Curso Online de NR 19 - EXPLOSIVOS
4 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de NR 19 - EXPLOSIVOS

ESTE CURSO NR19 - EXPLOSIVOS VEM APRESENTAR DE FORMA CLARA E PRÁTICA, A EXPLANAÇÃO DO USO E REQUISITOS TÉCNICOS RELACIONADOS COM ETIVIDAD...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 2 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 80 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

ESTE CURSO NR19 - EXPLOSIVOS VEM APRESENTAR DE FORMA CLARA E PRÁTICA, A EXPLANAÇÃO DO USO E REQUISITOS TÉCNICOS RELACIONADOS COM ETIVIDADES AFINS.


- Antonio José De Moraes Lima

- Gabriel D'auria Teixeira

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • PALESTRA SOBRE NR 19

    PALESTRA SOBRE NR 19

  • EXPLOSIVOS

  • EXPLOSIVOS

  • SUMÁRIO

    SUMÁRIO

    NR 19- Explosivos
    Conceitos gerais relacionados com detonação de explosivos
    Reconhecimento e controle dos riscos
    a. Depósitos e áreas de preparação e fabricação de explosivos b. Equipamentos e acessórios c. Veículos d. Sinalização
    Cuidados no manuseio
    Cuidados com o veículo
    Cuidados com pré-operação, operação e pós-operação de detonações
    Anomalias após a explosão
    Checklist de transporte e instalação
    Conceitos e práticas sobre equipamentos de segurança: a. Tipos de equipamento de segurança EPI EPC Funcionamento de equipamentos de segurança Inspeção dos equipamentos e itens de segurança

  • NR 19 - Explosivos

    NR 19 - Explosivos

    19.1 Disposições Gerais
    19.1.1 Para fins desta Norma, considera-se explosivo material ou substância que, quando iniciada, sofre decomposição
    muito rápida em produtos mais estáveis, com grande liberação de calor e desenvolvimento súbito de pressão.
    19.1.2 As atividades de fabricação, utilização, importação, exportação, tráfego e comércio de explosivos devem obedecer ao
    disposto na legislação específica, em especial ao Regulamento para Fiscalização de Produtos Controlados (R-105) do
    Exército Brasileiro, aprovado pelo Decreto n.º 3.665, de 20 de novembro de 2000.
    19.1.3 É proibida a fabricação de explosivos no perímetro urbano das cidades, vilas ou povoados.
    19.1.4 As empresas devem manter, nas instalações de fabricação e armazenagem, quantidades máximas de explosivos de
    acordo com o Anexo II desta Norma.

  • 19.1.4.1 As distâncias constantes do Anexo II poderão ser reduzidas à metade no caso de depósitos barricados.
    19.1.5 O Programa de Prevenção de Riscos Ambientais - PPRA da empresas que fabricam ou utilizam explosivos deve
    contemplar, além do disposto na NR-9, a avaliação dos riscos de incêndio e explosão e a implementação das respectivas
    medidas de controle.
    19.2 Fabricação de explosivos
    19.2.1 A fabricação de explosivos somente é permitida às empresas portadoras de Título de Registro - TR emitido pelo
    Exército Brasileiro.
    19.2.2 O terreno em que se achar instalado o conjunto de edificações das empresas de fabricação de explosivos deve ser
    provido de cerca adequada e de separação entre os locais de fabricação, armazenagem e administração.
    19.2.2.1 As atividades em que explosivos sejam depositados em invólucros, tal como encartuchamento, devem ser efetuadas
    em locais isolados, não podendo ter em seu interior mais de quatro trabalhadores ao mesmo tempo.

  • 19.2.3 Os locais de fabricação de explosivos devem ser:
    a) mantidos em perfeito estado de conservação;
    b) adequadamente arejados;
    c) construídos com paredes e tetos de material incombustível e pisos antiestáticos;
    d) dotados de equipamentos devidamente aterrados e, se necessárias, instalações elétricas especiais de segurança;
    e) providos de sistemas de combate a incêndios de manejo simples, rápido e eficiente, dispondo de água em quantidade e
    com pressão suficiente aos fins a que se destina;
    f) livres de materiais combustíveis ou inflamáveis.
    19.2.4 No manuseio de explosivos, é proibido:
    a) utilizar ferramentas ou utensílios que possam gerar centelha ou calor por atrito;
    b) fumar ou praticar atos suscetível de produzir fogo ou centelha;
    c) usar calçados cravejados com pregos ou peças metálicas externas;
    d) manter objetos que não tenham relação direta com a atividade.
    19.2.5 Nos locais de manuseio de explosivos, matérias primas que ofereçam risco de explosão devem permanecer nas
    quantidades mínimas possíveis, admitindo-se, no máximo, material para o trabalho de quatro horas.

