Curso Online de AVALIAÇÃO E TRATAMENTO DE LOMBALGIA
3 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de AVALIAÇÃO E TRATAMENTO DE LOMBALGIA

Esse curso tem como objetivo levar conhecimento sobre a avaliação de lombalgia com testes musculares, e o tratamento para lombalgia utili...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 25,00
(Pagamento único)

Mais de 30 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Esse curso tem como objetivo levar conhecimento sobre a avaliação de lombalgia com testes musculares, e o tratamento para lombalgia utilizando as mais diversas técnicas.

Este curso é para fisioterapeutas e acadêmicos de fisioterapia.

Fisioterapeuta formado no CEULP/ULBRA, cursos em DTM/ATM, RPG, Ginástica Laboral, Ergonomia, Fisioterapia em Terapia Intensiva, Auriculoterapia, Especializando em Acupuntura.


- David Schneiderman

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • avaliação e tratamento de lombalgia

    dr. ronysmário alves de sousa
    fisioterapeuta

  • coluna vertebral

    funções:
    proteger a medula espinal e os nervos espinais
    suportar o peso do corpo
    fornece um eixo parcialmente rígido e flexível para o corpo e um pivô para a cabeça
    exerce um papel importante na postura e locomoção.

  • coluna lombar

    5 vértebras + discos intervertebrais.
    lordose lombar
    desenvolvimento por volta dos 12-18 meses de vida.
    corpo cuneiforme de l5
    fatores que interferem na lordose: sexo, idade, posição em pé estática prolongada, compressão, calçados.

  • lombalgia / ciatalgia

    definição de lombalgia: presença de dor posterior, numa área localizada entre o último arco costal e a pelve.

    definição de lombociatalgia:toda condição dolorosa que se irradia da região lombar em direção à região glútea e face posterior de um ou dos dois membros inferiores.

    a dor pode se originar dos discos e articulações intervertebrais, ligamentos e músculos.

  • a dor ciática é o processo inflamatório do nervo ciático, podendo ser provocada por uma hérnia discal lombar, l4 - l5 ou l5 - s1 principalmente, tendo como sintoma a dor e sintomas sensoriais, anestesia e disestesia, na extensão do nervo (press & young, 1997 & mcilwain et al., 1994).

    lombalgia / ciatagia

  • epidemiologia

    60 a 80% das pessoas terão dor lombar durante a vida.

    problemas da coluna vertebral são classificados como a causa mais freqüente de limitação da atividade em indivíduos com menos de 45 anos de idade.
    causa freqüente de morbidade e incapacidade.

  • são usados para descrever uma condição clínica para a qual é impossível estabelecer um diagnóstico específico em 85%.

    alto custo para a sociedade e o paciente.

    ocorrência maior em mulheres e em pessoas com baixo índice escolar.

    fatores de risco: trabalhos que exigem levantamentos pesados e repetidos, o uso de martelete elétrico e máquinas operatrizes e a condução de veículos motorizados.

    epidemiologia

  • causas mais comum da lombalgia

    artrose lombar

    discopatia lombar

    espondilites

    osteoporose

    tumores malignos

    fibromialgia

  • dores de origem mecânica e postural

    pioram com o movimento, atividade e esforço físico. melhoram com o repouso.

    tipos da dor:
    1) discogênica – compartimento anterior
    2) facetária – compartimento posterior
    3) ciática predominante – sinais de radiculopatia ou dor da claudicação neurogênica

  • 1) dor discogênica

    mais freqüente: 30 a 50 anos

    etiologia: desidratação e degeneração do disco intervertebral (l4-l5 e l5-s1)

    com o envelhecimento a cv se estabiliza as custas da artrose (osteófitos – bicos de papagaio)

    não comum em idosos

    a lombalgia melhora entre 10 e 30 dias de evolução em 75% dos casos

  • mais idosos com processo artrósico das articulações facetárias
    ocorre lesão das cartilagens articulares provocando dor, que piora em extensão do tronco e melhora na posição sentada.
    associação possível com hérnia discal por extrusão do núcleo pulposo, provocando ciática
    mais de 80% das hérnias: reabsorção em 1 – 3 meses, com tratamento conservador .

    2) dor facetária:


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.