Curso Online de ISO TS 16949:2009 - Origem e Requisitos
3 estrelas 3 alunos avaliaram

Curso Online de ISO TS 16949:2009 - Origem e Requisitos

Especificação Técnica para o segmento automotivo, contém todos os requisitos da ISO 9001:2008.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 17 horas

Por: R$ 25,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Especificação Técnica para o segmento automotivo, contém todos os requisitos da ISO 9001:2008.

- Coordenador do Sistema da Qualidade e Ambiental; - Palestrante e Auditor Líder ISO 14001:2004; - Auditor ISO 9001:2008 e ISO/TS 16949:2009; - Técnico em Mecânica Industrial (Senai - SP); - Bacharel em Administração; - Mestre em Tecnologia Ambiental ( IPT - SP).


- Leandro Batista Couto

- Daniel Victorino De Almeida

"O curso pode ser melhorado através de exemplos para o melhor entendimento dos pontos da norma."

- Eduardo Teles Da Silva

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • ISO TS 16949:2009 ORIGEM E REQUISITOS

    1

  • Apresentação dos Treinandos

    Apresentação dos Treinandos

    Nome: ______________________________
    Experiência com a ISO/TS 16949 (alternativas de 1 a 10 no slide 3)
    Experiência com auditorias (alternativas de 1 a 10 no slide 4)
    Expectativas em relação ao treinamento (slide 5)

    2

  • Experiência com a ISO/TS 16949

    Experiência com a ISO/TS 16949

    Ouviu falar sobre a ISO/TS 16949;
    Leu de relance;
    Leu toda a Norma;
    Participou de treinamento;
    Participou de auditoria interna ISO TS 16949;
    Participou da implantação de um SGQ – Sistema de Gestão da Qualidade;
    Liderou um projeto de implantação;
    Ministrou treinamento ISO TS 16949;
    Prestou consultoria;
    Ajudou a escrever a ISO TS 16949.

    3

  • Experiência em Auditorias

    Experiência em Auditorias

    Ouviu falar de auditorias;
    Observou uma auditoria;
    Foi auditado;
    Recebeu treinamento em auditorias;
    Realizou auditorias;
    Liderou uma equipe auditora;
    Ensinou outros a auditar;
    Auditou um fornecedor;
    Auditou por um Organismo Certificador;
    Ajudou a escrever a ISO 9001 ou ISO TS 16949.

    4

  • Expectativas do Aluno

    Expectativas do Aluno

    5

    Descreva abaixo quais suas expectativas com o treinamento:
    ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

  • Apresentar uma visão da Especificação Técnica ISO/TS 16949;
    Compreender seus requisitos e conceitos básicos;
    Entender sua relação de complementação com a ISO 9001 e a QS 9000 (e seus manuais de referência), VDA, EAQF e AVSQ;
    Identificar os elementos críticos;
    Avaliar o impacto dentro da Organização;
    Tornar-se um multiplicador na organização e implementação do Sistema de Gestão da Qualidade.

    OBJETIVOS DO TREINAMENTO

    6

  • Objetivos das Normas

    Objetivos das Normas

    Comunicar requisitos;
    Estabelecer referenciais;
    Definir unidades comuns de medição;
    Criar uniformidade, consistência e padronização em operações e processos;
    Facilitar intercâmbio de processos e métodos;
    Aumentar a confiabilidade em processos e produtos;

    7

  • Importância das Normas

    Importância das Normas

    A utilização de normas:
    É uma forma de consolidar os avanços científicos e tecnológicos;
    Intensifica a produtividade;
    Simplifica e reduz a variabilidade presente em todos os processos.
    Desempenha papel fundamental na busca de uma economia globalizada e competitiva.
    É um processo dinâmico e permanente que visa:
    Facilitar relações comerciais – cliente / fornecedor;
    Atender aos anseios e necessidades dos clientes.

    8

  • Importância das Normas

    Importância das Normas

    Henry Ford, por exemplo, utilizou amplamente as Normas para:

    Viabilizar seu sonho de produzir automóveis acessíveis para a maioria da população;
    Desenvolver os processos de manufatura seriada;
    Inovar as operações para produção em escala;
    Implementar novas abordagens de gerenciamento de processos;

    9

  • Normas para Sistemas da Qualidade

    Normas para Sistemas da Qualidade

    Foram desenvolvidas inicialmente nos Estado Unidos, durante a Segunda Grande Guerra;
    Os Estados Unidos desenvolveram em 1963 a norma para Sistema da Qualidade MIL-Q 9858-A;
    Outros países desenvolveram suas próprias normas, como por exemplo:
    Z-299 (Canadá);
    DIN 55-355 (Alemanha);
    BS-5750 (Inglaterra);
    NEN 2646 (Holanda);
    NBR 8593, 8595, 8596 E 8597-1984 (Brasil).

