Curso Online de CHAKRAS
3 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de CHAKRAS

A palavra chakra é de origem sânscrita e significa "roda". São centros ou vórtices de energia. Os vedas (2000 a.C.) contêm os mais antigo...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 7 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

A palavra chakra é de origem sânscrita e significa "roda". São centros ou vórtices de energia. Os vedas (2000 a.C.) contêm os mais antigos registros sobre chakras de que se tem noticia. Quando foi escrito o yoga já sistematizava o conhecimento e o trabalho energético dos chakras. Esta e outras fontes históricas citam uma quantidade de 88.000 chakras e 350.000 nadis no corpo humano. Isso significa, que todas as partes do corpo contêm estes órgãos sensíveis, para receber, manipular e transportar a energia vital (Prana). A maioria dos chakras é muito pequena. Existem aproximadamente 40 chakras secundários de maior importância (considerados de tamanho grande), que se encontram na área do do baço, da nuca, na palma da mão e na sola do pé.
Compreender os chakras pode nos ajudar a compreender como a energia é processada por um ser humano dentro da vasta e complexa interação de uma existência de múltiplos níveis

Fernanda Mário Brentegani é formada em Psicologia pela PUC-MG, especialista em Psicopedagogia, Acupuntura, Terapias Naturais e Transtornos Alimentares.É Coordenadora, autora e tutora de Cursos EAD. Conheça minhas páginas: BLOG:http://praxiscursosead.blogspot.com.br/ Facebook: https://www.facebook.com/FernandaBrentegani


- Juliana Molz

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • APOSTILADO

  • Caro (a) aluno (a),
    Seja bem vindo (a) ao curso sobre “OS CHAKRAS”. Espero que este curso consiga enriquecer seus conhecimentos e suprir as sua necessidades sobre o assunto.
    Bom Cruso!
    Fernanda M. Brentegani

  • INTRODUÇÃO

    INTRODUÇÃO

    A palavra chakra é sânscrita, e significa roda. Também se usam várias acepções figuradas, incidentais e por extensão, como nas línguas ocidentais. Da mesma forma como falamos da roda do destino ou da fortuna, assim também os budistas falam da roda da vida e da morte, e designam com o nome de Dhammachakkappavattana Sutta1 ao primeiro sermão em que o Senhor Buda pregou a Sua doutrina, nome esse que o professor Rhys Davids traduz poeticamente pela expressão: "por em marcha as rodas da regia carroça do Reino da justiça". Este é o exato significado da expressão para o budista devoto, ainda que a tradução literal das palavras seja "o giro da roda da Lei". O uso em acepção figurada da palavra chakra de que tratamos neste momento, refere-se a uma série de vórtices semelhantes a rodas que existem na superfície do duplo etérico do homem.

  • Os Chakras são centro energéticos existentes no corpo etérico de um ser vivo , esses centros transportam e manipulam correntes eletromagnéticas ou etéricas (energia vital-Prana).
    Segundo a filosofia yoga, dentro do corpo humano existem canais (nadis) por onde circula a energia vital (prana) para que nutre órgãos e sistemas.

  • Os Chakras são de natureza etérica, embora exitam também os chakras astrais e do corpo mental.
    Na literatura indiana os Ckakras também são chamados de Lótus pela sua forma que lembra uma flor com pétalas.

  • O DUPLO ETÉRICO

    O DUPLO ETÉRICO

    Os fisiólogos têm limitado sua atenção à parte do corpo físico bastante densa para que a vejam os olhos, e a maioria deles desconhece provavelmente a existência daquele grau de matéria, também física, ainda que invisível, a que em Teosofia chamamos etérica1. Esta parte invisível do corpo físico é de suma importância para nós, porque é o veículo pelo qual fluem as correntes vitais que mantêm vivo o corpo, e serve de ponte para transferir as ondulações do pensamento e a emoção do corpo astral ao corpo físico denso. Sem tal ponte intermediária não poderia o ego utilizar as células de seu cérebro. O clarividente o vê como uma distinta massa de neblina gris-violeta debilmente luminosa, que interpenetra a parte densa do corpo físico e se estende um pouco mais além deste.

