Curso Online de Liderança e Motivação de Equipes
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Liderança e Motivação de Equipes

1.Civilização 2.Cultura 3.Diagnósticos 4.Valores 5.Vetores Culturais 6.Poder 6.1.Sistemas de poder 6.2.Formas de poder 6....

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 7 horas

De: R$ 80,00 Por: R$ 49,90
(Pagamento único)

Mais de 10 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

1.Civilização
2.Cultura
3.Diagnósticos
4.Valores
5.Vetores Culturais
6.Poder
6.1.Sistemas de poder
6.2.Formas de poder
6.3.Fontes de poder
7.Autoridade
8.Personalidade
9.Caráter
10.Liderança
11.Conquista da Liderança
12.Valores de um líder
13.Compromisso com a liderança
14.Confiança
15.Liderança e Processo
16.Influência do Líder
17.Motivação

Formado em Técnico de Segurança do Trabalho e Meio Ambiente e Consultor Ambiental, possuo vasto conhecimento na área de Segurança do Trabalho e Meio Ambiente.Ministro treinamentos diversos nos quais se referem à: NR´s - 10,11,05,6,7,9,33,23,18,17 e demais procedimentos de Segurança do Trabalho e Meio Ambiente ISO 14001,ISO 9001, OSHAS 18000. Para maiores esclarecimentos favor entrar em contato no e-mail: carlos_martinsh@hotmail.com


- Fábio Rodrigues Mendes

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • liderança

    motivação

    e

  • o vocábulo deriva do latim “civita” que designava cidade e “civile” (civil) o seu habitante.
    “estágio da cultura social e da civilidade de um agrupamento humano caracterizado pelo progresso social, científico, político, econômico e artístico”.
    a civilização é um processo social em si, inerente aos grupamentos humanos que tendem sempre a evoluir com a variação das disponibilidades alimentares e de outros recursos e a competição por eles com os grupamentos vizinhos.
    a hegemonia de tais grupos sobre outros acaba sempre influenciando culturalmente toda a região e o produto, invariavelmente, redunda em um novo regramento social, impressionantes construções e a produção de obras de arte numa etapa posterior.
    grandes civilizações : babilônica; egípcia; persa; grega; maia;

    civilização

  • cultura (do latim “cultura”, cultivar o solo, cuidar) é um termo com várias acepções, em diferentes níveis de profundidade e diferente especificidades:
    filosofia: cultura é o conjunto de manifestações humanas que contrastam com a natureza ou comportamento natural.
    biologia: uma cultura é normalmente uma criação especial de organismos (em geral microscópicos) para fins determinados.
    sociologia: (sociedade ocidental) aquisição de conhecimentos e práticas de vida reconhecidas como melhores.
    antropologia: o total de padrões aprendidos e desenvolvidos pelo ser humano.
    etnologia: (ciência do estudo da cultura) “complexo que inclui conhecimento, crenças, arte, morais, leis, costumes e outras aptidões e hábitos adquiridos pelo homem como membro da sociedade.” edward burnett tylor.

    cultura

  • “formas de organização de um povo, seus costumes e tradições transmitidas de geração para geração que, a partir de uma vivência e tradição comum, se apresentam como a identidade desse povo”.

    “o conjunto de características humanas que não são inatas, e que se criam e se preservam ou aprimoram através da comunicação e cooperação entre indivíduos em sociedade”.

    “conjunto de atitudes e modos de agir, de costumes, de instituições e valores espirituais e materiais de um grupo social, de uma sociedade, de um povo”.

    o uso de abstração é uma característica do que é cultura: os elementos culturais só existem na mente das pessoas, em seus símbolos tais como padrões artísticos e mitos.

    cultura

  • “uma forma de vínculo emocional que mantém a organização funcionando como um conjunto e ... representa um conjunto de crenças e expectativas transformadas em normas e valores que orientam o comportamento dos indivíduos e grupos na organização”. gaj (1990)

    a cultura pode ser entendida sob quatro perspectivas:
    explícito: aspectos facilmente percebidos; concretos (formas de vestir, linguagem, comunicação, predisposição ao aprendizado...)
    normas: sentimento mútuo do que é “certo” e “errado” (comportamento);
    valores - determinam a definição de “bom” e “mau” e estão intimamente relacionados a ideais compartilhados por um grupo (necessidades e desejos).
    implícito: modo de lidar com o ambiente por meio de soluções, muitas vezes, inconscientes.

