Curso Online de Aula inaugural

Curso Online de Aula inaugural

Aula inaugural atendendo os preceitos da lei 11.638/07

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Aula inaugural atendendo os preceitos da lei 11.638/07

- Bacharel em Ciencias Contábeis - ICNPF - Pós-Graduada em Auditoria Externa pela UFMG - Mestranda em Desenho e Gestão de Projetos - Universidad de Léon



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Lei 11.638/07

    Lei 11.638/07

    Nova Lei das Sociedades Anônimas

  • Necessidade de uma Lei Moderna

    Necessidade de uma Lei Moderna

    Passado

    Atualmente

    Escrituração Contábil
    Contabilidade Formal
    Contabilidade Burocrática

    Gerar informações
    • Econômica
    • Financeira
    • Física
    • Produtividade
    • Social
    Necessidade de uma Lei Moderna

  • Fim de Um Ciclo

    Fim de Um Ciclo

    30 anos

    Lei 6.404/76 – S/A
    Modelo americano
    que substituía o
    europeu – Decreto Lei
    2.627/40

    Projeto Lei
    3.741/2000
    Adequar os padrões
    contábeis ao cenário
    internacional

    Lei 11.638/07
    Além das S/A, alcança
    as sociedades de
    grande porte

    • Diversas alterações da Lei n°6.404/76 nestes 30 anos.
    • Esfera contábil – exceto a extinção da correção monetária: estagnada.
    • Estávamos distantes de uma contabilidade globalizada.

  • Nova Lei das Sociedades Anônimas

    Nova Lei das Sociedades Anônimas

    Nova Lei das Sociedades Anônimas aprovada no
    Congresso Nacional: Lei n°11.638 de 28.11.2007

    • Nova realidade brasileira.
    • Abertura de capitais.
    • Globalização da economia.
    • Mais transparência.
    • Facilitar a interpretação por parte dos usuários.
    • Convergências Contábeis: IASB

  • Avanços na Convergência Contábil Internacional

    Avanços na Convergência Contábil Internacional

    Últimas Décadas
    EUA – US GAAP

    07/07 – CVM
    A mesma meta
    empresas abertas

    2006 – BACEN
    Instituições Financeiras:
    DFs Consolidadas
    IFRS até 2010

    2005 – CFC/1.055
    Comitê de
    Pronunciamentos
    Contábeis - CPC

    2001 - IASB
    Normas Internacionais
    de Informação
    Financeira - IFRS

  • O CPC e a Convergência aos Padrões Internacionais de Contabilidade - IFRS

    O CPC e a Convergência aos Padrões Internacionais de Contabilidade - IFRS

    ABRASCA

    FIPECAFI

    IBRACON

    CPC

    APIMEC

    CFC

    BOVESPA

    Cias. Abertas

    Academia/ Pesquisa

    Analistas Mercado de Capitais

    Auditores

    Bolsa de Valores

    Órgão de Classe

  • As Novas Regras de Auditoria e a Convergência ao Padrão Contábil Internacional - IFRS

    As Novas Regras de Auditoria e a Convergência ao Padrão Contábil Internacional - IFRS

    A Lei n°11.638/2007 previu a possibilidade de adoção
    de dois padrões contábeis

    O desenvolvido pela CVM
    em conjunto com o CPC
    Obrigatório para as
    empresas de capital aberto
    e opcional para as de
    capital fechado.
    Busca convergência
    ao IFRS

    O previsto nas Leis
    Societárias
    Obrigatório para as
    companhias fechadas que
    não optarem pelo padrão da
    CVM e para as demais
    sociedades caracterizadas
    como de grande porte.

  • Sociedades de Grande Porte

    Sociedades de Grande Porte

    S/A
    Capital Aberto

    S/A
    Capital Fechado

    Empresas de
    Grande Porte

    +

    +

    Empresas ou conjunto
    de empresas com:

    Devem escriturar e elaborar as
    demonstrações financeiras
    previstas na nova lei.

    Abrange as limitadas e S/A
    fechadas.

    Para as limitadas: não há menção à
    obrigatoriedade de publicação.

    Estão sujeitas, também, à auditoria
    independente (registro na CVM).

    • Ativo superior a R$ 240 milhões; ou
    • Receita bruta superior a R$ 300
    milhões (no ano anterior).

  • Sociedades de Grande Porte

    Sociedades de Grande Porte

    São ou tornaram-se limitadas, por exemplo:

    Bayer, Bosch, Firestone, Carrefour, Coca-Cola,
    Daimler-Chrysler, Dow, Eli Lilly, Ericsson, Ford Motors, Gates, General Motors, Goodyear, Honda, IBM, Intel, Johnson & Johnson, Kimberly Clark, Mangels, Microsoft, Mitsubishi, Monsanto, Motorola, Nestlé, Nortel, Pfizer, Procter & Gamble, Rhodia, Scania, Schering, Siemens, Timken, Toyota, Unilever, Volkswagen, Wal-Mart.

  • As Demonstrações Básicas

    As Demonstrações Básicas

    Lei n°6.404/76

    Lei n°11.638/2007

    Demonstrações Financeiras
    • Balanço Patrimonial
    • Demonstração do Resultado do
    Exercício
    • Demonstração de Lucros
    (Prejuízos) Acumulados
    Ou
    • Demonstração das Mutações do
    Patrimônio Líquido
    • Demonstração das Origens e
    Aplicações de Recursos
    -
    • Notas Explicativas

    Demonstrações Financeiras
    • Balanço Patrimonial
    • Demonstração do Resultado do
    Exercício
    -
    • Demonstração das Mutações do
    Patrimônio Líquido
    • Demonstração dos Fluxos de
    Caixa (PL < R$ 2.000.000 não
    precisam publicar)
    • Demonstr. do Valor Adicionado
    (só para companhias abertas)
    • Notas Explicativas

  • Ativo

    Ativo

    Lei 6.404/76

    Lei Atual

    CVM (Capital Aberto)

    Circulante

    Realizável a Longo
    Prazo

    Permanente
    • Investimentos
    • Imobilizado
    • Diferido

    Circulante

    Realizável a Longo
    Prazo

    Permanente
    • Investimentos
    • Imobilizado
    • Intangível
    • Diferido

    Circulante

    Não Circulante
    • Realizável
    • Investimentos
    • Imobilizado
    • Intangível
    • Diferido


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Lei 11.638/07
  • Necessidade de uma Lei Moderna
  • Fim de Um Ciclo
  • Nova Lei das Sociedades Anônimas
  • Avanços na Convergência Contábil Internacional
  • O CPC e a Convergência aos Padrões Internacionais de Contabilidade - IFRS
  • As Novas Regras de Auditoria e a Convergência ao Padrão Contábil Internacional - IFRS
  • Sociedades de Grande Porte
  • As Demonstrações Básicas
  • Ativo
  • Imobilizado – propriedade versus controle
  • Imobilizado – uma visão mais moderna
  • Recuperabilidade do Imobilizado, Intangível e Diferido
  • Alterações no Ativo
  • Passivo
  • Alterações e Adequações nas Demonstrações Financeiras
  • Ajuste a Valor Presente de Ativos e Passivos
  • Exemplo de Contabilização pelo Valor Presente
  • Ajuste a Valor Presente de Ativos e Passivos
  • Outras Demonstrações
  • DVA – Algumas Empresas Aleatórias por País
  • Contabilidade Tributária vs. Contabilidade Societária
  • Concluindo...