Curso Online de Computação Gráfica

Curso Online de Computação Gráfica

Conceituação de computação gráfica e áreas de aplicação Dispositivos gráficos e arquiteturas de terminais gráficos Conceituação de aplica...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Conceituação de computação gráfica e áreas de aplicação
Dispositivos gráficos e arquiteturas de terminais gráficos
Conceituação de aplicativos gráficos
Portabilidade e evolução de bibliotecas gráficas
Algoritmos de transformação de primitivas gráficas 2D e 3D (coordenadas homogêneas, rotação, translação, escalamento, e projeções)
Curvas Bezier e Spline
Biblioteca OpenGL para o desenvolvimento de gráficos



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Computação Gráfica

    Computação Gráfica

    Conteúdo

  • Objetivo do Curso

    Objetivo do Curso

    Proporcionar o aprendizado de técnicas e conceitos básicos de computação gráfica 2D e 3D, para o desenvolvimento, avaliação ou uso de aplicativos gráficos.

  • Ementa

    Ementa

    Introdução à computação grafica
    Hardware: arquiteturas de terminais gráficos
    Projetos de pacotes gráficos
    Padrões
    Interface Humano/Computador
    Aspectos Geométricos: gráficos 2D e 3D
    Aspectos Humanos:
    . realismo na apresentação
    . Intensidade e coloração
    Modelos e hierarquia de objetos
    Representação de superfícies 3D e de sólidos
    Uso de computador para projetos e ensaios de pacotes

  • Tópicos

    Tópicos

    Conceituação de computação gráfica e áreas de aplicação
    Dispositivos gráficos e arquiteturas de terminais gráficos
    Conceituação de aplicativos gráficos
    Portabilidade e evolução de bibliotecas gráficas
    Algoritmos de transformação de primitivas gráficas 2D e 3D (coordenadas homogêneas, rotação, translação, escalamento, e projeções)
    Curvas Bezier e Spline
    Biblioteca OpenGL para o desenvolvimento de gráficos

  • Bibliografia

    Bibliografia

    Foley,J.D.; van Dam,A.; Feiner,S.K.; Hughes,J.F.- Computer Graphics – Principles and Practice, 2.ed. Addison Wesley Pub.Co.,USA, 1992
    Hearn,D. & Baker, M.P. – Computer Graphics, 2.ed. Prentice Hall, NJ,1997
    Gomes,J.& Velho, L. – Computação Gráfica – Volume 1.IMPA, RJ, 1998
    Jacobs, J.Q. – Delphi Developer’s Guide to OpenGL. Wordware Pub., Texas, 1999
    Tori,R.; Arakaki,R.; Massola,A.M.A.; Filgueiras,L.V.L. – Fundamentos de Computação Gráfica. LTC, RJ, 1987
    Mason Woo, Jackie Neider, Tom Davis & Dave Shreiner – OpenGL Programming Guide, 3rd. Ed. Addison-Wesley, 1999.

  • Avaliação

    Avaliação

    Nota final = 0.5 x Prova + 0.5 x Trabalho

    Prova: escrita, sobre a parte teórica

    Trabalho: criação, implementação e visualização de um gráfico 3D com animação
    em grupo de no máximo 4 alunos
    apresentação do trabalho em sala de aula

  • Introdução

    Introdução

    Computação gráfica – conjunto de algoritmos, técnicas e metodologias para o tratamento e a representação gráfica de informações através da criação, armazenamento e manipulação de desenhos, utilizando computadores e periféricos gráficos.
    Em termos de aplicação, ela pode ser dividida nas seguintes áreas:
    CAD (Computer Aided Design)
    Gráficos Ilustrativos
    Arte por Computador
    Entretenimento
    Educação e Treinamento
    Visualização Científica

  • Interação com outras áreas

    Interação com outras áreas

  • Conceito de Aplicativo Gráfico

    Conceito de Aplicativo Gráfico

    Aplicativo Gráfico: um sistema composto de um ou mais programas, para a geração de uma determinada apresentação gráfica que pode ser composta de recursos 2D e/ou 3D e/ou imagem.

