Curso Online de Segurança Bancária Técnicas Operacionais
5 estrelas 6 alunos avaliaram

Curso Online de Segurança Bancária Técnicas Operacionais

Dotar o participante de conhecimentos e habilidades para o exercício da Profissão de Vigilante Bancário em estabelecimentos financeiros, ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 11 horas

De: R$ 80,00 Por: R$ 49,90
(Pagamento único)

Mais de 100 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Dotar o participante de conhecimentos e habilidades para o exercício da Profissão de Vigilante Bancário em estabelecimentos financeiros, bem como, tomar providências corretas em casos de emergências.

Curso valido em todo território nacional.

*Graduado em Gestão da Segurança Pública *MBA Segurança Privada Safety & Security *Cursando Atualmente Graduação em Segurança Privada *Certificado pela Policia Federal para ministrar cursos em centros de formação de vigilantes,mais de 10 anos na área de segurança Privada,professor conteudista e Tutor de cursos online em vários site de EAD,dezenas de cursos na área de Segurança. Sócio e Diretor de Ensino da Roseg Treinamentos site EAD de cursos de segurança. Informações e Duvidas: defensere@hotmaiil.com


- Charles Anderson Augusto De Lucena

- Gildeon De Sousa Sena

- Rodrigo Figueredo Jericó

- Alex Quirino Da Silva

- Antônio Wilson Alves

- Claudiomiro GuimarÃes Peres

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • CURSO SEGURANÇA BANCÁRIA

  • ABERTURA

    Seja bem-vindo ao Curso Segurança Bancária da Defensere Treinamentos.

    Este curso foi criado para desenvolver procedimentos de vigilância em instituições financeiras e afins, buscando melhorar o desempenho profissional de forma a reduzir os riscos de roubos, invasões e constrangimentos.

    É baseado nos planos de procedimentos operacionais da maioria das instituições financeiras em operação no país.

    Curso Operacional de Segurança Bancária

  • Plano de Estudos

    Plano de Estudos

    Carga horária: 50 horas em EaD.

    Objetivo do curso:
    O objetivo do Curso Operacional de Segurança Bancária é apresentar a todos os profissionais da Segurança Privada, conceitos importantes que visam melhorar o desempenho de cada colaborador individualmente e da empresa como um todo. Buscamos enfatizar ao máximo as práticas de segurança bancária objetivando o desenvolvimento técnico, operacional e profissional de cada colaborador.

    Público-Alvo: Profissionais de Segurança Publica e Privada e demais pessoas que queiram conhecer o assunto.

    Curso Operacional de Segurança Bancária

  • Porta Giratória-Procedimentos na Porta Giratória,
    Tratamento com as Autoridades Públicas,
    Chegada à Agência-Abertura
    Dispositivos utilizados pelos criminosos,
    Formas de atuação dos criminosos,
    Botão de Pânico,
    Procedimentos Operacionais
    Modus Operandi
    Fatores que facilitam o roubo,
    Proibições, do Vigilante
    Procedimentos durante um Assalto,
    Conclusão.

    Conteúdo Programático:

    Abertura,
    Plano de Estudos,
    Introdução,
    Noções de Segurança Privada,
    Órgãos de Controle,
    Acesso da Fiscalização da DELESP,
    Plano de Segurança,
    Fechadura, Eletrônica,
    Guarda de Valores e Porta de Segurança,
    Procedimentos no Autoatendimento,
    Uniforme do Vigilante,
    Documentos Obrigatórios,
    Armas e equipamentos autorizados,
    Regras e Normas de Segurança,

    Curso Operacional de Segurança Bancária

  • INTRODUÇÃO

    A principal função de uma instituição financeira, estabelecer uma conexão, entre investidores e tomadores de créditos abrange o aspecto intrínseco de confiança.

    O dicionário Aurélio define confiança como “segurança íntima de procedimento”. A percepção de segurança está intimamente ligada ao nível de confiança que é depositado em uma instituição financeira. Afinal, ninguém quer deixar seus bens depositados “em confiança” se não os perceber protegidos.