  • 19.3 Armazenamento de explosivos
    19.3.1 Os depósitos de explosivos devem obedecer aos seguintes requisitos:
    a) ser construídos de materiais incombustíveis, em terreno firme, seco, a salvo de inundações;
    b) ser apropriadamente ventilados;
    c) manter ocupação máxima de sessenta por cento da área, respeitando-se a altura máxima de empilhamento de dois
    metros e uma entre o teto e o topo do empilhamento;
    d) ser dotados de sinalização externa adequada.
    19.3.2 É proibida a armazenagem de:
    a) acessórios iniciadores com explosivos, inclusive pólvoras ou acessórios explosivos em um mesmo depósito;
    b) pólvoras em um mesmo depósito com outros explosivos;
    c) fogos de artifício com pólvoras e outros explosivos em um mesmo depósito ou no balcão de estabelecimentos
    comerciais;
    d) explosivos e acessórios em habitações, estábulos, silos, galpões, oficinas, lojas ou outras edificações não destinadas a
    esse uso específico.

  • 19.4 Transporte de explosivos
    19.4.1 O transporte terrestre de explosivos deve seguir a legislação pertinente ao transporte de produtos perigosos, em
    especial a emitida pelo Ministério dos Transportes; o transporte por via marítima, fluvial ou lacustre, as normas do
    Comando da Marinha; o transporte por via aérea, as normas do Comando da Aeronáutica.
    19.4.2 Para o transporte de explosivos devem ser observadas as seguintes prescrições gerais:
    a) o material a ser transportado deve estar devidamente acondicionado em embalagem regulamentar;
    b) os serviços de embarque e desembarque devem ser assistidos por um fiscal da empresa transportadora, devidamente
    habilitado;
    c) todos os equipamentos empregados nos serviços de carga, transporte e descarga devem ser rigorosamente verificados
    quanto às condições de segurança;

  • d) sinais de perigo, como bandeirolas vermelhas ou tabuletas de aviso, devem ser afixados em lugares visíveis do veículo
    de transporte;
    e) o material deve ser disposto e fixado no veículo de modo a facilitar a inspeção e a segurança;
    f) munições, pólvoras, explosivos, acessórios iniciadores e artifícios pirotécnicos devem ser transportados separadamente;
    g) o material deve ser protegido contra a umidade e incidência direta dos raios solares;
    h) é proibido bater, arrastar, rolar ou jogar os recipientes de explosivos;
    i) antes de descarregar os materiais, o local previsto para armazená-los deve ser examinado;
    j) é proibida a utilização de luzes não protegidas, fósforos, isqueiros, dispositivos e ferramentas capazes de produzir
    chama ou centelha nos locais de embarque, desembarque e no transporte;
    k) salvo casos especiais, os serviços de carga e descarga de explosivos devem ser feitos durante o dia e com tempo bom;
    l) quando houver necessidade de carregar ou descarregar explosivos durante a noite, somente será usada iluminação com
    lanternas e holofotes elétricos.

  • ANEXO I
    (Aprovado pela Portaria SIT n.º 07, de 30 de março de 2007)
    SEGURANÇA E SAÚDE NA INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE FOGOS DE ARTIFÍCIO E OUTROS ARTEFATOS
    PIROTÉCNICOS


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • AST
  • DEFINIÇÕES DA AST
  • OBJETIVOS DA AST
  • APLICAÇÕES DA AST
  • PROCEDIMENTO DE EXECUÇÃO DA AST
  • PRÉ-REQUISITOS DA AST
  • CABEÇALHO
  • IDENTIFICADOR DO PASSO DA TAREFA (1ª COLUNA)
  • DESCRIÇÃO DO PASSO DA TAREFA (2ª COLUNA)
  • PERIGO (3ª coluna)
  • SALVAGUARDAS (4ª COLUNA)
  • EFEITOS (5ª COLUNA)
  • RECOMENDAÇÕES (6ª COLUNA)
  • IDENTIFICADOR DO CENÁRIO DE ACIDENTE (7ª COLUNA)
  • BENEFÍCIOS DA AST
  • EXEMPLO DE UMA AST
  • ALGUMA PERGUNTA?