    cultura

    cultura

  • cinco enfoques da cultura organizacional:

    realização: (individual ou coletivo)
    grau de importância que a empresa dá às realizações individual ou coletiva,
    apropriação da responsabilidade,
    políticas de recompensa e incentivos,
    apoio ao equilíbrio entre privacidade pessoal e atuação profissional,
    enfoques: recompensa, responsabilidade, trabalho, balanço profissional – pessoal.
    poder: (concentrado ou compartilhado)
    grau de importância que é dado ao poder como fator diferencial,
    existe liberdade de expressão por parte dos funcionários,
    gestão de conflitos,
    fonte de tomada de decisões,
    nível de formalização da empresa,
    enfoques: comunicação, conflito, decisões, status, estrutura.

    cultura

  • iniciativas: (conservadora ou inovadora)
    grau de encorajamento que a empresa dá à continuidade de uma prática ou a sua inovação,
    postura defensiva ou reativa às mudanças de mercado,
    o sucesso é mensurado pelos resultados de curto ou longo prazo,
    enfoques: ação, visão de tempo.
    ambiente: (resultados ou processos)
    a cultura é orientada à processos ou à resultados,
    ênfase nas atividades ou relacionamentos,
    enfoques: gerencial, decisional, operacional, ritmo.
    risco: (evitado ou encorajado)
    aceitação do risco,
    nível de exposição ao risco,
    há gerenciamento dos riscos.
    enfoques: decisões, inovação, tradição.

    "de nada adianta a liberdade se não temos a liberdade de errar." (m.gandhi)

    cultura

  • avaliação dos esforços exigido para mudar de cultura “atual” para “ideal” pelo uso de ferramentas permitem aos agentes de mudança identificar fontes de apoio e resistência e assim, elaborar estratégias para fechar as lacunas existentes.

    ferramentas utilizadas para medir e entender a cultura de uma empresa:
    utilizados especialmente antes, durante e após fusões e aquisições visando identificar as diferenças culturais que poderiam prejudicar a integração das empresas.
    também, utilizados em situações que exigem mudanças drásticas no comportamento da força de trabalho, como privatizações.
    ainda, utilizadas em outras situações de mudança: internalização de tecnologias, implementações de metodologias, adoção de planos que exigem esforços globais.

    diagnósticos

  • o processo de socialização de novos membros (os rituais de inclusão): o momento de socialização é crucial para a reprodução do universo simbólico. é através das estratégias de integração do indivíduo à organização que os valores e comportamento vão sendo transmitidos e incorporados pelos novos membros;
    as políticas de recursos humanos: têm papel relevante no processo de construção de identidade da organização por serem as mediadoras da relação entre capital, responsabilidade social e trabalho.
    o processo de comunicação: a comunicação é um dos elementos essenciais no processo de criação, transmissão e cristalização do universo simbólico de uma organização;
    a organização do processo de trabalho: a análise da organização do processo de trabalho em sua componente tecnológica e em sua componente social, como forma de gestão da força de trabalho, possibilita a identificação das categorias presentes na relação de trabalho;

    vetores culturais

  • níveis de preferência estabelecidos para objetos, conhecimentos, comportamentos ou sentimentos, tenham eles origem individual ou coletiva.
    os valores sociais são aqueles gerados pela situação de associação em que os homens se encontram e que contribuem para sua própria manutenção.
    condutas previamente concebidas segundo preferências conscientes ou inconscientes.
    um conjunto de valores constitui uma ética, ou seja, princípios coerentes que orientam a ação.
    toda entidade é fundamentada em valores comuns que podem assumir os mais variados conteúdos: são as crenças e os ritos de uma religião, a eficiência e a qualidade em uma empresa, a solidariedade e o respeito em uma família...
    conflito de valores que resultaram em mudança social: quando da expansão, do capitalismo a partir do século xvi, a adoção de uma ética que valorizava o trabalho e a riqueza pelos religiosos reformados europeus, em contraposição à idéia do trabalho como um mal necessário e a condenação do lucro pela igreja católica.

    valores

  • poder


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 49,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Caráter
  • Aprenda a liderar
  • Valores do Líder
  • Comprometer a liderança
  • Liderança é processo
  • aspectos pessoais da liderança
  • influência do Líder
  • motivação
  • Teoria de Maslow
  • Motivação
  • Atitude
  • Coragem
  • Iniciativa
  • Superação
  • Motivação