Curso Online de TECNICAS DE CANTO CORAL

Curso Online de TECNICAS DE CANTO CORAL

ESTE CURSO TRAS TECNICAS DE CORAL.EXELENTE PARA QUEM GOSTA DE DIVISAO DE VOZES.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 40,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

ESTE CURSO TRAS TECNICAS DE CORAL.EXELENTE PARA QUEM GOSTA DE DIVISAO DE VOZES.

MUSICO PROFISSIONAL REGISTRADO NA ORDEN DOS MUSICOS DO BRASIL ,PROFESSOR DE CANTO: EM TECNICA VOCAL,CANTO CORAL E FISIOLOGIA DA VOZ. COMEÇOU SEUS ESTUDOS AOS 16 ANOS PELO C.S.L (SP) PROFESSOR DE MUSICA COM ESPECIALIDADE EM: BATERIA,BAIXO,VIOLAO,TECLADO , REGENCIA,TROMPETE. MAESTRO DE VOZ E PROFESSOR DE MUSICALIZAÇAO INFANTIL DA P.M.C. PROFESSOR DO PROGETO APRENDA MUSICA E PROFESSOR E LIDER DA ESCOLA DE MUSICA SANSBEL.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • CANTO CORAL TECNICAS DE CORAL

    CANTO CORAL TECNICAS DE CORAL

  • INDICE

    INDICE

    Respiração correta
    Cordas vocais
    Acorde o diafragma
    TIMBRE
    VOLUME
    POTENCIA VOCAL
    SEGUNDA VOZ

  • Respiração correta

    Respiração correta

    Quem não ouviu aquela citação clássica de marcha “Barriga pra dentro e
    peito pra fora” na hora respirar? Aí está o mal-entendido. Na hora de inspirar (receber)
    o ar o sujeito estufa o peito e espreme as tripas fazendo com que o diafragma se retraia
    impedindo que o oxigênio entre tranqüilamente. E depois para expirar (soltar) o ar que
    mal entrou, ele incha a barriga de nada – sem contar a careta que faz.

  • A forma correta de trabalhar a respiração é receber o ar (de preferência pelo
    nariz) em boa quantidade. Na hora de soltar o ar, use o nariz (e a boca quando for
    cantar).

  • O diafragma é um grande auxiliar para a respiração. Trata-se de um
    músculo localizado próximo ao abdome que se estica e encolhe conforme nossos
    impulsos. Ao relaxar, ele abre a caixa torácica para guardar o ar e a fecha ao se
    encolher. O diafragma também movimenta os pulmões, que por sua vez elimina o gás
    carbono do corpo junto com o ar. Na verdade, quando inchamos ou retraímos a barriga
    por própria vontade, é com ele quem trabalhamos.

  • Portanto, na hora de inspirar, relaxe o diafragma para receber bem
    o oxigênio e o encolha para expirar o ar velho.

  • Cordas vocais

    Cordas vocais

    são membranas (tecidos que envolvem os órgãos)
    sustentadas pela laringe, que vibram e produzem e qualificam os sons no ato da
    expiração. São elas que determinam o seu timbre vocal e a variação dos tons entre grave
    (grosso) e agudo (fino).

  • Também os movimentos da faringe, língua e da boca dão características aos
    sons. É preciso, portanto, ter um certo domínio sobre elas.

  • Cuide bem do seu gogó:
    • Evite álcool para não ressecar os órgãos.
    • Fuja de comidas ou bebidas muito quentes ou estupidamente geladas. Há um
    limite de temperatura aceitável.
    • Cigarro é inadmissível.
    • Acidez dos alimentos pode prejudicar a parte bucal.
    • Não grite jamais. A vibração desordenada das cordas vocais danifica seu potencial.
    • Mantenha sua boca sempre hidratada. A sede faz estragos.
    • A ingestão de bons alimentos (especialmente frutas) ajuda a conservação bucal.
    • Um gargarejo de água e sal (uma pitadinha de nada) regularmente funciona como
    soro. Atenção; nada de sal em excesso, conhaque ou vinagre. Caninha 51 também
    nem pensar.

  • O grande maestro do nosso corpo é o cérebro e dele parte todos os
    impulsos (ordens) a serem obedecidos pelos órgãos. Conclusão, o estado de espírito é
    fator determinante na hora de soltar a voz. Então, você terá dificuldades em entrar no
    palco sabendo que seu cunhado bateu com seu carro. Do mesmo modo, não faria melhor
    se soubesse que acertou o grande prêmio da mega-sena (e quem iria ao palco depois de
    um prêmio desses?).

  • Como já dissemos, a concentração define a afinação. Isso porque a
    distração faz o cérebro perder o controle da vibração das cordas vocais – que é coisa
    muito sensível. Além do mais, se as cordas não forem bem adestradas não produzem o
    som esperado. Por isso que tem gente que não tem afinação; não tem controle sobre os
    órgãos.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 40,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • CANTO CORAL TECNICAS DE CORAL
  • INDICE
  • Respiração correta
  • Cordas vocais
  • Acorde o diafragma:
  • Aquecimento muscular do pescoço:
  • Timbre
  • Volume
  • Potencia vocal
  • PARA HOMEM
  • PARA MULHER
  • Soando notas
  • 1a Seqüência:
  • 2a Seqüência:
  • 7a Seqüência
  • segunda voz