  • A vida do corpo físico muda incessantemente, e para viver necessita de contínua alimentação de três fontes distintas. Precisa de comida para a digestão, de ar para a respiração e de três modalidades de vitalidade para a assimilação. Esta vitalidade é essencialmente uma força, mas quando está revestida de matéria parece-nos um elemento químico sumamente refinado. Existe essa força ou energia em todos os planos embora no momento, e para atender ao objetivo que nos ocupa, só consideraremos a sua manifestação e expressão no plano físico.

  • OS CENTROS

    OS CENTROS

    Os chakras, ou centros de força, são pontos de conexão ou enlace pelos quais flui a energia de um a outro veículo ou corpo do homem. Às vezes falamos destes centros como se toscamente se correspondessem com determinados órgãos físicos; mas em realidade estão na superfície do duplo etérico, que se projeta ligeiramente mais além do corpo denso.

  • Todas estas rodas giram incessantemente, e pelo cubo ou boca aberta de cada uma delas flui continuadamente a energia do mundo superior, a manifestação da corrente vital dimanante do Segundo Aspecto do Logos Solar, a que chamamos energia primária, de natureza sétupla, cujas modalidades in totum agem sobre cada chakra, ainda que com particular predomínio de uma delas segundo o chakra. Sem esse influxo de energia não existiria o corpo físico.

  • Portanto, os centros ou chakras atuam em todo ser humano, ainda que nas pessoas pouco evoluídas é tardo o seu movimento, o estritamente necessário para formar o vórtice adequado ao influxo de energia. No homem bastante evoluído refulgem e palpitam com vivida luz, de maneira que por eles passa uma quantidade muitíssimo maior de energia, e o indivíduo obtém como resultado o acréscimo de suas potências e faculdades.

  • FORMA DOS VÓRTICES

    FORMA DOS VÓRTICES

    A divina energia, que do exterior se derrama em cada centro, determina na superfície do corpo etérico, e em ângulo reto com a sua própria direção, energias secundárias em movimento circular ondulatório, da mesma forma que uma barra imantada introduzida numa bobina de indução provoca uma corrente elétrica que flui ao redor da bobina em ângulo reto com a direção do ímã.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • INTRODUÇÃO
  • O DUPLO ETÉRICO
  • OS CENTROS
  • FORMA DOS VÓRTICES
  • OS SETE CHAKRAS
  • O CHAKRA FUNDAMENTAL
  • O CHAKRA ESPLÊNICO
  • O CHAKRA UMBILICAL
  • O CHAKRA CARDÍACO
  • O CHAKRA LARÍNGEO
  • O CHAKRA FRONTAL
  • O CHAKRA CORONÁRIO
  • A NATUREZA AMBIENTAL
  • UTILIDADE DOS CHAKRAS
  • CORES IRRADIADAS PELOS VÓRTICES
  • DESENVOLVIMENTO DOS CHAKRAS
  • FUNÇÕES DOS CHAKRAS DESPERTOS
  • CHAKRAS ASTRAIS
  • SENTIDOS ASTRAIS
  • DESPERTAR DO KUNDALINI
  • DESPERTAR DOS CHAKRAS ETÉRICOS
  • A TELA ETÉRICA
  • OS EFEITOS DE ÁLCOOL E NARCÓTICOS
  • EFEITOS DO TABACO
  • ABERTURA DAS PORTAS
  • OS CHAKRAS E AS DOENÇAS
  • EVOLUÇÃO E ENERGIA VITA: A TRADIÇÃO DOS CHAKRAS E O OCIDENTE
  • ATIVAR E EQUILIBRAR OS CHAKRAS
  • CONCLUSÃO