Curso Online de Curso: Atuação do Técnico em Segurança do Trabalho
5 estrelas 3 alunos avaliaram

Curso Online de Curso: Atuação do Técnico em Segurança do Trabalho

Atuação do TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO e sua conforme Portaria 3.275 de 21 de Setembro de 1989 e CBO 3516-05. *Histórico da profissã...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 12 horas

De: R$ 60,00 Por: R$ 40,00
(Pagamento único)

Mais de 40 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Atuação do TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO e sua conforme Portaria 3.275 de 21 de Setembro de 1989 e CBO 3516-05.
*Histórico da profissão;
*Profissão regulamentada por lei;
*Explicação da Portaria 3.275 que regulamenta o exercício;
*Atuação em Gestão de Política de Segurança;
*Ferramentas de Trabalho e
*Juramento do Técnico em Segurança do Trabalho

Graduando em Fonoaudiologia atuando na Fonoaudiologia Clinica e Audiologia; Engenheiro de Produção; Pós Graduando em Engenharia de Segurança do Trabalho; Técnico em Segurança do Trabalho atuando em Gestão de SST com atuação de 10 anos Coordenador de SESMT - Atualmente de um grande empresa da seguimento de alimentos e Psicopedagogo Clínico e Institucional


- Wilton Rodrigo Lucas

- Vlademir Carlos Casquez

- Eliseu Macedo Bento

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO

    TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO

    Campo de Atuação – Conforme CBO – Classificação Brasileira de Ocupações – 3516-05 e PORTARIA 3.275 de 21 de Setembro de 1989

  • Histórico da Ocupação

    Histórico da Ocupação

    No Brasil, o técnico em segurança do trabalho é um profissional com formação pelo ensino secundário, regulado pela Lei nº 7.410, de 27 de novembro de 1985. Dentre suas atribuições, definidas pela Portaria nº 3.275/89, do Ministro do Trabalho, destacam-se a informação do empregador e dos trabalhadores sobre os riscos presentes no ambiente de trabalho e a promoção de campanhas e outros eventos de divulgação das normas de segurança e saúde no trabalho, além do estudo dos dados estatísticos sobre acidentes e doenças relacionadas ao trabalho. As empresas são obrigadas a contratar técnicos de segurança do trabalho para integrar o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT), em razão de seu código na Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) e número de empregados. A obrigação está prevista no artigo 162 da Consolidação das Leis do Trabalho e detalhada na Norma Regulamentadora nº 4, aprovada pela Portaria nº 3.214/78, da extinta Secretaria de Segurança e Medicina do Ministério do Trabalho (atual Secretaria de Inspeção do Trabalho).

  • Instrutor / facilitador

    Instrutor / facilitador

    Antonio Flávio Fernandes Carneiro
    Fonoaudiólogo
    Técnico em Segurança do Trabalho
    Assessor Técnico em Brigada de Incêndio
    Graduando em Engenharia de Produção
    Psicopedagogo Clínico e Institucional

  • Quadro II

    Quadro II

  • Descrição sumária

    Descrição sumária

    Elaboram, participam da elaboração e implementam política de saúde e segurança no trabalho (sst); realizam auditoria,acompanhamento e avaliação na área; identificam variáveis de controle de doenças, acidentes, qualidade de vida e meio ambiente. Desenvolvem ações educativas na área de saúde e segurança no trabalho; participam de perícias e fiscalizações e integram processos de negociação. Participam da adoção de tecnologias e processos de trabalho; gerenciam documentação de sst; investigam, analisam acidentes e recomendam medidas de prevenção e controle.

  • Formação e experiência

    Formação e experiência

    O exercício dessa ocupação requer formação de nível médio e curso técnico de segurança no trabalho.

  • Condições gerais de exercício

    Condições gerais de exercício

    Exercem suas funções em empresas dos mais diversos ramos de atividades. São contratados na condição de trabalhadores assalariados, com carteira assinada. Em geral, atuam de forma individual, sob supervisão permanente, em ambientes fechados, no período diurno, exercendo o trabalho de forma presencial. Algumas de suas atividades podem ser desenvolvidas sob pressão, levando-os à situação de estresse. Os profissionais podem, ainda, estar expostos à ação de materiais tóxicos, radiação, ruído intenso e altas temperaturas.

