Curso Online de ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS
4 estrelas 4 alunos avaliaram

Curso Online de ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

Administração de Empresas gera uma série de benefícios, entre os quais: Redução de Custos com Análise e Corte de Despesas e Gastos desnec...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 18 horas

Por: R$ 29,99
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Administração de Empresas gera uma série de benefícios, entre os quais:
Redução de Custos com Análise e Corte de Despesas e Gastos desnecessários.
Aumento da Lucratividade por meio de uma Administração Financeira mais eficiente.
Aumento da Satisfação dos Funcionários, que ficam mais motivados e notam a possibilidade de crescimento dentro da empresa.
O Administrador moderno precisa saber lidar com Conflitos, Controlar e Avaliar o desempenho, além de Liderar e Motivar seus colaboradores. É preciso também conhecer as diferentes áreas de uma empresa para poder opinar e intervir sempre que for necessário. O Curso de Administração de Empresas oferece suporte e conhecimento aos profissionais que desejam seguir este caminho.
E mais:
Saiba quais são e como Administrar as diversas áreas de uma empresa, desde a Produção, passando pela Gestão de Finanças, Recursos Humanos e Marketing.

Unidade 1 ? Abordagem Inicial
História da Administração
Conceito da Administração
Teorias da Administração (Científica e Clássica)
Princípios da Administração
O que significa Administração? (Planejamento, Organização, Direção e Controle)
Tipos e características de empresas
Organograma de uma empresa
Funções do Administrador (Habilidades necessárias e o Papel do Administrador)
Unidade 2 ? Gestão Operacional
Administração da produção e operações
O produto/serviço (Qualidade, Custo e Ciclo de Vida)
Modelo de produção (Sistemas e Modelos)
Controle da Produção
Unidade 3 ? Gestão de Pessoas
Gestão por competência
Como formar uma equipe profissional eficiente
Como trabalhar talentos
Você é um empreendedor, gerente ou líder?
O empowerment e a liderança
Unidade 4 ? Gestão Financeira
Administração Financeira;
Capital (Tipos de Capital; Risco e Retorno)
Financiamentos (Curto, Médio e Longo Prazos)
A importância do Fluxo de Caixa (Modelo de Fluxo de Caixa)
Gestão de Compras a Receber (Política de Crédito, Condições de Crédito e Políticas de Cobrança)
Gestão de Estoque
Demonstrações Financeiras (Balanço Patrimonial, DRE e DOAR)
Unidade 5 ? Gestão de Marketing
Definições de Marketing
O mercado (Tipos, Pesquisa e Segmentação de mercado)
Relacionamento com clientes
Políticas de Marketing (Política de Preços, Programação e Propaganda)
Conclusão do curso

Sou formado pela UEMG - Universidade do Estado de Minas Gerais, em Ciência da Computação. Sou formado em Técnico em Contabilidade. pelo Colégio SOER Sociedade de Ensino Regional Ltda. Araçatuba, São Paulo.


- Anderson Thiago Dos Santos Pereira

- Geraldo Rodrigues Correa

- Elizabeth Davico Canatto

- Carlos Eduardo Spalaor Freddi

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • 1

    ADMINISTRAÇÃO

    EMPRESAS

    DE

  • CARLOS ALBERTO DA SILVA

    2

    ADMINISTRAÇÃO
    DE
    EMPRESAS

  • 3

    SUMÁRIO
    Introdução ......................................................................................................................................1
    Unidade 1 – Abordagem inicial .....................................................................................................2
    1.1 – História da Administração ....................................................................................................2
    1.2 – Conceito de Administração ...................................................................................................6
    1.3 – Teorias da Administração ......................................................................................................7
    1.3.1 – Teoria da Administração Científica ...................................................................................7
    1.3.2 – Teoria Clássica da Administração .....................................................................................9
    1.4 – Princípios da Administração .............................................................................................. 11
    1.5 – O que significa Administração? ......................................................................................... 14
    1.5.1 - Planejamento ..................................................................................................................... 15
    1.5.2 - Organização ....................................................................................................................... 16
    1.5.3 - Direção ................................................................................................................................ 16
    1.5.4 - Controle .............................................................................................................................. 17
    1.6 – Tipos e características de empresas .................................................................................... 18
    1.7 – Organograma de uma empresa ........................................................................................... 26
    1.8 – Funções do Administrador .................................................................................................. 31
    1.8.1 - Habilidades necessárias .................................................................................................... 32
    1.8.2 - O papel do administrador ................................................................................................ 33
    Unidade 2 – Gestão Operacional ................................................................................................ 36
    2.1 – Administração da produção e operações .......................................................................... 37