  • Biblioteca Gráfica

    Biblioteca Gráfica

    A biblioteca gráfica contem as funções que o aplicativo aciona para a geração de primitivas gráficas.
    Portabilidade – independência em relação aos dispositivos gráficos

    Device Drivers – comunicação da biblioteca gráfica com os dispositivos

    Exemplos de bibliotecas gráficas: Core, Dore, XFDI, Starbase, GKS, PHIGS, GL, OpenGL e DirectX

    OpenGL – evolução do GL (Silicon Graphics)
    - grandes produtores de software e hardware tem priorizado o
    seu uso

    DirectX – suportada pela Microsoft

  • Conceitos de CAD

    Conceitos de CAD

    CAD (Computer Aided Design) - utilizar o computador para auxiliar nos projetos tais como: edifício, automóvel, navio, espaçonave, eletrodoméstico, tapete, roupa, etc.
    São envolvidos conceitos de computação gráfica, com recursos de interação, técnicas de gráficos 2D ou 3D, rendering, animação, etc.

    Os sistemas CAD podem funcionar de forma integrada aos sistemas CAM (Computer Aided Manufacturing), quando os dados do projeto resultantes do CAD podem ser incorporados no controle da fabricação do produto com o auxílio do computador.

    Atualmente os sistemas CAD/CAM sofisticados fazem parte de um conjunto maior de programas denominado de sistema de Informação gerencial MIS (Management Information System), cuja função é gerenciar todas as etapas de produção, o que envolve controle de estoque, controle de máquinas de montagem, controle de inspeção de qualidade, etc.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Computação Gráfica
  • Objetivo do Curso
  • Ementa
  • Tópicos
  • Bibliografia
  • Avaliação
  • Introdução
  • Interação com outras áreas
  • Conceito de Aplicativo Gráfico
  • Biblioteca Gráfica
  • Conceitos de CAD
  • Dispositivos de Visualização Gráfica com o uso de CRTs (Cathode Ray Tubes)
  • Terminais de Vídeo Vetoriais
  • Fisiologia
  • Terminais de Vídeo por Varredura (Raster)
  • Arquitetura Simples
  • Arquitetura Comumente Usada
  • Arquitetura com uso do Processador Gráfico
  • Operação com tabela de cores (LUT - Look Up Table)
  • Olho Humano
  • Transformações Afins
  • Transformações afins
  • Translação de um ponto
  • Translação
  • Mudança de Escala (Scaling)
  • Rotação
  • Rotação em torno do eixo z
  • Rotação em torno de um eixo genérico
  • Espelhamento
  • Cisalhamento (shear)
  • Exemplo de cisalhamento no caso 3D
  • Composição das transformações
  • Projeções
  • Projeções Planares
  • Projeções em superfícies planares, cilíndricas e cônicas
  • Projeções em superfícies planares
  • Projeções paralelas e perspectivas
  • Projeções planares paralelas
  • Projeções ortográficas: vistas lateral, frontal e planta
  • Projeções ortográficas axonométricas
  • Projeções ortográficas axonométricas: dimétricas, isométricas e trimétricas
  • Exemplos de projeções ortográficas axonométricas
  • Projeções paralelas oblíquas
  • Projeções paralelas oblíquas: cavalier e cabinet
  • Projeções planares perspectivas
  • Projeções perspectivas: ponto de fuga
  • Tipos de projeções perspectivas
  • Projeção perspectiva com um ponto de fuga
  • Projeção perspectiva com dois pontos de fuga
  • Projeção perspectiva com três pontos de fuga
  • Coordenadas Homogêneas
  • Álgebra das projeções planares paralelas
  • Álgebra das Projeções Paralelas Ortográficas: vista lateral, frontal e planta
  • Álgebra das projeções planares paralelas ortográficas axonométricas
  • Álgebra das Projeções Planares Paralelas Oblíquas
  • Ângulo ? formado pela linha P1-P1’ com o plano xy - determina o grau de encurtamento ou de dilatação da dimensão do versor ( ?=45.0? não há alteração de dimensão e se ?=60? há um encurtamento pela metade ). Ângulo ? formado pela projeção da linha P1-P1’ com o eixo x - não tem influência sobre o tamanho do versor e o seu valor é arbitrário.
  • Exemplo:
  • Álgebra das Projeções Planares Perspectivas
  • Supondo-se zc, sen(?), sen(?), cos(?), cos(?) diferentes de zero, deriva-se os seguintes pontos-de-fuga: Assim, utilizando-se a matriz MPR tem-se o controle simultâneo do centro de projeção e dos pontos-de-fuga. Esta matriz pode ser modificada para incorporar rotações no eixo z.