Curso Online de INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA ASSISTIVA
4 estrelas 3 alunos avaliaram

Curso Online de INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA ASSISTIVA

ESTE É MAIS UM CURSO DA EQUIPE PROMOVENDO CONHECIMENTO, QUE POSSUI UMA PEQUENA TAXA, POREM GARANTIMOS O SEU APRENDIZADO, E A EQUIPE ESTÁ ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 7 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 100 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

ESTE É MAIS UM CURSO DA EQUIPE PROMOVENDO CONHECIMENTO, QUE POSSUI UMA PEQUENA TAXA, POREM GARANTIMOS O SEU APRENDIZADO, E A EQUIPE ESTÁ A TODO TEMPO ONLINE PARA DAR SUPORTE AOS QUE NECESSITAREM, CURSOS DE ALTISSIMA QUALIDADE, APROVEITEM
BOM ESTUDO A TODOS
EQUIPE PROMOVENDO CONHECIMENTO

ESTAMOS OFERECENDO CURSOS DE TODAS AS AREAS A MAIORIA DELES EM TI (TECNOLOGIA DA INFORMAÇAO) POREM OFERECEMOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO, GESTÃO EM GERAL, ANALISE, DESENVOLVIMENTO, ENGENHARIA E MUITOS OUTROS CONFIRAM


- Maria Do Rosário Pereira Rodrigues

- Cristina Antunes De Almeida

- Rosana Machado Mendonça

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • introdução à
    tecnologia
    assistiva

    equipe promovendo
    conhecimento

  • Qualquer ítem que melhore o desempenho das pessoas com algum tipo de deficiência

    qualquer ítem que melhore o desempenho das pessoas com algum tipo de deficiência

  • Definição:

    definição:

    “qualquer peça de equipamento, ítem, ou sistema de produtos, quando adquiridos comercialmente, modificado ou feito sob medida, que é usado para aumentar, manter ou melhorar as habilidades funcionais do indivíduo portador de incapacidades. (the technology related assistance for individuals with disabilities act, 1988)

  • Objetivo final:

    objetivo final:

    proporcionar o maior grau de independência possível ao indivíduo portador de incapacidades nos aspectos cognitivos, acadêmicos, profissionais e vocacionais proporcionando uma melhora na qualidade de vida desse indivíduo.

  • tecnologia assistiva não salva vidas, nem reduz morbidade, simplesmente permite as pessoas portadoras de deficiências, seus familiares e quem lhe tem contato direto, terem uma vida mais satisfatória e com mais possibilidades.

  • Caracterização de Tecnologia Assistiva

    caracterização de tecnologia assistiva

    assistiva versus reabilitadora ou educacional
    simples a sofisticada
    “hard”e “soft”
    geral e específica
    comercializada e sob medida

  • Assistiva versus reabilitadora ou educacional

    assistiva versus reabilitadora ou educacional

    quando a tecnologia é usada como uma modalidade parte de um plano de reabilitação ou educação, esta tecnologia é utilizada para desenvolver habilidades. dessa forma este tipo de tecnologia seria classificada como reabilitadora ou educacional e não assistiva.
    assistiva significa fazer parte do desempenho de atividades de vida diária ou de vida prática, ou seja das atividades funcionais de um determinado indivíduo.

  • Simples e sofisticada

    simples e sofisticada

    (2) esta classificação visa essencialmente explicitar que podemos considerar tecnologia assistiva desde adaptações simples como um teclado de telefone com contraste e números maiores, ou um talher com cabo engrossado; até cadeiras motorizadas com controle eletrônico de inclinação de assento, encosto, suporte para pés, saída para aparatos de comunicação; ou unidades computadorizadas de controle ambiental, etc.

  • Concreta e Teórica

    concreta e teórica

    (3) o que é denominado de tecnologia concreta é o objeto em si, tangível, seja comercializado ou feito sob medida. a teórica é o que se refere à ação humana nesse processo: tomada de decisão, desenvolvimento de estratégias, treinamento, formação de conceitos, etc. este tipo é dependente do conhecimento humano e portanto é adquirido vagarosamente através de treinamento, experiência, pesquisa e qualquer outra forma de produção e divulgação do conhecimento.