  • 4

    2.2 – O produto/serviço ......................................................................................................... 39
    2.2.1 - Qualidade .................................................................................................................... 40
    2.2.2 - Custo ............................................................................................................................ 41
    2.2.3 - Ciclo de Vida ............................................................................................................... 42
    2.3 – Modelo de produção....................................................................................................... 43
    2.3.1 - Sistema de produção sob encomenda ........................................................................ 43
    2.3.2 - Sistema de produção em lotes...................................................................................... 44
    2.3.3 - Sistema de produção contínua .................................................................................... 45
    2.3.4 - Modelo de produção japonês ....................................................................................... 46
    2.3.5 - Modelo de produção americana .................................................................................. 50
    2.4 – Controle da produção ...................................................................................................... 54
    Conclusão do Módulo I ............................................................................................................ 60

  • 5

    Introdução

    Hoje vivemos em um mundo globalizado e extremamente competitivo, onde a constituição adequada e a organização de uma empresa destacam-se como elementos positivos no momento de fechar contratos e cumprir com o acordado junto ao cliente.
    Para que isso ocorra de forma eficiente, as empresas precisam estar muito bem organizadas para atender tal demanda de mercado. Assim, uma administração eficaz pode se tornar o diferencial competitivo para que uma empresa conquiste seu espaço em sua área de atuação.
    Neste sentido, desenvolvemos o curso de administração com o objetivo de oferecer suporte e conhecimento aos profissionais que atuam neste segmento, ou àqueles que, por ventura, queiram trilhar suas carreiras profissionais por este caminho.
    Portanto, neste curso você terá contato com as diversas áreas de uma empresa, começando com uma abordagem inicial sobre a história, conceitos e teorias da administração, bem como os tipos e características de empresas e a função do administrador no século XXI.
    Após estudarmos estes aspectos iniciais importantes para a compreensão do curso, abordaremos módulos direcionados para a administração das principais áreas de uma empresa, como a área de produção onde você conhecerá o significado de produto e serviço e aprenderá sobre os modelos de produção; a área de recursos humanos com dicas sobre o desenvolvimento de talentos; a área financeira onde aprenderá conceitos importantes sobre administração financeira e fluxo de caixa e, por fim, a área de marketing com as definições de mercado e a importância de se estabelecer um bom relacionamento com seus clientes.
    Bom curso!

  • 6

    Unidade 1 – Abordagem inicial

    Olá!

    Bem vindos(as) à primeira unidade do curso de administração!
    Nesta unidade você terá contato com as informações básicas sobre a administração, importantes para a compreensão dos demais tópicos do presente curso.
    Vai conhecer um pouco da história da administração, bem como as teorias clássicas e científicas desenvolvidas por Henri Fayol e Frederick Taylor e os princípios que as envolvem.
    Conhecerá os tipos de empresas previstas pelo Novo Código Civil e as características de cada uma. Aprenderá ainda sobre os tipos de organograma e como eles podem ser desenvolvidos de acordo com as necessidades de sua empresa.
    Bom estudo!
    1.1 – História da Administração

    Não podemos determinar com exatidão quando a arte da administração surgiu. Historiadores acreditam que tenha surgido junto com a escrita.
    Há sugestões de que a história da administração teve início em aproximadamente 4.000 a.C. com o aparecimento das primeiras cidades e Estados no Oriente Médio. A vida nas cidades permitiu a busca de maneiras para melhorar a convivência entre as pessoas, dando início às primeiras e rudimentares práticas administrativas. Surgia, neste momento, o papel do dirigente com reis e sacerdotes que cuidavam dos assuntos locais.

