Curso Online de Gestão da qualidade - Os Cinco SS's do Kaizen

Curso Online de Gestão da qualidade - Os Cinco SS's do Kaizen

Kaizen e os 5s's Os 5s's são conceitos que funcionam como base do Kaizen:   1. Seiton: sentido de organização do material necessário para...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 60,00 Por: R$ 40,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Kaizen e os 5s's
Os 5s's são conceitos que funcionam como base do Kaizen:
 
1. Seiton: sentido de organização do material necessário para a produção de alguma coisa. Desta forma, os funcionários não perdem tempo procurando esses materiais.
 
2. Seiri: conceito que implica a distinção entre coisas essenciais e não essenciais, separando as duas categorias, para que as coisas menos importantes fiquem guardadas onde não perturbam a atividade normal.

3. Seiso: está relacionado com a limpeza, e indica que as áreas onde é feito o trabalho deve estar asseado, para que a produtividade não seja afetada.
 
4. Seiketsu: conceito relacionado com a higiene e a manutenção de um ambiente satisfatório e sadio para os trabalhadores.
 
5. Shitsuke: remete para a disciplina, determinação, honra e retidão de caráter. Princípios que garantem o cumprimento dos anteriores elementos e que facilitam o alcance do sucesso.

Miriam Gomes Cabral Formada em Pedagogia Atuação como educadora no Programa Escola da Família, nas aulas de dança e de culinária de 2011 à 2012. Especialização: Pedagogia Empresarial e Dinâmica de Grupo; Educação Especial Inclusiva com Ênfase em deficiência intelectual e física; Libras. Bailarina de dança de salão, dança do ventre e pole dance.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • OS
    CINCO
    SS’ S

  • Descrição:
    Kaizen e os 5s's
    Os 5s's são conceitos que funcionam como base do Kaizen:
     
    1. Seiton: sentido de organização do material necessário para a produção de alguma coisa. Desta forma, os funcionários não perdem tempo procurando esses materiais.
     
    2. Seiri: conceito que implica a distinção entre coisas essenciais e não essenciais, separando as duas categorias, para que as coisas menos importantes fiquem guardadas onde não perturbam a atividade normal.

    3. Seiso: está relacionado com a limpeza, e indica que as áreas onde é feito o trabalho deve estar asseado, para que a produtividade não seja afetada.
     
    4. Seiketsu: conceito relacionado com a higiene e a manutenção de um ambiente satisfatório e sadio para os trabalhadores.
     
    5. Shitsuke: remete para a disciplina, determinação, honra e retidão de caráter. Princípios que garantem o cumprimento dos anteriores elementos e que facilitam o alcance do sucesso.

    Gestão da qualidade: Os Cinco SS’ s do Kaizen

  • O que é Kaizen:
     
    Kaizen é uma palavra de origem japonesa que significa mudança para melhor, usada para transmitir a noção de melhoria contínua na vida em geral, seja ela pessoal, familiar, social e no trabalho.
    No contexto empresarial, o Kaizen é uma metodologia que permite baixar os custos e melhorar a produtividade. Considerado como o pai do Kaizen, o professor japonês Masaaki releva a importância do Gemba (termo japonês que significa "local real"), o local de trabalho onde o verdadeiro valor é criado. Além disso, o envolvimento de todos os colaboradores da empresa é essencial no Kaizen, porque esta é uma metodologia que não se concentra nas elites.
    Nos anos 50, os japoneses retomaram as ideias da administração clássica de Taylor para renovar sua indústria e criaram o conceito de Kaizen, que significa aprimoramento contínuo. Essa prática visa o bem não somente da empresa como do homem que trabalha nela,

  • partindo do princípio de que o tempo é o melhor indicador de competitividade, além de atuar de reconhecer e eliminar os desperdícios existentes na empresa, sejam em processos produtivos, produtos novos, manutenção de máquinas ou, ainda, processos administrativos.
    Segundo o Kaizen, é sempre possível fazer melhor, nenhum dia deve passar sem que alguma melhoria tenha sido implantada, seja ela na estrutura da empresa ou no indivíduo. As mudanças feitas devem ser graduais e nunca bruscas, para não perturbar o equilíbrio da estrutura.
    O Sistema de produção da Toyota é conhecido pela sua aplicação do princípio do Kaizen.
    Para o Kaizen, trabalha-se e vive-se de forma mais equilibrada e satisfatória possível, se pelo menos três quesitos forem atendidos: estabilidade financeira e emocional ao empregado, clima organizacional agradável e ambiente simples e funcional.

  • Kaizen e os 5s's
    Os 5s's são conceitos que funcionam como base do Kaizen:
     
    1. Seiton: sentido de organização do material necessário para a produção de alguma coisa. Desta forma, os funcionários não perdem tempo procurando esses materiais.
     
    2. Seiri: conceito que implica a distinção entre coisas essenciais e não essenciais, separando as duas categorias, para que as coisas menos importantes fiquem guardadas onde não perturbam a atividade normal.
    3. Seiso: está relacionado com a limpeza, e indica que as áreas onde é feito o trabalho deve estar asseado, para que a produtividade não seja afetada.
     
    4. Seiketsu: conceito relacionado com a higiene e a manutenção de um ambiente satisfatório e sadio para os trabalhadores.
     
    5. Shitsuke: remete para a disciplina, determinação, honra e retidão de caráter. Princípios que garantem o cumprimento dos anteriores elementos e que facilitam o alcance do sucesso.

