montar o Manual?
  • E os custos envolvidos no processo de implementação?
  • Se pensarmos em gestão da qualidade...
  • Quando Começamos a Pensar nas BPF´s?
  • ESCOLHA DO TERRENO
  • INSTALAÇÕES
  • FLUXO DE TRABALHO E LAY-OUT DE FÁBRICAS DE ALIMENTOS
  • CONDIÇÕES HIGIÊNICO- SANITÁRIAS DOS ESTABELECIMENTOS
  • VESTIÁRIOS E SANITÁRIOS
  • Equipamentos de Processamento de Alimentos:
  • EXPEDIÇÃO DOS PRODUTOS
  • Requisitos de Higiene
  • Requisitos de Higiene na Elaboração
  • E LEMBRE-SE!!!!
  • Em resumo
  • PPHO- HIGIENE PESSOAL
  • PPHO- PESSOAL
  • PPHO: PESSOAL
  • COMO LAVAR AS MÃOS
  • VISITANTES
  • SAÚDE DO TRABALHADOR
  • POP –HIGIENE DOS FUNCIONÁRIOS
  • SENSIBILIZAÇÃO
  • FORMAÇÃO DE PESSOAL
  • HIGIENIZAÇÃO DE INDÚSTRIAS DE ALIMENTOS
  • HIGIENIZAÇÃO
  • LIMPEZA
  • SANITIZAÇÃO
  • HIGIENIZAÇÃO EFICIENTE
  • SUJIDADES
  • TÉCNICAS DE LIMPEZA
  • COMPONENTE FÍSICO
  • COMPONENTE MECÂNICO
  • PRÉ-LAVAGEM
  • LIMPEZA COM DETERGENTE
  • TIPOS DE DETERGENTES
  • PROPRIEDADES E QUALIDADES DOS DETERGENTES
  • ENXÁGÜE
  • SANITIZAÇÃO
  • TÉCNICAS DE DESINFECÇÃO
  • PPHO
  • Pop