    10

  • Norma ISO 9001

    Norma ISO 9001

    ISO é a sigla de três palavras em inglês: - International Organization for Standardization.
    É uma organização não governamental localizada em Genebra na Suíça, voltada para elaborar normas.
    Fazem parte da ISO, mais de 150 países, entre eles o Brasil através do ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas.  

    11


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Apresentação dos Treinandos
  • Experiência com a ISO/TS 16949
  • Experiência em Auditorias
  • Expectativas do Aluno
  • Objetivos das Normas
  • Importância das Normas
  • Normas para Sistemas da Qualidade
  • Norma ISO 9001
  • NORMAS DO SGQ
  • Norma ISO 9001:2008
  • Origem da ISO/TS 16949
  • Certificações pelo mundo
  • Objetivos da ISO/TS 16949
  • Premissas da ISO/TS 16949
  • Estrutura da ISO/TS 16949
  • ISO/TS 16949
  • Requisitos do SGQ X Requisitos dos Produtos
  • Envolvimento da Alta Administração
  • Exclusões Permitidas
  • Termos e Definições
  • ISO/TS 16949
  • 4.1-Requisitos Gerais
  • ISO/TS 16949 - DIAGRAMA TARTARUGA
  • 4.1-Requisitos Gerais (Cont.)
  • 4.2 Requisitos de Documentação
  • 4.2.1 Generalidades
  • 4.2.2 Manual da Qualidade
  • 4.2.3 Controle de Documentos
  • 4.2.3.1- Especificações de Engenharia
  • 4.2.4 Controle de Registros
  • 4.2.4.1 Retenção de registros
  • ISO/TS 16949
  • 5.1 Comprometimento da Direção
  • 5.1.1 Eficiência dos Processos
  • 5.2 Foco no Cliente
  • 5.3 Política da Qualidade
  • 5.4 - Planejamento
  • 5.4.1 - Objetivos da Qualidade
  • 5.4.1.1 - Objetivos da Qualidade - Suplemento
  • 5.4.2 Planejamento do SGQ
  • 5.5 Responsabilidade, Autoridade e Comunicação
  • 5.5.1 Responsabilidade e Autoridade
  • 5.5.1.1 Responsabilidade pela Qualidade
  • 5.5.2 Representante da Direção
  • 5.5.2.1 Representante do Cliente
  • 5.5.3 Comunicação Interna
  • 5.6 Análise Crítica pela Direção
  • 5.6.1 Generalidades
  • 5.6.1.1 Performance do Sistema de Gestão da Qualidade
  • 5.6.2 Entradas para Análise Crítica
  • 5.6.2.1 Entradas para Análise Crítica - suplemento
  • 5.6.3 Saídas da Análise Crítica
  • ISO/TS 16949
  • 6.1 Provisão de Recursos
  • 6.2 Recursos Humanos
  • 6.2.1 Generalidades
  • 6.2.2 Competência, Treinamento e Conscientização
  • 6.2.2.1 Capacitação para Projeto de Produto
  • 6.2.2.2 Treinamento
  • 6.2.2.3 Treinamento no posto de trabalho (on the job)
  • 6.2.2.4 Motivação e Atribuição de poder ao funcionário (Empowerment)
  • 6.3 Infra-estrutura
  • 6.3.1 Planejamento da Fábrica, das Instalações e dos Equipamentos
  • 6.3.2 Planos de Contingência
  • 6.4 Ambiente de Trabalho
  • 6.4.1 Segurança Pessoal para Alcançar a Conformidade com os Requisitos do Produto
  • 6.4.2 Limpeza das instalações
  • 7. REALIZAÇÃO DO PRODUTO
  • 7.1 Planejamento da Realização do Produto
  • 7.1.1 Planejamento da Realização do Produto Suplemento
  • 7.1.2 Critério de Aceitação
  • 7.1.3 Confidencialidade
  • 7.1.4 Controle de alterações
  • 7.2 Processos Relacionados a Clientes
  • 7.2.1 Determinação de requisitos relacionados ao produto
  • 7.2.1.1 Características Especiais Designadas pelo Cliente
  • 7.2.2 Análise crítica dos requisitos relacionados ao produto