  • Lei de regulamentação

    Lei de regulamentação

    PORTARIA N.º 3.275, DE 21 DE SETEMBRO DE 1989 (D.O.U. de 22/09/89 – Seção 1 – pág. 16.966 e 16.967)
    A MINISTRA DE ESTADO DO TRABALHO, no uso de suas atribuições, considerando o disposto no art. 6º do Decreto n.º 92.530, de 9 de abril de 1986, que competência ao Ministério do Trabalho para definir as atividades do Técnico de Segurança do Trabalho, RESOLVE:

  • Art. 1º - As atividades do Técnico de Segurança do Trabalho são as seguintes:

    Art. 1º - As atividades do Técnico de Segurança do Trabalho são as seguintes:

    I - informar o empregador, através de parecer técnico, sobre os riscos exigentes nos ambientes de trabalho, bem como orientá-los sobre as medidas de eliminação e neutralização;
    II - informar os trabalhadores sobre os riscos da sua atividade, bem como as medidas de eliminação e neutralização;
    III - analisar os métodos e os processos de trabalho e identificar os fatores de risco de acidentes do trabalho, doenças profissionais e do trabalho e a presença de agentes ambientais agressivos ao trabalhador, propondo sua eliminação ou seu controle;
    IV - executar os procedimentos de segurança e higiene do trabalho e avaliar os resultantes alcançados, adequando-os estratégias utilizadas de maneira a integrar o processo prevencionista em uma planificação, beneficiando o trabalhador;

  • Art. 1º - As atividades do Técnico de Segurança do Trabalho são as seguintes:

    Art. 1º - As atividades do Técnico de Segurança do Trabalho são as seguintes:

    V - executar programas de prevenção de acidentes do trabalho, doenças profissionais e do trabalho nos ambientes de trabalho, com a participação dos trabalhadores, acompanhando e avaliando seus resultados, bem como sugerindo constante atualização dos mesmos estabelecendo procedimentos a serem seguidos;
    VI - promover debates, encontros, campanhas, seminários, palestras, reuniões, treinamentos e utilizar outros recursos de ordem didática e pedagógica com o objetivo de divulgar as normas de segurança e higiene do trabalho, assuntos técnicos, visando evitar acidentes do trabalho, doenças profissionais e do trabalho;
    VII - executar as normas de segurança referentes a projetos de construção, aplicação,reforma, arranjos físicos e de fluxos, com vistas à observância das medidas de segurança e higiene do trabalho, inclusive por terceiros;
    VIII - encaminhar aos setores e áreas competentes normas, regulamentos, documentação, dados estatísticos, resultados de análises e avaliações, materiais de apoio técnico, educacional e outros de divulgação para conhecimento e auto-desenvolvimento do trabalhador;

  • Art. 1º - As atividades do Técnico de Segurança do Trabalho são as seguintes:

    Art. 1º - As atividades do Técnico de Segurança do Trabalho são as seguintes:

    IX - indicar, solicitar e inspecionar equipamentos de proteção contra incêndio, recursos audiovisuais e didáticos e outros materiais considerados indispensáveis, de acordo com a legislação vigente, dentro das qualidades e especificações técnicas recomendadas, avaliando seu desempenho;
    X - cooperar com as atividades do meio ambiente, orientando quanto ao tratamento e destinação dos resíduos industriais, incentivando e conscientizando o trabalhador da sua importância para a vida;
    XI - orientar as atividades desenvolvidas por empresas contratadas, quanto aos procedimentos de segurança e higiene do trabalho previstos na legislação ou constantes em contratos de prestação de serviço;
    XII - executar as atividades ligadas à segurança e higiene do trabalho utilizando métodos e técnicas científicas, observando dispositivos legais e institucionais que objetivem a eliminação, controle ou redução permanente dos riscos de acidentes do trabalho e a melhoria das condições do ambiente, para preservar a integridade física e mental dos trabalhadores;


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 40,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO
  • Histórico da Ocupação
  • Instrutor / facilitador
  • Quadro II
  • Descrição sumária
  • Formação e experiência
  • Condições gerais de exercício
  • Lei de regulamentação
  • Art. 1º - As atividades do Técnico de Segurança do Trabalho são as seguintes:
  • Atuação conforme CBO – Classificação brasileira de ocupações – 3516-05
  • ELABORAR E PARTICIPAR DA ELABORAÇÃO DA POLÍTICA DE SST
  • IMPLANTAR A POLÍTICA DE SST
  • REALIZAR AUDITORIA, ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO NA ÁREA DE SS
  • IDENTIFICAR VARIÁVEIS DE CONTROLE DE DOENÇAS, ACIDENTES, QUALIDADE DE VIDA E MEIO
  • DESENVOLVER AÇÕES EDUCATIVAS NA ÁREA DE SST
  • PARTICIPAR DE PERÍCIAS E FISCALIZAÇÕES
  • INTEGRAR PROCESSOS DE NEGOCIAÇÃO
  • PARTICIPAR DA ADOÇÃO DE TECNOLOGIAS E PROCESSOS DE TRABALHO
  • GERENCIAR DOCUMENTAÇÃO DE SST
  • INVESTIGAR ACIDENTES
  • DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS
  • Recursos de Trabalho
  • Juramento do Técnico de Segurança do Trabalho