    Curso Operacional de Segurança Bancária

  • A prevenção de incidentes de segurança relativos a pessoas, ativos físicos e financeiros, imagem e informações, melhora a avaliação da e ciência operacional dos processos vinculados a esses fatores, quando comparam-se itens como custo do processo, possibilidades de perda e o resultado esperado.
    Evitar ilícitos, em ambientes físicos ou virtuais, e garantir a disponibilidade de negócios e serviços impactam diretamente o resultado, objetivo maior da empresa.

    Neste curso mostraremos tudo isso.Vamos lá!

    Curso Operacional de Segurança Bancária

  • Noções de Segurança Privada

    Noções de Segurança Privada

  • Introdução

    Introdução

    Nos termos da Portaria 387/06 do Departamento de Polícia Federal (DPF), esta disciplina encontra-se dividida em 04 (quatro) unidades didáticas e tem por objetivo capacitar o vigilante a desenvolver os conceitos, as missões, os papeis das empresas, dos representantes de classe e dos órgãos reguladores.

    Objetiva, ainda, identificar os direitos, deveres e responsabilidades dos profissionais que atuam na área da segurança privada, tanto na esfera administrativa, quanto na trabalhista.

    Curso Operacional de Segurança Bancária

  • Segurança Privada: o Brasil adota a teoria do monopólio estatal da força para constituir a garantia de segurança e liberdade. A autodefesa está adstrita à legítima defesa, exercício regular de direito, ou estado de necessidade, ou, por fim, como medida preventiva, a contratação de segurança privada.

    As atividades de segurança privada, com números cláusulos, são reguladas e fiscalizadas pela Polícia Federal. A segurança privada é subsidiária e complementar à segurança pública e subordina-se aos princípios da necessidade, adequação e proporcionalidade.

    Curso Operacional de Segurança Bancária

  • Fora de controle, corre-se o risco de se perder de vista a distinção entre o público e o privado no domínio da segurança interna, bem como poderão surgir “milícias populares”, para grupos divergentes defenderem interesses próprios ou uns contra os outros, “exércitos particulares” para guardar áreas de domínio do crime, ou o combate da criminalidade por “iniciativa privada”

    Curso Operacional de Segurança Bancária

  • I. HISTÓRICO NORMATIVO

    A Lei nº. 7.102, de 20/06/1983, foi instituída para regulamentar as atividades de segurança privada, em especial a segurança dos estabelecimentos financeiros e o funcionamento das empresas prestadoras de serviços de segurança privada.

    Após alguns anos, foi publicada a Lei nº. 8.863, de 20/03/1994, que buscou definir as atividades de segurança privada, prevendo o serviço orgânico de segurança, pelo qual é facultado às empresas criar o seu próprio sistema de segurança.

    Curso Operacional de Segurança Bancária


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 49,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Abertura
  • Plano de Estudos
  • Introdução
  • Noções de Segurança Privada-Lei 7.102 e Portaria 387/2006 DPF
  • Órgãos de Controle
  • Acesso da Fiscalização da DELESP
  • Plano de Segurança
  • Fechadura, Eletrônica
  • Guarda de Valores e Porta de Segurança
  • Procedimentos no Autoatendimento
  • Uniforme do Vigilante
  • Documentos Obrigatórios
  • Armas e equipamentos autorizados
  • Regras e Normas de Segurança
  • Porta Giratória-Procedimentos na Porta Giratória
  • Tratamento com as Autoridades Públicas
  • Chegada à Agência-Abertura
  • Dispositivos utilizados pelos criminosos
  • Formas de atuação dos criminosos
  • Botão de Pânico
  • Procedimentos Operacionais
  • Modus Operandi
  • Fatores que facilitam o roubo
  • Proibições, do Vigilante Durante o Expediente
  • Procedimentos durante um Assalto
  • Conclusã