  • 7

    Pouco depois, em 3.100 a.C., surgem no Egito as primeiras dinastias dos Faraós. O maior exemplo de engenhosidade e administração dos egípcios é a construção de pirâmides. Até hoje, seus colossais tamanhos e complexidades, causam perplexidades nas pessoas que as visitam, vindo à tona, sempre as mesmas perguntas: como foram concebidas e projetadas e como foram construídas?

    Certamente, a construção destas obras contou com uma rudimentar administração, a qual era responsável por planejar e organizar o trabalho de dezenas de pessoas que executavam atividades similares a de engenheiros e arquitetos, bem como era responsável por contratar e administrar o trabalho de milhares de pessoas. Nesta atividade, era essencial definir tarefas, coordenar esforços, localizar e buscar os materiais e insumos necessários, reunir ferramentas e fazer com que as pirâmides fossem erguidas e entregues aos seus Faraós.
    Observou-se também, na China, em 1.100 a.C., durante a dinastia Chow, uma Constituição que possuía oito instruções para o primeiro-ministro poder governar os vários departamentos da administração pública.
    Já em 500 a.C., na Grécia antiga, surge o conceito atual de democracia, governo, cidadania e ética, que passariam a influenciar de forma concreta a administração pública e privada nos dias atuais.
    Outras raízes podem ser observadas, como as instituições otomanas pela forma como administravam seus feudos ou os prelados católicos que se apresentaram como administradores natos. No entanto, duas instituições se destacaram na evolução histórica da administração: a Igreja Católica e as Organizações Militares.

  • 8

    Podemos considerar a Igreja Católica Romana como a organização que, ao longo do tempo, é tida como um modelo de eficiência quanto à administração de sua estrutura. No decorrer dos séculos, vem demonstrando, através de sua força de atração, a sua eficácia em organizar e administrar seu legado, espalhando-se pelo mundo e exercendo influência, sobretudo, no comportamento das pessoas que chamamos de fiéis.
    Já as organizações militares evoluíram de forma organizada, das simples reuniões de colonos que defendiam suas terras e exércitos mercenários dos séculos XVII e XVIII para uma hierarquia de poder rígida, com adoção de princípios e práticas administrativas modernas, comuns a todas as empresas da atualidade.
    Já a moderna administração surgiu no final do século XVIII com um fenômeno que trouxe rápidas e profundas mudanças econômicas, políticas e sociais, chamado Revolução Industrial.
    A Revolução Industrial teve início na Inglaterra, em meados do século XVIII, caracterizando-se pela passagem da manufatura à indústria mecânica, o que gerou um aumento no rendimento do trabalho e na produção global, culminando com um processo de rápida acumulação de bens de capital, encerrando definitivamente a transição entre o feudalismo e o capitalismo.
    Para a grande maioria, a Revolução Industrial tem início em 1776 com James Watt, que aperfeiçoou a máquina a vapor e que foi rapidamente colocada em ação, substituindo a força humana ou hidráulica pela força mecânica com maior potência e eficiência. Porém, para muitos historiadores, a Revolução Industrial começou 43 anos antes, em 1733 quando John Kay inventou a Lançadeira Volante, um instrumento adaptado aos teares manuais que aumentou substancialmente a capacidade de tecelagem. De qualquer forma, esta revolução provocou um enorme surto de industrialização que se estendeu por toda a Europa e Estados Unidos.

