Curso Online de Drenagem pós operatória
1 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de Drenagem pós operatória

O objetivo deste curso é q você entenda a importancia da drenagem linfática no pré e pós operatório,mostar os diferente tipos de cirurg...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

De: R$ 100,00 Por: R$ 70,00
(Pagamento único)

Mais de 100 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O objetivo deste curso é q você entenda a importancia da drenagem linfática no pré e pós operatório,mostar os diferente tipos de cirurgias plática e como são realizadas,quais são as complicações cirurgicas mais comuns!

Lílian Vergna Silva de Jesus Nascimento: 20/06/1988, Brasileira, Solteira. Estrada da cachamorra 1115 bl 4 407 - Rio de Janeiro - RJ Telefone: (21) 982707030 - 34040925 / E-mail: lilianvergna@hotmail.com OBJETIVO Estética corporal e facial FORMAÇÃO ? Superior em Estética corporal e facial e terapia capilar Universidade UNISUAM (2007 ? 2010) EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL ? 2005 - 2007 ? Centro de tratamento corporal Yeshua Cargo: Auxiliar de estética Principais atividades: Operação de aparelhos ? drenagem- depilação ? organização de agenda ? 2007 - 2009 ? Centro de tratamento capilar e estético Ágape Cargo: Gerencia de atendimento Principais atividades: Coordenação de equipe ? organização de agenda ? esteticista facial e corporal ? depiladora ? 2009 ? 2010 ? Lavi Salão e Curso Cargo: Esteticista Principais atividades: Estética corporal e facial e depiladora: operação de aparelhos ? massoterapia ? tratamento faciais ? 2010 - Emagrecentro Cargo: Estágio Principais atividades: Estética corporal e facial: operação de aparelhos ? massoterapia ? tratamento faciais ? 2010 - SPAZIO Centro de beleza e estética Cargo: Esteticista Principais atividades: Estética corporal e facial e depiladora : operação de aparelhos ? massoterapia ? tratamento faciais QUALIFICAÇÕES E ATIVIDADES PROFISSIONAIS ? Depilação (Tree hair, conclusão em 2008). ? Micro-informática (Senac, conclusão em 2006). ? Operação de aparelhos estético (Unisuam conclusão em 2010) ? Massoterapia (Unisuam conclusão em 2010) ? Tratamento faciais (Unisuam conclusão em 2010)


- Vilma Gonçalves Nideck

"o curso é uma vergonha. comprei um curso de drenagem pos operatoria e vcs apresentam umas poucas paginas muito reduzidas , estou totalmente insatisfeita ."

- Geisa Sanches Peres

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • DRENAGEM LINFÁTICA NO PRÉ E PÓS OPERATÓRIO

    drenagem linfática no pré e pós operatório

    lilian vergna

  • cirurgia estética é um ramo da cirurgia plástica, orientado para a busca da perfeição das formas e não para melhorar funções ou tratar doenças.

  • Drenagem Linfática no Pré e Pós Operatório

    drenagem linfática no pré e pós operatório

    o profissional deve lembrar que, quando se trata de um paciente a ser submetido a uma cirurgia, ou quando se trata de um paciente já operado, deverá respeitar ordens médicas e comunicar sempre o médico sobre quaisquer alterações no quadro operatório do paciente, não tentando tratar individualmente do paciente.
    toda intervenção cirurgica provoca uma lesão ou morte de células do tecido agredico e desencadeia, em consequência, um processo inflamatório que representa a resposta do organismo à agressão. a intensidade desta resposta depende da extensão do traumatismo.

  • A reposta biológica à agressão cirúrgica

    a reposta biológica à agressão cirúrgica

    a resposta das partes agredidas consiste numa reação inflamatória, cuja intensidade depende da extensão e da gravidade do trauma. ocorre a liberação de mediadores químicos pelas células atingidas.
    estes são mensageiros que espalham a notícia da agressão nas mediações do tecido lesado, provocando reações de socorro imediato.
    os capilares da região dilatam-se sob a ação dos mediadores químicos e aumentam a quantidade de plasma sanguíneo na área, espalhando desta forma maior quantidade de oxigênio e nutrientes para qua nada falte na fase reparadora.

  • A reposta biológica à agressão cirúrgica

    a reposta biológica à agressão cirúrgica

    células imunológicas dirigem-se em grande quantidade para o tecido lesado para imobilizar e/ou digerir fragmentos de células lesionadas e eventuais antígenos.
    simultaneamente a temperatura da região lesada é aumentada, porque a velocidade de distribuição é maior em temperaturas elevadas. o edema pós-cirúrgico está instalado.

