Curso Online de Envelhecimento Saudável

Curso Online de Envelhecimento Saudável

O envolvimento em atividades físicas adequadas, alimentação saudável, a abstinência do fumo e do álcool, e fazer uso de medicamentos sabi...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 20 horas


Por: R$ 24,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O envolvimento em atividades físicas adequadas, alimentação saudável, a abstinência do fumo e do álcool, e fazer uso de medicamentos sabiamente podem prevenir doenças e o declínio funcional, aumentar a longevidade e a qualidade de vida do indivíduo.

Mestre em alimentos e nutrição. Especialista em nutrição clínica e esportiva, gerontologia e qualidade de vida e metodologia de ensino de biologia e química. Professor de ciências e biologia. Bacharel em bioquímica com ênfase no entendimento de ciências dos alimentos, fitoterapia, nutrição e ensino após cursar disciplinas eletivas referentes a estas áreas e fazer estágios no decorrer da graduação.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL

  • Segundo O Relatório Mundial sobre Envelhecimento e Saúde da OMS, o envelhecimento saudável seria “o processo de desenvolvimento e manutenção da capacidade funcional que permite o bem-estar na idade avançada”, caracterizado pela interação dos recursos físicos e mentais do próprio indivíduo (capacidade intrínseca) e dos recursos ambientais aos quais o indivíduo está inserido (capacidade extrínseca).

    Dessa maneira, o idoso é considerado saudável quando é capaz de realizar atividades sozinho, de maneira independente e autônoma, mesmo que tenha doenças. Ou seja, saudável é o idoso cuja funcionalidade está preservada.

    Assim, concluímos algo muito importante, que norteará todo o nosso raciocínio clínico em relação ao cuidado da pessoa idosa: a saúde do idoso está diretamente relacionada a sua FUNCIONALIDADE.

  • Os conceitos e definições sobre o que seja uma boa ou má qualidade de vida, podem ser identificados como: estilo de vida, estado de saúde, alimentação, habitação, educação, trabalho, lazer, convívio social.

  • Alimentação e Saúde

  • O envolvimento em atividades físicas adequadas, alimentação saudável, a abstinência do fumo e do álcool, e fazer uso de medicamentos sabiamente podem prevenir doenças e o declínio funcional, aumentar a longevidade e a qualidade de vida do indivíduo.

  • FRUTAS NO CAFÉ DA MANHÃ, ÓTIMA OPÇÃO

  • O sedentarismo, o estresse e a alimentação incorreta, entre outras consequências do estilo de vida característico das grandes cidades, acabaram por dar origem a uma preocupação generalizada com a saúde, por parte dos consumidores. Acompanhando esta tendência, surgiu no mercado uma série de produtos que se baseiam, precisamente, numa atitude saudável e de procura do bem-estar. Os alimentos funcionais estão entre este grupo e têm tido um crescimento assinalável ao longo da última década.

  • Uma dieta para promover a perda de peso saudável e gradativa deve ter a limitação do consumo energético (através da gordura total), o aumento no consumo de frutas, verduras e legumes, grãos integrais e a limitação do consumo de açúcares, além da prática de atividade física.

  • Que tal valorizar mais o consumo de frutos secos?

  • Recomenda-se a ingestão de pelo menos uma porção diária de feijão ou outra leguminosa (ervilha seca, grão-de-bico, lentilha, soja) pelo alto teor em fibras e proteínas encontrados nesses alimentos, além de sua relativa baixa densidade energética (uma porção de feijão corresponde a aproximadamente 5% das calorias diárias) desde que evitadas preparações com alto teor de gordura. A combinação de uma parte de feijão para duas de arroz, típica da culinária brasileira, assegura proteínas de alta qualidade na dieta.

  • Se o indivíduo quer emagrecer ou não quer ficar obeso, algumas dicas :Estabelecer uma série de recomendações para promover o consumo de frutas e vegetais, minimizando o consumo de açúcares simples ou carboidratos de rápida absorção (açúcar refinado) e aumentar o consumo carboidratos de absorção lenta (alimentos ricos em fibras solúveis), realizar pelo menos quatro refeições por dia, café da manhã reforçado, ter a água potável como principal fonte de líquidos, usar alimentos saudáveis como lanche, ajustar o tamanho das porções para a idade e superfície corporal, e minimizar o consumo de fast food e alimentos altamente energéticos.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 24,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Alimentação e Saúde
  • Emagrecimento e manutenção da saúde
  • Fibras alimentares e saúde
  • Consumo Diário de Fitoquímicos e Saúde
  • Atividade Física e Saúde
  • Cuidando Bem da Pele
  • Envelhecimento Bem Sucedi