  • 7.2.2.1 Suplemento e 7.2.2.2 Capacidade de Produção
  • 7.2.3 Comunicação com o Cliente
  • 7.3 Projeto e Desenvolvimento
  • 7.3.1 Planejamento do projeto e desenvolvimento
  • 7.3.1.1 Abordagem Multidisciplinar
  • 7.3.2 Entradas de projeto e desenvolvimento
  • 7.3.2.1 Entradas de Projeto do Produto
  • 7.3.2.2 Entrada de Projeto de Processo de Produção
  • 7.3.2.3 Características Especiais
  • 7.3.3 Saídas de projeto e desenvolvimento
  • 7.3.3.1 Saídas do Projeto de Produto
  • 7.3.3.2 Saída de Projeto do Processo de Manufatura
  • 7.3.4 Análise crítica do projeto e desenvolvimento
  • 7.3.4.1 Monitoramento
  • 7.3.5 Verificação de projeto e desenvolvimento
  • 7.3.6 Validação de projeto e desenvolvimento
  • 7.3.6.2 Programa de Protótipo
  • 7.3.6.3 Processo de Aprovação do Produto
  • 7.3.7 Controle de alterações de projeto e desenvolvimento
  • 7.4 Aquisição
  • 7.4.1 Processo de aquisição
  • 7.4.1.1 Conformidade Regulamentar e Estatutária
  • 7.4.1.2 Desenvolvimento do Sistema de Gestão da Qualidade do Fornecedor
  • 7.4.1.3 Fornecedores Aprovados pelo Cliente
  • 7.4.2 Informações de aquisição
  • 7.4.3 Verificação do produto adquirido
  • 7.4.3.1 – Conformidade aos Requisitos do Produto Recebido
  • 7.4.3.2 Monitoramento do Fornecedor
  • 7.5 Produção e fornecimento de serviço
  • 7.5.1 Controle de produção e fornecimento de serviço
  • 7.5.1.1 Plano de Controle
  • 7.5.1.1 Plano de Controle (cont.)
  • 7.5.1.2 Instruções de Trabalho
  • 7.5.1.3 Verificação de Set-ups
  • 7.5.1.4 Manutenção Preventiva e Preditiva
  • 7.5.1.5 Gestão do Ferramental
  • 7.5.1.6 Programação da Produção
  • 7.5.1.7 Feedback das Informações de Serviço
  • 7.5.1.8 Acordo sobre serviço com o cliente
  • 7.5.2 Validação dos processo de produção e fornecimento de serviços
  • 7.5.3 Identificação e rastreabilidade
  • 7.5.4 Propriedade do cliente
  • 7.5.4.1 Ferramental do Cliente
  • 7.5.5 Preservação do produto
  • 7.5.5.1 Armazenamento e Inventário
  • 7.6 Controle dos equipamentos de medição e monitoramento
  • 7.6.1 Análise do Sistema de Medição
  • 7.6.2 Registros de Calibração/Verificação
  • 7.6.3 Requisitos do Laboratório 7.6.3.1 Laboratório Interno
  • 7.6.3.2 Laboratório Externo
  • 8. MEDIÇÃO, ANÁLISE E MELHORIA
  • 8.1 Generalidades
  • Continuação
  • 8.2 Medição e Monitoramento
  • 8.2.1 Satisfação do Cliente
  • 8.2.1.1 Satisfação dos Clientes – Suplemento
  • 8.2.2 Auditoria Interna
  • 8.2.2 Auditoria Interna (Cont)
  • 8.2.3 Medição e Monitoramento de Processos
  • 8.2.3.1- Medição e Monitoramento dos Processos de Manufatura
  • 8.2.3.1- Medição e Monitoramento dos Processos de Manufatura (cont.)
  • 8.2.3.1 - Medição e Monitoramento dos Processos de Manufatura (cont.)
  • 8.2.4 Medição e Monitoramento de Produtos
  • 8.2.4.1 Inspeção do Layout e Teste Funcional
  • 8.2.4.2 Itens de Aparência
  • 8.3 Controle de Produto não-conforme
  • 8.3 Controle de Produto não-conforme (cont.)
  • 8.4 Análise de Dados
  • 8.4.1 Análise e Uso de Dados
  • 8.5 Melhorias
  • 8.5.1 Melhoria Contínua
  • 8.5.1 Melhoria Contínua (cont)
  • 8.5.2 Ação Corretiva
  • 8.5.2 Ação Corretiva (cont)
  • 8.5.3 Ação Preventiva