  • 9

    A Revolução Industrial possui duas fases distintas:
    Primeira Fase – 1780 a 1860 (Revolução do carvão e do ferro). Nesta fase, o carvão passa a ser a principal fonte de energia e o ferro, a principal fonte de matéria prima.
    Segunda Fase – 1860 a 1914 (Revolução do aço e da eletricidade). Nesta fase, a eletricidade e derivados de petróleo tornam-se as principais fontes de energia e o aço, a principal matéria-prima.
    Ao final desses períodos, o mundo já havia mudado completamente, obrigando os empresários a adotarem uma nova postura em relação à administração de seus negócios. Assim, a moderna administração surge em resposta a duas consequências provocadas pela Revolução Industrial:
    1) As empresas passaram a crescer a uma velocidade acima do esperado e de forma totalmente desorganizada. Foi necessário aplicar uma administração científica que fosse capaz de substituir o empirismo e o improviso.
    2) Necessidade de maior eficiência e produtividade das empresas para enfrentar as concorrências que começavam a surgir.
    A partir daí, surgem novas teorias e princípios a respeito da administração moderna que veremos nos próximos tópicos do curso.

  • 10

    1.2 – Conceito de Administração

    Etimologicamente, a palavra administração deriva do latim ad (direção para, tendência) e minister (comparativo de inferioridade com o sufixo ter, indicando subordinação ou obediência). Assim, em sua origem, segundo o professor Chiavenato, a palavra administração significa a função que se desenvolve sob o comando de outro, um serviço que se presta a outro ou ainda, uma atividade que se recebe por delegação de outrem.

    Quando focamos a administração voltada para os negócios, a conceituamos como sendo uma aplicação de técnicas e métodos que visam estabelecer metas e operacionalizar o seu alcance, para os colaboradores participantes das organizações a fim de que se obtenham resultados que satisfaçam as necessidades de seus clientes e as suas próprias.

    Já Maximiano apresenta uma definição mais direta sobre administração. Para ele, administrar é o processo que tem como finalidade garantir a eficiência e eficácia de um sistema.
    Com estes dois conceitos, podemos concluir que a administração é uma ciência que estuda os principais problemas de um sistema e que este, não está relacionado apenas a um governo ou a condução de uma empresa, mas sim a toda e qualquer atividade que envolva planejamento, organização, direção e controle.

  • 11

    1.3 – Teorias da Administração
    Teoria é um conjunto coerente de pressupostos elaborados para explicar as relações entre dois ou mais fatos observáveis, ou seja, a teoria nos ajuda a entender, com alto grau de exatidão, os processos essenciais, embasando todas as ações dentro de uma organização.
    Quando nos referimos às teorias da administração, estas podem ser divididas em várias correntes ou abordagens, cada uma, representando uma maneira diferente de analisar as características da administração. No entanto, como não poderemos abordar todas as correntes existentes, vamos nos concentrar nas duas teorias mais importantes e que influenciaram os métodos da administração moderna: Teoria da Administração Científica e Teoria Clássica da Administração.

    1.3.1 – Teoria da Administração Científica
    Esta teoria foi desenvolvida por Frederick W. Taylor, considerado hoje, o pai da administração científica. Ela surgiu no início do século passado da preocupação com a organização das tarefas dos trabalhadores que, na época, não possuíam conhecimentos técnicos suficientes para serem eficientes em seus trabalhos.
    Como dissemos, o serviço do trabalhador da época era desqualificado e não havia, por parte da empresa, interesse em “gastar dinheiro” para qualificar esses empregados, uma vez que a reserva de mão de obra era muito grande e bastava à empresa trocar um empregado ineficiente por outro.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 29,99
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • PORQUE OS EUA SÃO ADMINISTRADOS EFICIENTEMENTE ? Stephen Kanitz, Veja, 2005
  • Realidade Paranaense
  • Distribuição do número de cursos e de estudantes (ingressantes e concluintes) – ENADE 2006
  • FORMAÇÃO UNIVERSITÁRIA
  • PRINCIPAIS DEFICIÊNCIAS
  • O SINAES deverá assegurar:
  • ESCOLHA DO CURSO
  • ÊNFASE
  • CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO
  • *VISÃO
  • REGISTROS NO PARANÁ
  • PESQUISA NACIONAL
  • Objetivos:
  • PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS
  • DIRETRIZES ESTRATÉGICAS DO SISTEMA