  • Kaizen, Kanban e just in time
     
    O Kaizen, kanban e just in time são metodologias usadas no contexto da produção por parte de empresas.
    O just in time está relacionado com os sistemas de gestão de produção, e determina que nada deve ser produzido, transportado ou comprado antes da hora certa. Adotado por empresas como a Toyota, alguns administradores afirmam que em alguns países ocidentais, o JIT é apenas usado para diminuir o tempo de produção, enquanto que no Japão remete para a quantidade e qualidade exatas, no tempo certo.
    O kanban é um sistema que indica a utilização de cartões (post-it e outros) para indicar o andamento dos fluxos de produção em empresas de fabricação em série, permitindo estimular a entrega e a produção de peças. 

  • O que é Kanban:
     
    Kanban é um termo de origem japonesa e significa literalmente “cartão” ou “sinalização”. É um conceito relacionado com a utilização de cartões (post-it e outros) para indicar o andamento dos fluxos de produção em empresas de fabricação em série. Nesses cartões são colocadas indicações sobre uma determinada tarefa, por exemplo, “para executar”, “em andamento” ou “finalizado”.

  • A utilização de um sistema Kanban permite um controle detalhado de produção com informações sobre quando, quanto e o que produzir. O método Kanban foi inicialmente aplicado em empresas japonesas de fabricação em série e está estreitamente ligado ao conceito de “just in time”. A empresa japonesa de automóveis Toyota foi a responsável pela introdução desse método devido a necessidade de manter um eficaz funcionamento do sistema de produção em série.
    O Kanban eletrônico (e-Kanban) é utilizado em substituição ao método físico evitando alguns problemas como a perda de cartões e proporcionando mais rapidez na atualização do quadro de tarefas.
    Atualmente, o Kanban é muitas vezes usado, em conjunto com o Scrum, porque são duas metodologias usadas no desenvolvimento ágil de software. Outro conceito que por vezes é relacionado com Kanban, Just in Time e Scrum é Kaizen, que também tem como objetivo aumentar a produtividade.

  • Just in time
     
    Just in time (JIT) significa “no momento certo”. É um modelo japonês que procura eliminar estoques e agilizar a produção. Armazena-se o mínimo de matéria prima em estoque, apenas em quantidade que permita manter o processo produtivo no momento. O número de fornecedores também é reduzido para o modelo funcionar de forma eficiente.
     
    O que é Scrum:
    Scrum é uma metodologia usada para a gestão dinâmica de projetos, sendo muitas vezes aplicada para o desenvolvimento ágil de um software.
    O Scrum é uma ferramenta que permite controlar de forma eficaz e eficiente o trabalho, potencializando as equipes que trabalham em prol de um objetivo em comum.
    Esta metodologia é essencial para muitas empresas atualmente, porque não apenas facilita a definição de objetivos, como também ajuda a cumprir os prazos estabelecidos.

  • No Scrum se trabalha com o chamado product backlog, um registro que contém as áreas do produto que devem ser desenvolvidas. Do product backlog é criado orelease backlog, que é a junção dos requisitos do product backlog que vão ser trabalhados, de acordo com a prioridade de cada um. O release backlog é um ponto para a criação do Sprint backlog, que representa o espaço de tempo em que uma tarefa (chamada de user story) vai ser concluída.
    O tamanho de cada Sprint é adequado à empresa em questão e aos seus projetos. A Sprint pode demorar entre uma a quatro semanas. O processo de Scrum costuma ser controlado em um quadro, onde é possível ver as tarefas que estão em desenvolvimento, as que foram trabalhadas, mas que ainda precisam ser verificadas ou testadas, e as que são consideradas concluídas.
    Alguns dos elementos que fazem parte do processo do Scrum são:
    Product owner: é o dono do produto ou projeto que vai ser trabalhado, sendo responsável pela direção a seguir, definindo quais requisitos vão fazer parte do product backlog e quais devem ser abordados pela equipe. Representa os usuários ou clientes do produto em questão;

  • Scrum Master: é o elemento que faz a ligação entre o product owner e a equipe. Tem a responsabilidade de organizar reuniões, fazer o acompanhamento do trabalho e se certificar que cada integrante da equipe tem as ferramentas necessárias para cumprir a sua função da melhor maneira possível.
    Team (equipe): É a equipe que trabalha para o desenvolvimento do projeto ou produto.
    Outro conceito relevante nesta área é o daily scrum, ou scrum diário, que consiste em uma reunião organizada pelo Scrum Master. Todos os elementos estão em pé, para que a reunião seja de curta duração (máximo 15 minutos). Esta reunião é uma forma de comprovar que cada elemento está cumprindo o seu papel.
    Outra reunião importante no âmbito do scrum é a de planejamento da próxima Sprint, onde é definido quanto tempo vai durar cada tarefa. O standard para a medição do tempo de cada tarefa pode ser atribuição de pontos ou tamanhos de camiseta (XL, L, M, S, XS), sendo que uma tarefa que demora mais tem mais pontos. Desta forma, é possível somar os pontos no fim da sprint e averiguar a velocidade de trabalho da equipe.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 40,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Kaizen e os 5s's
  • Os 5s's são conceitos que funcionam como base do Kaizen:
  • 1. Seiton: sentido de organização do material necessário para a produção de alguma coisa. Desta forma, os funcionários não perdem tempo procurando esses materiais.
  • 2. Seiri: conceito que implica a distinção entre coisas essenciais e não essenciais, separando as duas categorias, para que as coisas menos importantes fiquem guardadas onde não perturbam a atividade normal.
  • 3. Seiso: está relacionado com a limpeza, e indica que as áreas onde é feito o trabalho deve estar asseado, para que a produtividade não seja afetada.
  • 4. Seiketsu: conceito relacionado com a higiene e a manutenção de um ambiente satisfatório e sadio para os trabalhadores.
  • 5. Shitsuke: remete para a disciplina, determinação, honra e retidão de caráter. Princípios que garantem o cumprimento dos anteriores elementos e que facilitam o alcance do sucesso.