Curso Online de Engenharia Econômica

Curso Online de Engenharia Econômica

Conceitos de engenharia econômica, valor presente, juros, taxa de juros, prazo ou período, valor futuro, prestações, inflação, capitaliza...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 25,00
(Pagamento único)

Mais de 10 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Conceitos de engenharia econômica, valor presente, juros, taxa de juros, prazo ou período, valor futuro, prestações, inflação, capitalização simples e capitalização composta.

Estudante do curso de administração na Uniasselvi. Iniciou a escrita no colegio onde estudava através de trabalhos. Pegou o gosto e começou a criar materiais sobre diversos assuntos. Interessou-se pela aréa de comunicação e oratoria e vem se inteirando nessa área através de cursos.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • INTRODUÇÃO À ENGENHARIA ECONÔMICA

    INTRODUÇÃO À ENGENHARIA ECONÔMICA

  • CONCEITUAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO

    CONCEITUAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO

    A Matemática Financeira tem como objeto de estudo o valor do dinheiro no tempo. Mas,
    o que significa o valor do dinheiro no tempo?
    Com base em Dolzan (2009), sabemos que R$ 1.000,00 hoje vale mais que esse mesmo valor daqui a um ano. Para compreender por que isso acontece precisamos conhecer os juros.
    Esse capital de R$ 1.000,00 poderia ser aplicado em um banco, durante um ano, e render juros que seriam somados aos R$ 1.000,00, aumentando essa quantia. Por exemplo, um determinado Banco paga de juros ao ano o valor de R$ 200,00, se for aplicado R$ 1.000,00 hoje. Isso quer dizer que, daqui a um ano, quando esse capital for resgatado, o valor recebido será de R$ 1.200,00.

  • Assim, receber R$ 1.000,00 hoje equivale a receber R$ 1.200,00 daqui a um ano. Os juros de R$ 200,00 pela aplicação anual representam um valor adicional pela espera durante este período.
    Portanto, o valor do dinheiro no tempo está ligado diretamente aos juros, pois uma determinada quantia, hoje, equivale à outra no futuro.
    Um capital de R$ 1.000,00 só seria equivalente a R$ 1.000,00 daqui a um ano na hipótese absurda da taxa de juros ser igual a 0 (ZERO).

  • Importante!!!

    Importante!!!

    A Matemática Financeira está diretamente ligada ao valor do dinheiro no tempo, que, por
    sua vez está ligado à existência da taxa de juros.
    A noção principal é a de que o dinheiro perde valor com o passar do tempo.

  • De acordo com Kuhnen e Bauer (1994, p. 20), “de forma genérica, podemos então afirmar
    que o estudo da equivalência de valores datados constitui o objetivo da MATEMÁTICA
    FINANCEIRA”.
    A matemática financeira está presente no nosso cotidiano envolvendo operações como
    poupança, empréstimo, investimento e taxa de juros, compra, venda, aluguel e investimentos.
    (DOLZAN JÚNIOR, 2009). Para compreendê-la, precisamos conhecer os seus principais conceitos
    básicos, que são os seguintes:

  • Capital ou Valor Presente (PV):

    Capital ou Valor Presente (PV):

    É o valor inicial em uma transação financeira de pessoa
    física ou jurídica, ou o valor a vista quando compramos algum produto. Pode ser ainda um valor
    emprestado a outra pessoa durante um determinado tempo. Para Hoji (2000, p. 62) “capital
    corresponde ao recurso financeiro que seu proprietário cede temporariamente ao tomador. É
    chamado também de principal.” É representado pelas letras C = Capital ou PV = Valor Presente
    (inglês = Present Value).

  • Juros (J):

    Juros (J):

    O juro consiste na remuneração pela utilização de capital de terceiro ou por
    aplicar o capital nas instituições financeiras. Considera-se um rendimento quando se recebe e uma despesa quando se paga. O juro é uma forma de pagamento por um empréstimo de dinheiro.
    Afinal, a pessoa que emprestou abriu mão por um determinado período de utilizá-lo, além de correr o risco de não recebê-lo de volta.

  • Taxa de Juro (i):

    Taxa de Juro (i):

    A taxa é o coeficiente obtido pela relação estabelecida entre o valor do juro de um período e o capital emprestado. Portanto, é o valor do juro em determinado tempo
    expresso como porcentagem do capital inicial. Pode ser expresso da forma unitária ou percentual
    (0,15 ou 15%, respectivamente). É cobrada em operações de empréstimo por quem emprestou ou
    paga ao investidor quando houver investimento do dinheiro (aplicação), podendo ser estabelecida
    em período diário, mensal, bimestral, trimestral, semestral ou anual. Geralmente, os períodos
    mais utilizados são o mensal e o anual.

  • Para Hoji (2000, p. 63) a taxa de juros é:
    Um percentual que se aplica ao capital, para determinar o valor do juro. Geralmente, a taxa de juro é expressa em forma percentual, isto é, multiplicada por 100 e seguida do termo por cento. Assim, para fazer os cálculos, as taxas expressas em forma percentual devem ser divididas por 100, transformando-as em forma unitária.

  • Vejamos: Se um banco paga R$ 150,00 de juros sobre um capital de R$ 2.000,00 aplicados
    durante um ano, a taxa de juros pode ser calculada da seguinte forma:

  • Prazo ou Períodos (n):

    Prazo ou Períodos (n):

    É a referência da duração de tempo de uma transação financeira (diário, mensal, semestral, anual, etc.), sendo que a taxa de juros é cobrada nesse determinado
    tempo. Por exemplo, numa aplicação em CDB de 33 dias, o banco pode considerar os 33 dias uma unidade de tempo para a aplicação da taxa de juros, como também pode haver outras aplicações com taxa anual.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • INTRODUÇÃO À ENGENHARIA ECONÔMICA
  • CONCEITUAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO
  • Importante!!!
  • Capital ou Valor Presente (PV):
  • Juros (J):
  • Taxa de Juro (i):
  • Prazo ou Períodos (n):
  • Montante ou Valor Futuro (FV):
  • Prestações (PMT):
  • Inflação:
  • Importante!!!
  • REGIMES DE CAPITALIZAÇÃO
  • Regime de capitalização simples
  • DICA
  • Importante!!!
  • Regime de capitalização composta
  • Dica
  • importante
  • RESUMO DO TÓPICO 1