  • Consequências do Edema

    consequências do edema

    o aumento do volume de líquido aumenta o tempo de distribuição das substâncias. em consequência o oxigênio e os nutrientes não chegam em tempo onde são necessitados e os resíduos são retirados com velocidade suficiente para uma desintoxicação satisfatória.
    as conseqüências do edema importante e de longa duração podem acarretar a formação de seromas, fibroses, aderências e cicatrizes inestéticas.
    a drenagem linfática manual, aplicada com perícia e técnica correta, além de evitar estes acidentes, dissolve em pouco tempo equimoses e recupera o sentido tátil das áreas descoladas.

  • Reclamações do paciente

    reclamações do paciente

    dor: as cirurgias plásticas faciais e corporais não costumam doer, porém existe a possibilidade de sensibilidade individual de cada paciente, onde o desconforto pós-cirúrgico poderá ser relatado com dor. já a lipoaspiração costuma ser bastante dolorida. normalmente essas reclamações acontecem durante a primeira semana do p.o.
    insensibilidade: devido aos descolamentos, as terminações nervosas superficiais estarão prejudicadas e a sensação de parestesia ( amortecimento) é normal. salvo haja alguma lesão neuronal durante o ato cirúrgico, o retorno da sensibilidade tátil inicia-se após a primeira semana, podendo demorar até 6 meses para se restabelecer por completo.

  • Reclamações do paciente

    reclamações do paciente

    prurido: a coceira na região operada é normal, pois o aumento da circulação sanguínea local e a formação das novas fibras colágenas causam ate esse tipo de sensação.
    retração cicatricial: a neo-colagênese ( formação de colágeno) que ocorre para a cicatrização provoca a sensação de retração e reduz os movimentos.

  • Complicações Pós-operatórias das cirurgias plásticas

    complicações pós-operatórias das cirurgias plásticas

    presença de calor, rubor ou dor no local da operação:
    significa presença de quadro inflamatório. devemos reencaminhar cliente para seu médico e este deverá, provalvelmente entrar com medicação antibiótica.
    deiscência dos pontos cirúrgicos: frente a abertura natural ou espontânea da sutura, nossa atitude será a mesma, notificar ao médico.
    formação de fibrose: trata-se de formação de tecido fibroso, onde as fibras colágenas estão engrossadas no local da cicatriz, ou dos locais percorridos pela cânula de lipoaspiração. devemos utilizar a dlm e o ultra-som pulsátil .

  • Complicações Pós-operatórias das cirurgias plásticas

    complicações pós-operatórias das cirurgias plásticas

    seromas: ocorrem por liquefação de gordura que foi manipulada, líquidos tipos claros, cítricos, parecidos com o plasma, que se formam, entre o músculo e o tecido subcutâneo. os pequenos seromas são absorvidos espontaneamente pelo organismo; se forem maiores, poderão ser puncionados.
    irregularidades cutâneas pós lipoaspiração:
    uma das causas é a retira exagerada e inadequada de gorduras em locais determinados. a sociedade brasileira de cirurgia plástica recomenda que a retirada total de gordura não exceda a 5% do peso total do paciente, em torno de 3,5 a 4 litros. devemos fazer a dlm e ultra-som.

  • Complicações Pós-operatórias das cirurgias plásticas

    complicações pós-operatórias das cirurgias plásticas

    rejeição de próteses: o organismo como defesa natural, forma uma cápsula fibrosa em torno da prótese. torna-se uma complicação pós-operatória quando se produz um endurecimento e uma retração da cápsula protetora
    aderência cicatricial: trata-se de um crescimento acelerado e desorganizado das fibras no local interno da cirurgia, unindo tecidos que normalmente deveriam estar separados. devemos usar alta-frequência, compressas geladas de arnica, dlm e uso de fitas de silicone para comprimir a cicatriz.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 70,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • DRENAGEM LINFÁTICA NO PRÉ E PÓS OPERATÓRIO
  • Drenagem Linfática no Pré e Pós Operatório
  • A reposta biológica à agressão cirúrgica
  • Consequências do Edema
  • Reclamações do paciente
  • Complicações Pós-operatórias das cirurgias plásticas
  • CIRURGIAS ESTÉTICAS MAIS COMUNS
  • CIRURGIA
  • RITIDOPLASTIA
  • ABDOMINOPLASTIA
  • ABDOMINOPLASTIA E MINIABDOMINOPLASTIA
  • MENTOPLASTIA
  • BLEFAROPLASTIA
  • LIPOASPIRAÇÃO E LIPOESCULTURA
  • MAMOPLASTIA
  • RINOPLASTIA
  • Procedimentos Pós-Cirurgia
  • Possibilidades de tratamentos ? protocolos?
  • Mastectomia
  • Obrigada !!!