  • Equipamentos versus instrumentos

    equipamentos versus instrumentos

    (4) um equipamento pode ser definido como um aparelho que provê benefícios a um indivíduo independente do seu nível funcional .
    instrumentos, pôr outro lado, dependem do desenvolvimento de habilidades específicas para a sua utilização. esses mesmos princípios podem ser aplicados no universo da tecnologia assistiva: óculos, splints, sistema de assento são todos equipamentos, pois os resultados do seu respectivos uso independem da condição funcional do seu usuário.

  • Equipamentos versus instrumentos

    equipamentos versus instrumentos

    (4) pôr outro lado, dirigir com sucesso uma cadeira de rodas motorizada depende das habilidades de seu usuário, portanto esta cadeira poderia ser pensada como sendo um instrumento. em alguns casos um dispositivo pode ser tanto considerado um equipamento quanto um instrumento : uma unidade computadorizada de controle ambiental que controla iluminação do ambiente e eletrônicos ( tv, rádio, etc.) requer um circuito eletrônico complexo, portanto sendo uma peça sofisticada de tecnologia. entretanto, este aparelho pode ser programado de forma que a única habilidade necessária para operá-lo seja de ligar e desligar um aparelho com qualquer tipo de comutador. em outro níveis, este sistema pode requerer que o usuário aprenda a expor a imagem de ponto a fim de operar o sistema e ligar o que for de seu desejo. portanto, uma unidade de controle ambiental (uca) pode ser considerada um equipamento e um instrumento.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Qualquer ítem que melhore o desempenho das pessoas com algum tipo de deficiência
  • Definição:
  • Objetivo final:
  • Caracterização de Tecnologia Assistiva
  • Assistiva versus reabilitadora ou educacional
  • Simples e sofisticada
  • Concreta e Teórica
  • Equipamentos versus instrumentos
  • Geral versus específica
  • Comercializada e individualizada
  • Assistiva versus reabilitadora ou educacional
  • Simples a Sofisticada
  • Hard e Soft
  • Hard”e “Soft”
  • Geral e Específica
  • Comercializada e Sob Medida
  • Prática Profissional em Tecnologia Assistiva
  • Profissionais Envolvidos
  • Prática Profissional Terapêutica Ocupacional em TA
  • Profissional que provê tecnologia assistiva deve ter conhecimento nas seguintes áreas:
  • Prescrição e Seleção
  • Princípio de Avaliação e Intervenção em Tecnologia Assistiva
  • Cenário do abandono de tecnologia
  • Adaptações para Atividades de Vida Diária
  • Sistemas de Comunicação Alternativa:
  • Informática
  • Unidades de Controle Ambiental:
  • Adaptação do Ambiente Doméstico ou Profissional, e Comunitário:
  • Adaptação Ambiental
  • Adequação da Postura Sentada:
  • Para todos os clientes um sentar apropriado provê os seguintes benefícios:
  • Produtos
  • Adaptações para Déficits Visuais e Auditivos:
  • Cadeiras de Rodas e Dispositivos de Mobilidade:
  • Três categorias gerais de necessidades de mobilidade sobre rodas:
  • Os andadores, bengalas e muletas
  • Adaptações de veículos:
  • Aspectos Psicossociais no Uso de Tecnologia Assistiva
  • Sugestões que podem contribuir para a mudança de foco de atenção:
  • (3) Considere o que o indivíduo pensa e sente sobre o dispositivo:
  • (4) Faça com que o dispositivo acomode o estilo cognitivo/físico/emocional do indivíduo e não force que o indivíduo se adapte ao dispositivo:
  • (5) Pense no impacto social do dispositivo:
  • (6) Pense se o comportamento da pessoa é reforçado ou punido com o uso do dispositivo:
  • (7) Não assuma que o melhor, mesmo que possível, é uma intervenção tecnológica: Algumas vezes uma solução social ou psicológica pode ser bem mais barata e mais eficiente. Identifique as reais necessidades para só então intervir.