Curso Online de COMO DAR UMA AULA
4 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de COMO DAR UMA AULA

A aula. Objetivos-conteúdos-métodos. A estruturação da aula. Exemplos de técnicas e métodos.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

De: R$ 50,00 Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Mais de 100 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

A aula. Objetivos-conteúdos-métodos. A estruturação da aula. Exemplos de técnicas e métodos.

Pedagoga. Psicopedagoga. Especialista em Formação de Professores. Mestre em Educação.


"Olá pessoal ! Quero que saibam que eu amei fazer este curso. Na verdade me serviu com uma reciclagem.Por isso agradeço e recomendo,este curso é excelente."

- Maria Das Graças Ferreira De Oliveira

"Razoável!"

- Aline Gomes Rossi

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • COMO DAR UMA BOA AULA

    COMO DAR UMA BOA AULA

    Profª. Me. Fernanda Chaves C. Soares

  • O QUE É AULA?

    O QUE É AULA?

    A aula é um momento estruturado de trabalho no qual se processa o processo de ensino e de aprendizagem.

    A aula pressupõe sujeitos – professor e alunos; um objeto de trabalho e, por isso, elemento de ligação entre eles – os conteúdos.

  • Para dar uma boa aula, é necessário que o professor saiba ensinar...
    Saber ensinar exige:
    saber MUITO BEM o que se ensina – conteúdo;
    Saber muito bem como se pode ensinar aquele conteúdo – várias opções didáticas;
    Saber muito bem como aprendem os alunos que queremos ensinar
    Saber muito bem ESCOLHER, CONCEBER e JUSTIFICAR a nossa acção de ensinar – estratégia e finalidade

  • O ensino consiste na mediação de objetivos-conteúdos-métodos que assegure o encontro formativo entre os alunos e as matérias escolares, que é o fator decisivo da aprendizagem. (LIBÂNEO, 1994, p. 70)

    Neste sentido, o ensino é tarefa do professor.
    Cabe à ele, conhecer as peculiaridades do processo de ensino para saber como organizá-lo sempre em busca de uma aprendizagem significativa.

  • COMPONENTES DO PROCESSO DE ENSINO

    COMPONENTES DO PROCESSO DE ENSINO

    OBJETIVOS DE ENSINO: Finalidade concreta, prática alcançável. Indicam as linhas os caminhos e os meios para toda a ação.


    A delimitação de objetivos educacionais é exigência indispensável para o trabalho docente.

  • Características

    Características

    Clareza: descrever e comunicar claramente o que se quer alcançar.
    Simplicidade: exigência da própria realidade concreta dos alunos, dos professores e das instituições educacionais.
    Validade: depende das necessidades e urgências, interesses e capacidades dos alunos.
    Operacionalidade: é algo que se quer alcançar através de um agir possível, concreto e viável.
    Observável: a ação requer a possibilidade de constatar se houve mudanças e em que grau e nível se processaram. Deve ser avaliado ou observado.

  • COMPONENTES DO PROCESSO DE ENSINO

    COMPONENTES DO PROCESSO DE ENSINO

    2. CONTEÚDOS DE ENSINO
    Conjunto de conhecimentos. Habilidades, hábitos, modos valorativos e atitudinais de atuação social, organizados pedagógica e didaticamente.
    Conceitos, ideias, fatos, processos, princípios, leis científicas, regras, habilidades cognoscitivas, modos de atividade, métodos de compreensão e aplicação, hábitos de estudo, de trabalho e de convivência social; valores, convicções e atitudes.

  • Seleção e Organização dos conteúdos

    Seleção e Organização dos conteúdos

    Vinculados aos objetivos propostos;
    Significativos;
    Que despertem interesses nos alunos;
    Os que podem ser aprendidos em relação ao tempo disponível.

  • Critérios na seleção de conteúdos

    Critérios na seleção de conteúdos

    Correspondência entre objetivos gerais e conteúdos;
    Caráter científico;
    Caráter sistemático;
    Relevância social;
    Acessibilidade e solidez.

  • Tipos de Conteúdos

    Tipos de Conteúdos

    Conceitual – “Saber” – representações ou conteúdos de consciência conhecimentos de fatos, fenômenos, conceitos, princípios, leis, saberes, ideias, imagens, esquemas e informações.
     
    Procedimental: “Saber fazer” –Mecanismos operatórios. Domínio de habilidades, competências, aptidões, procedimentos, destrezas, capacidades, método de pesquisa, desenvolvimento de operações mentais e hábitos de estudo.
     
    Atitudinal: “Ser/ saber ser” – Disposição do sujeito: modos de agir, sentir e se posicionar. Envolvimento, interesse, atitude, postura, valores, posicionamento, convicções, preocupações, normas, regras e vontades.

  • COMPONENTES DO PROCESSO DE ENSINO

    COMPONENTES DO PROCESSO DE ENSINO

    3. Métodos de ensino: é o como ensinar. Como o professor vai trabalhar os conteúdos de ensino para alcançar os objetivos de ensino.

    Isso envolve...


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • COMO DAR UMA BOA AULA
  • O QUE É AULA?
  • COMPONENTES DO PROCESSO DE ENSINO
  • Características
  • COMPONENTES DO PROCESSO DE ENSINO
  • Seleção e Organização dos conteúdos
  • Critérios na seleção de conteúdos
  • Tipos de Conteúdos
  • COMPONENTES DO PROCESSO DE ENSINO
  • MÉTODOS, TÉCNICAS E MEIOS DE ENSINO
  • Métodos – Classificação de Libâneo
  • Métodos – Classificação de Irene Carvalho
  • O TRABALHO DOCENTE
  • A estruturação didática da aula
  • Controle e avaliação dos resultados escolares
  • Conhecendo melhor alguns métodos e técnicas...
  • ESTUDO DIRIGIDO
  • AULA EXPOSITIVA DIALOGADA
  • Pontos Positivos da Técnica
  • CONVERSAÇÃO DIDÁTICA
  • Debate
  • DEBATE
  • PHILIPS 66
  • Philips 66
  • Tempestade mental
  • GV GO
  • SEMINÁRIO
  • CONSIDERAÇÕES FINAIS